PREPARE-SE PARA A ÍNDIA!



A Índia tem o poder de invadir nossos sentidos sem pedir licença. O país pulsa elétrico no meio de um turbilhão mesclado de caos, beleza, sujeira, cultura milenar, vacas sagradas, sistema de castas, pobreza, palácios... 

As histórias contadas por quem volta de lá nem sempre são coincidentes. Há aqueles apaixonados pelo que viveram e os que não voltam de jeito nenhum. A verdade é que cada um faz a "sua" viagem. Tudo depende das expectativas, da preparação para encarar as diferenças e da pré-disposição para viver uma grande história.

Então, prepare-se!

1. Comece programando o visto. A embaixada da Índia no Brasil abre apenas poucas horas por dia. Providencie com boa antecedência.

2. Saiba que a Índia não é um lugar indicado para descanso ou relaxamento. Vale como experiência de vida.


3. Fique num hotel de luxo. Oásis para recarregar as baterias. A Índia é famosa pela bela hotelaria.

4. Peça um guia e um motorista para acompanhar suas idas e vindas (pelo menos da primeira vez).

5. Você vai se sentir engolido pela população de mais de um bilhão de pessoas. Relaxe e divirta-se na multidão!


6. O caos impera nas ruas. Mantenha a paz interior.

7. Buzinas são parte da comunicação de trânsito. Abstraia.

8. O meio de transporte mais prático pelas vielas apertadas é o riquixá. Experimente.


9. A maioria da população segue o hinduísmo – 80%. Vacas, elefantes e macacos são sagrados. Entre no clima.

10. É preciso tirar os sapatos sempre que entrar num templo. Leve meias velhas, elas ficarão imundas.

11. A sujeira salta aos olhos. Tenha sempre um gel desinfetante por perto.

12. Não se detenha na pobreza e aproveita a riqueza cultural.


13. Cuidado com água e alimentos na rua. Procure comer no hotel.

14. Pimenta é a tônica da culinária. Pergunte e preste atenção ao fazer seu pedido.

15. Coma o pão indiano Naan assado em forno de barro com manteiga derretida.

16. Em Delhi não deixe de comer no restaurante Bukhara, com as mãos claro!

17. As cores vibrantes não deixam você sair sem umas comprinhas. Deleite-se com as bolsas, roupas, artesanato…


18. O Taj Mahal é um monumento ao amor. Imperdível!


19. Evite o período de monções que vai de junho à setembro. Final de outubro e início de novembro é perfeito. Temperaturas amenas e dias ensolarados.

20. Leia muito. Assita filmes. Veja documetários. E, ainda assim você não estará preparado para a avalanche de emoções que a Índia desencadeia. Indico os blogs A Turista Acidental360 meridianosFatos e Fotos de Viagens e Viaggio Mondo como excelentes fontes de informação.



No mais, viva intensamente e volte com a bagagem cheia de belas histórias para contar!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Ainda irei um dia!!! Meu marido viajou pela India 2 meses de mochileiro antes de nos conhecermos, ele amou e insiste para irmos juntos! Quero sim, mas com mais conforto... Ele foi para tentar viver como as pessoas viviam. A maioria que faz isso acaba não gostando se tem um pouco de frescura!

    ResponderExcluir
  2. Milena,

    A Índia é incrível. Tem que entrar no clima para curtir a cultura com prazer.

    Seu marido deve ter tido uma super experiência. Entrou na alma do país. Eu, particularmente prefiro um pouco mais de conforto. Mochilão nunca fez meu perfil. rs

    Quando puder ir não pense duas vezes!

    Bjo

    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Oi Claudia,

    Seu poder de persuasão é forte...hehe. Eu, que sempre torci o nariz para a Índia, tenho conversado bastante com meu marido sobre.

    Ainda vai demorar um pouquinho (até lá eu amadureço a ideia) porque a maternidade anda me rondando. Mas que o interesse está despertando, ah está!

    Peninha que vc não estará no Rio durante a minha estada. Mas teremos outras oportunidade, certamente.

    Meus palpites foram furados sobre sua viagem de carnaval...rs

    Beijos,
    Andressa

    ResponderExcluir
  4. Andressa,

    Hoje vou começar a escrever sobre o Butão que foi o país que conjuguei com a Índia. Desse tenho certeza de que você vai se apaixonar. É um lugar simples, mas de uma espiritualidade incrível, de costumes muito interessantes, absolutamente cheio de personalidade.

    Conjugar Índia, Butão e Dubai foi perfeito!

    Pena mesmo não conseguirmos nos encontrar aqui no Rio. Viajo três dias antes da sua chegada. Mas, espero que em breve possamos nos encontrar.

    Tudo certo com o hotel? Precisa de ajuda?

    Beijo

    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Claudia,

    Ontem ainda lembrei de vc. Estava vendo algum jornal na TV e a jornalista Mara Luquet passou a falar da viagem/investimento que fez ao Butão (contada em um livro sobre finanças de sua autoria).

    Estou ansiosa pelas fotos e textos!

    Tudo certinho, sim, muito obrigada!

    Depois te conto como foi!

    Beijos,
    Andressa

    ResponderExcluir
  6. Andressa,

    A Glória Maria gravou um Globo Repórter no Butão. Está na íntegra no youtube. O país é demais!!!

    Esse livro que você citou eu ainda não conheço. Vou procurar.

    Beijos e tenha um ótimo carnaval in Rio.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post, Claudia! Vou começar a organizar em breve minha viagem a Ásia, mas estou achando que nao vou conseguir conjugar com a Índia . Minha prioridade e a China e Cingapura e quero muito ir as Maldivas. Também queria incluir o Vietnã , mas vai ficar tão corrido ... Vamos ver... Bjs

    ResponderExcluir
  8. Carol,

    Já estive nesses três países. China já fui 5 vezes. É espetacular. Sou muito apaixonada. Pequim é minha paixão maior. A Cidade Proibida é uma das construções mais belas do mundo! A Muralha é um deslumbramento total. Fique no hotel Península, o melhor da cidade. (já fiquei em vários e esse é o mais charmoso apesar de não ser o mais novo). Depois etm Hong Kong que é colada em Macau, Xanghai, e todas as cidades menores. Menos de 15 dias é impossível. Cingapura é pequenina. Em três dias dá para ver o básico, pois o país é uma só cidade numa ilha. Maldivas é um paraíso. Menos de quatro dias é pouco, mas é para relaxar ficar só num bom hotel. O Conrad Hangali é o melhor das Maldivas. Fantástico para uma semana tipo lua de mel. Incluir India nisso é demais. Fui somente a duas cidades na Índia e precisei de uma semana. Viagens corridas demais acabam sendo exaustivas. Melhor ver menos e aproveitar mais.
    Seus planos para 2013 estão demais!
    Um beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois e, To pensando a mesm coisa. Vai ficar muita coisa pra uma viagem só e ainda tem aquela paradinha básica em algum lugar de conexão. Tenho 28 dias , mas se pensar, e pouco... Rsrs bjs

      Excluir
  9. Carol,

    Você tem um mês inteiro. Ótimo! Dá para aproveitar bastante. Mas, deixe a Índia para outra vez, o espírito da viagem é diferente. Vale a pena conjugar
    India com Sri Lanka, Nepal ou Butão pelo contexto mais parecido.

    Beijo



    ResponderExcluir
  10. Não me considero 100% preparado para conhecer a India (ainda)... Mas pelas fotos que vejo de quem vai tenho certeza que vou adorar.. Além disso ADORO a cozinha indiana...
    Aliás, temos chances de um dia vir a morar lá.. ( por isso até que não me considero 100% preparado para tal experiencia)

    ResponderExcluir
  11. Oscar,

    Tem uma grande diferença entre morar e simplesmente visitar. Para morar talvez eu ficasse reticente... Já para visitar adorei!!!! Quero voltar em breve para conhecer outras cidades que não tive tempo dessa vez.

    A culinária é maravilhosa. Um paraíso para os vegetarianos!

    Adoro ver você por aqui.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Claudia, estou aqui encantada com as suas últimas viagens, que máximo! Vc nào pára nunca, né? Quando tiver um tempinho, vamos marcar um novo almoço? Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  13. Oba!

    Vamos marcar, sim. Viajo durante o carnaval e volto em breve. Depois disso, vamos escolher um lugar charmoso para botar o papo em dia.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Claudia, mesmo com as ótimas dicas do blog, acho que ainda nao estou preparada pra ir à India!
    Adoro seu blog!
    Beijos
    Laise

    ResponderExcluir
  15. Laise,

    O mundo é tão grande e cheio de lugares que tem nosso perfil. Escolher a Índia é só para quem gosta de viagens fora dos circuitos habituais.

    O importante é viajar feliz e aproveitar a experiência.

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Ilaine,

    Anda sumida, menina. Que bom ver você por aqui.

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Estou ido no final de março, o seu blog me elucidou em muitas coisas. Parabéns, Depois eu conto se amei ou odiei. Certamente vou amar porque sou louca por fotografia. Vou levar duas câmeras, é perigoso?bjo

    ResponderExcluir
  18. Estou indo final de março, te falo depois se amei ou odiei. Apesar que amo fotografar, vai ser o máximo. É perigoso andar com máquinas fotográficas pela rua? Obrigada seu blog me elucidou bastante, parabéns.

    ResponderExcluir
  19. Marli,

    Eu não tive nenhum problema com segurança na India. Mas, andei o tempo todo acompanhada por um guia e um motorista. Espero que você ame, como eu amei!

    Super viagem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Claudia, excelente post! Suas dicas são ótimas! Fui reler porque estou escrevendo meu relato agora. A gente realmente viveu uma experiência única! Eu abstraí os ratos, as baratas, a falta de higiene, a sujeira, pobreza, o calor e o caos no trânsito. A única coisa que me incomodou mesmo foi ser alvo dos picaretas indianos, tem muita malandragem por lá, rs! Um amiga minha disse que sofreu o mesmo na Tailândia e, depois dessa experiência na Índia, pretendo fazer como você: contratar motorista e guia particular ou algo parecido. Nós fomos na cara e na coragem, ficamos em hotéis simples, porém bons, mas só contratamos motorista em Agra. Negociar preços o tempo todo é muuuito desgastante e pretendo evitar isso numa próxima viagem. Um super beijo!

    ResponderExcluir
  21. Oi, Cláudia.
    Estive na índia em outubro de 2014. Antes de embarcar, li tudo sobre as cidades que visitei e usei muitas dicas do seu blog. Inclusive, fiquei muito mais apaixonada pelo país depois de ler os seus relatos. Voltei encantada! Fiquei em hotéis maravilhosos e fui muito bem recebida pelos indianos. Aliás, nunca vi povo mais simpático. Sim, na Índia tem pobreza, mas eu moro no Brasil. Isso para mim não é novidade. Estou louca para ir ao Butão. Já li sua passagem por lá. Deixo depois meu comentário por aqui sobre essa nova experiência.

    ResponderExcluir
  22. Conheço uma pessoa que foi à Índia e gostou muito. Por este motivo, comecei a pesquisar sobre este país e aqui estou. Já viajei para alguns lugares do mundo e a Índia realmente é um país que não desperta meu interesse. E não se trata de frescura, como já li acima, mas me parece que a Índia seria mais interessante para quem procura algo mais espiritual e para quem tem interesse por aquele tipo de cultura. Quando viajo, gosto de fazer muitas coisas por minha conta e sozinha. Acredito que na Índia, fosse ficar limitado, neste ponto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viajar tem que ser um prazer. Então, cada um deve buscar destinos que tenham sintonia com seu momento. Se Índia não é do seu interesse, o mundo é enorme e há muito para se ver. Escolha outro destino e vá feliz.

      Bj.

      Claudia

      Excluir
  23. OI Claudia tudo bem? irei a dubai maio do ano que vem e gostaria de dar uma esticada, como vou a trabalho algumas amigas tambem irão me acompanhar, vc acha maldivas bacana com amigas? teria que ser poucos dias pois temos filhos pequenos e não queremos nos ausentar tanto tempo, ja que em Dubai ganhamos uma viagem pra 5 dias, não precisa ser hotel tipo o melhor mas gostaria de algo legal, obrigada Bettina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bettina,

      As Maldives são um destino incrível. Acho muito mais para casais do que com amigas. Mas, se as amigas gostarem de ficar na praia batendo papo, massagem, sentar para almoçar e jantar com calma, ou seja, programas mais calmos, sem muito agito, vai funcionar bem. Não é um destino agitado. É para relaxar. Um bom hotel faz a diferença nesse caso. Fiquei no Conrad Rangali Island e super indico. Espetacular.
      Beijo
      Claudia

      Excluir

Deixe seu comentário. Obrigada!