UMA TARDE EM PISA

Por Claudia Liechavicius
.
Já passava do meio dia na Itália. Um sol tímido começava a sorrir no céu depois de alguns pingos de chuva terem insistido em cair. Era a luz perfeita para envolver a estrela maior do Campo dei Miracoli: o Campanário, ou seja, a Torre de Pisa. Gente em profusão se aglomerava para ver de perto não só a torre, como também o Batistério, a Duomo, o Camposanto e o Museo Dell"Opera del Duomo.
.
O mapa sinaliza os pontos de interesse de Pisa: 1) Duomo 2) Batistério 3) Torre 4) Camposanto 5) Museo dell'Opera del Duomo 6) Museo delle Sinopie 7) Muro Medieval

Pela proximidade com o Mediterrâneo, Pisa estabeleceu fortes ligações comerciais com a Espanha e o Norte da África. Isso lhe rendeu muita riqueza e poder até o momento em que Gênova derrotou o temido exército de Pisa. Como se não bastasse essa baixa, duzentos anos depois foram os florentinos que conquistaram a região. Mas, afortunadamente (e apesar da região ter sido bombardeada) tudo continua de pé encantando nossos olhos.

Que praça maravilhosa Pisa ostenta!

A começar pela Torre "torta" de Pisa que é a edificação mais conhecida do público. Ela foi construída para ser o Campanário da Duomo. Por ter sido construída em um terreno arenoso em 1173, a torre começou a desalinhar e em 1995 já somava uma inclinação de mais de cinco metros. Graças a recentes obras poderosas de engenharia avançada 40 centímetros foram revertidos de sua inclinação e a torre voltou a ser aberta para visitação. Quem tiver coragem pode se aventurar pelas suas escadarias. Se preferir apenas observe os arcos de sua fachada de longe... Vai que ela resolva entortar mais um pouco exatamente na hora de sua visita.

A Torre de Pisa é um dos principais cartões-postais da Itália.


A Duomo é tida como uma das construções mais belas da Toscana, em estilo românico. Sua fachada é toda feita em arcos e os portões de bronze ostentam cenas em alto relevo feitas por Bonanno Pisano.

Detalhe de um dos portões da Duomo.


O Batistério, em forma circular, mistura os estilos românico e gótico. Os pilares que o sustentam têm estátuas das virtudes, a pia batismal é toda em mármore, assim como o púlpito.


Batistério, Duomo e Torre, no Campo dei Miracoli de Pisa.


O Camposanto (cemitério) é o quarto ícone abrigado no interior dos muros medievais que compõe o Campo dei Miracoli. O prédio, de forma retangular, é ornado por arcadas em mármore. Bombardeios da Segunda Guerra Mundial destruíram alguns de seus afrescos.

O Museo dell'Opera del Duomo ocupa a antiga casa paroquial da catedral e exibe objetos retirados da própria igreja, do Batistério e do Camposanto. O acervo também inclui peças retiradas de ruínas romanas e etruscas.

Vale umas pedaladas não vale?


UMA ESTICADA ATÉ VIAREGGIO OU FORTE DEI MARMI

Um período de três a quatro horas é mais do que suficiente para apreciar essa praça imperdível da Itália. Dá tempo até para almoçar ou sentar para tomar um café por ali. Mas, se ainda estiver com tempo e se der vontade de parar em uma praia próxima vá até Viareggio, um balneário da Costa Versilia. Estenda sua toalha (se quiser uma situação tipo "farofa na praia") ou alugue uma espreguiçadeira para descansar um pouco nessa cidadela moderna, em estilo Art Nouveau tão contrastante e diferente da belíssima Pisa.

Viareggio fica lotada nos dias quentes.


Vários pontos da praia oferecem cadeiras e guarda-sóis para quem pretende passar algum tempo com conforto nas areias da costa italiana.


No entanto, para quem não quer pagar para ficar bem instalado, cuidado "o tiro pode sair pela culatra". É melhor não economizar nessa hora.


Uma opção mais "bem frequentada" é Forte dei Marmi. Menor, porém um pouco mais sofisticada. Só não espere muita coisa da areia (que é dura e amarelada) nem da água (que é turva e cheia de marolas chatas). No mais... Divirta-se! Tome muito vinho! E, desfrute os prazeres da boa mesa. A Itália é cheia de surpresas. Descubra por você mesmo. Entre a costa e o interior da Toscana, eu fico com a segunda opção. E você?

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Quando fui a Florença, tentei ir a Pisa mas os trens locais estavam paralisados, uma pena! Pelas fotos e pelo relato, é fascinante!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, Clarissa! É de deixar a pessoa sem ar de tamanha beleza. Ao avistar a praça do portão de entrada o queixo quase cai. rsrs.
    Que pena você não ter ido até lá. Mas, assim você fica tentada a voltar outra vez. Sempre é bom deixar alguma coisa para garantir a próxima viagem.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Claudia

    Como sempre lindas as suas fotos. Parabéns !

    Senti falta de suas constantes maravilhosas indicações de pratos e restaurantes, onde estão?
    abs
    VS

    ResponderExcluir
  4. Confesso que em Pisa e Lucca não tive tempo de fazer muitas descobertas gastronômicas. Fica para a próxima...

    ResponderExcluir
  5. Estava sentindo falta de Pisa em seus relatos de viagem à Itália! Sou louca para conhecer Pisa e subir na torre. Você teve medo de subir, é?
    Você foi de uma cidade à outra na Itália de carro, de trem ou de avião? Vou precisar de suas dicas para julho de 2011!
    Lindas fotos! Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Regina
    Confesso que fico um pouco grilada de subir naquela torre linda, mas tão tortinha! Já fui à Pisa duas vezes e ainda não me aventurei.
    Para rodar pelo interior da Itália a melhor opção é ir de carro. Avião não é o ideal, pois tudo é pertinho. Trem também pode ser boa saída numa viagem sem pressa. Mas, carro é sem dúvida nenhuma a melhor opção.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  7. Nós quando lá fomos não resistimos a fazer brincadeiras fotograficas com a Torre de Pisa :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi casal sumido!
    As fotos tentando segurar a torre, claro que tiramos várias...hehe...Mas, não coloquei no post.
    Adorei a visita de vocês!
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  9. Estive em Pisa e sinceramente achei um daqueles destinos de passagem, porque além da Piazza com a Torre, não há muito além para se ver...
    Também não me aventurei na Torre, primeiro porque o número de bilhetes no horário em que eu me encontrava alí estavam esgotados, teria que esperar, segundo porque pensei vai que ela entorta mais um pouco comigo dentro kkk!
    Também fico com a opção interior da Toscana.
    Lindas fotos!

    ResponderExcluir
  10. Fotos lindas como sempre, Claudia! Estive em Pisa em 1996 com meus avós maternos e minha irmã do meio. Na minha lembrança, a cidade era só um corredor com esses prédios lindos enfileirados e camelôs do outro lado da rua... Gostaria muito de voltar e conhecer melhor Pisa, além de outras cidades italianas. Ler seu blog me dá uma vontade danada de tirar férias!!!!!!!!! Grande beijo!

    ResponderExcluir
  11. Katia.
    Eu sou suspeita para falar sobre a Italia, pois adoro. Sou completamente apaixonada pelo pa'is.
    Que bom fazer voc^e viajar comigo pelo blog.
    Beijos de Dubai( estou no aeroporto de Dubai)
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. Claudia

    Adorei a ideia de alugar uma bicicleta em Pisa!!Acho é que não ficava tão elegante na foto como vc!eheh

    Beijos...directamente da lindíssima Escócia!

    ResponderExcluir
  13. Olá! Meu nome é Annia e trabalho na Edelman, agência de comunicação da cia. aérea KLM.

    Como o blog é totalmente voltado para as experiências de viagens da familia, achei que gostariam de saber e conhecer a nova campanha da KLM que permite customizar tags de bagagem gratuitamente.

    Acesse a fan page da KLM Brasil no Facebook (http://www.facebook.com/KLMBrasil) ou o hotsite http://baggagelabel.klm.com, siga as instruções e crie suas etiquetas de bagagem customizadas. A KLM envia duas unidades, inteiramente grátis, para sua casa! Aproveitem!

    Abraços!
    Annia Vuolo
    (annia.vuolo@edelman.com)

    ResponderExcluir
  14. Margarida!
    Bicicleta é ótima pedida na Itália, pois além de facilitar a viagem ainda sai de brinde um exercício para queimar as tantas calorias do que se come por lá. hehehe.
    Beijos diretamente de Cingapura!
    Claudia

    ResponderExcluir
  15. Ah, que coisa mais linda! Não conheço Pisa ainda. Está na minha lista. Adorei teu texto, Cláudia!

    ResponderExcluir
  16. Ah, Ilaine!
    Pisa é linda mesmo!!!!
    Que praça deslumbrante. Você, que escreve lindamente, teria grandes inspirações ao circular por ali.
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  17. Que blog mais fascinante! Amei! *-*
    Estou seguindo ja!

    Um abraço! Paula

    ResponderExcluir
  18. Paula.
    Obrigada pela sua visita.
    Que honra!
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  19. Sabe que eu tb nunca subi na torre...
    Como vc disse, vai que ela resolve entortar de vez bem quando eu estiver la em cima! :)
    Bom matar saudades da Toscana com vc!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Luisa. Toscana é sempre uma delícia!
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!