TOLEDO, TERRA DO CAVALEIRO DA TRISTE FIGURA

Por: Claudia Liechavicius O nobre e louco Dom Quixote percorria muitas terras, em busca de aventuras, montado em seu velho Rocinante. Sempre em companhia de Sancho Pança, seu fiel escudeiro, lutava contra inimigos inexistentes, transformava casebres em castelos e moinhos de vento em gigantes. O Cavaleiro da Triste Figura era um leitor compulsivo que um dia resolveu virar um guerreiro andante. Trazia no peito um amor platônico por Dulcina de Toboso, uma horrenda camponesa que aos seus olhos virou princesa. Com muito humor, o fidalgo vivia momentos hilários nos arredores de Toledo, coração da Espanha, comandado por Cervantes. Assim, visitar essa cidade medieval, caminhar pelas charmosas ruelas de pedra nos domínios das muralhas da antiga capital da Espanha é como voltar no tempo e mergulhar nas páginas das aventuras de Dom Quixote de la Mancha, livro clássico de Miguel de Cervantes.
Dom Quixote e Sancho Pança são os personagens mais importantes da obra do espanhol Miguel de Cervantes. Não foi ao acaso que Toledo recebeu a declaração de Patrimônio da Humanidade em 1986. Fica tão pertinho de Madrid, setenta quilômetros, que num só dia dá para visitá-la. É cercada pelo rio Tejo e por muita história. Enlaça traços de três religiões monoteístas: cristianismo, judaísmo e islamismo em igrejas, sinagogas e mesquitas que convivem harmoniosamente. A mesquita faz lembrar a passagem dos árabes pela vida da Espanha. A principal atração da cidade é a Catedral, que ostenta no altar a escultura "El Transparente" de Narciso Tomé, além de dezenas de anjos em gesso que se elevam até a clarabóia do teto onde se encontram com uma belíssima Santa Ceia guardada por quatro arcanjos. Mesmo para quem não gosta muito de visitar igrejas, essa é imperdível. Muitas obras de arte maravilhosas de mestres espanhóis encontram-se no seu interior.
Pelas fendas entre as ruelas estreitas de pedra é sempre fácil achar a Catedral.


Caminhar pelas ruas de Toledo é uma delícia. A arquitetura revela uma mistura muito rica.

Toledo é grande fabricante de peças em aço, como: armaduras, facas e punhais. Há muitas lojinhas vendendo lembranças para os turistas.
Os marzipans de Toledo são famosos no mundo todo. Não deixe de experimentar. Os melhores são vendidos no convento.
INDICAÇÃO DE RESTAURANTE:
O Restaurante Adolfo é ótima pedida para dar uma pausa para o almoço. O menu é maravilhoso. O chefe é bastante conhecido na região. Endereço: Hombre de Palo 7 45001 Toledo. Telefone: 925 227 321 http://www.adolforestaurante.com/
Não deixe de reservar uma dia para conhecer Toledo quando for a Madrid. A cidade é um museu a céu aberto para quem caminha pelas suas ruelas de pedras. Se o tempo não for um problema aproveite, também, para visitar as outras cidades que constam na lista de Patrimônio Mundial da Humanidade e ficam num raio de 200 quilômetros: Salamanca, Segóvia, Cuenca e Ávila. Siga a rota de Don Quixote pela Castella La Manhca e mergulhe na história, na cultura e na arte espanhola.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário. Obrigada!