MOTIVOS PARA VOLTAR, VOLTAR E VOLTAR A PARIS


O nome “Paris” soa como música para meus ouvidos. A Cidade-Luz é elegante, romântica e sempre surpreendente. É um daqueles lugares que posso voltar mil vezes e nunca me canso. Tem sempre novos cantinhos a serem descobertos e lugares que quero rever. 

1. Torre Eiffel com jantar romântico. A torre foi construída em 1889 por Gustave Eiffel para a Exposição Universal com o objetivo de comemorar o centenário da Revolução Francesa. Na época foi muito criticada. E agora... é o símbolo máximo de Paris. Nem sempre os críticos acertam. Para curtir a torre com calma vale fazer uma reserva no restaurante Jules Verne.

Torre Eiffel.

2. Caminhar pelo Sena com direito a um sorvete. Nada mais romântico do que caminhar às margens do Sena com sua cara metade, atravessar as pontes e ver o pôr do sol. Vale ir até a Ilê Saint Louis e se deliciar na sorveteria Berthillon.

Rio Sena.


3. Arco do Triunfo e Joel Robuchon. O monumento construído por Napoleão é um marco histórico. Suba seus 50 metros e garanta um super visual de Paris. Doze avenidas partem da Place l’Etoile sendo a Champs-Elysées a mais famosa. Aproveite que o Atelier Etoile de Joel Robuchon fica quase na esquina e faça uma reserva.

Arco do Triunfo.

4. Musée de L'Orangerie e um pulinho no Fauchon. Um dos meus museus favoritos em Paris é o simpático L'Orangerie. Numa esquina do Jardin de Tuileries, em frente a Place de La Concorde, os amantes de Monet (como eu) ficam loucos com as telas imensas do artista, em dois salões ovais. A sensação é de que você faz parte do contexto. É como entrar dentro das telas e do cenário. Ao sair do museu vale dar uma passadinha no Fauchon para um lanche.

Musée de L'Orangerie.

5. Shangri-la e a melhor vista da torre. Nada como ficar hospedado em grande estilo e ter a melhor vista da cidade no conforto do seu quarto. O hotel Shangri-la além de ficar num prédio histórico que pertenceu a família Bonaparte, tem restaurantes fantásticos às margesn do Sena e um dos visuais mais impactantes da Torre Eiffel.

Shangri-La

6. Basílica de Sacré-Coeur e um relax no gramado. Essa imensa igreja dedicada ao Sagrado Coração de Jesus é um ícone da cidade. Se destaca no alto de uma colina desde 1870. Nos dias mais quentes vale sentar no gramado para curtir um solzinho.

Basílica de Sacré-Coeur.

7. Museu e pirâmide do Louvre. Não tem como ir a Paris sem dar uma passada no Louvre para conferir as exposições temporárias e rever as coleções permanentes. Esse é um dos museus mais ricos do mundo. O acervo é impressionante. A MonaLisa, de Leonardo da Vinci e a Vênus de Milo, da Grécia estão entre as obras que nunca canso de rever.

Museu do Louvre.

Esses são apenas alguns motivos. Quais outros você sugere? 

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. A comida francesa!!!!

    ResponderExcluir
  2. Passear pelo Jardin du Luxembourg com direito a lanche na Angelina ao lado do Musée du Luxembourg!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh!!!! Delícia. Perfeito!
      Paris tem muitos cantinhos incríveis.
      Beijo

      Excluir

Deixe seu comentário. Obrigada!