MORDENDO A MAÇÃ... CONGELADA!

Time Square, Empire State Building, Rockefeller Center, Brooklyn Bridge, Central Park, Madison Square Garden, Estátua da Liberdade. Certo. Esses medalhões turísticos emolduram o primeiro retrato da Big Apple e precisam ser visitados até porque servem como referência para você poder se localizar na cidade.


Mas, Nova York é muito mais do que isso. É uma metrópole que merece ser degustada em várias idas e vindas. Sua energia muda a cada estação. No verão, calor intenso, cores vivas, muito sorvete, dias longos, gente circulando pelos parques. No inverno, frio intenso, casacos reforçados, vento forte a cada esquina, dias curtos, chocolate quente. Quando neva, a cidade se veste de um manto branco que combina perfeitamente com o espírito natalino. Fica em festa. Resplandecente.

No final do ano, as vitrines Nova Iorquinas são caprichadas. As mais esperadas são as da Bergdorf Goodman's e a da Macy's.

DESTRINCHANDO MANHATTAN

Nova York é elétrica. Vibrante dia e noite. Formada por cinco regiões de características diferentes entre si: Bronx, Queens, Brooklyn, Staten Island e Manhattan. Mas, definitivamente, é na ilha de Manhattan onde o melhor acontece. E, apesar de não ter mais para onde se expandir, por incrível que pareça, consegue se reiventar a cada ano. Novos cantos surgem sempre.

Até um parque suspenso, conseguiu brotar em plena Manhattan, no revigorado Meatpacking District. É o High Line Park - uma antiga linha de trem que ganhou novas tintas e se vestiu de parque com direito a espreguiçadeiras com vista para o Rio Hudson e algumas (poucas) plantas.

Mesmo com o frio o High Line Park é boa ideia.

E já que uma das entradas para o High Line Park fica na 10th Av com 14 th Street, na cabeceira da nova meca de grandes nomes da moda, então, aqui pode ser um bom lugar para servir de começo para o bate pernas pelas ruas da cidade. Sim, porque caminhar é preciso em NY. Sem pressa. Com tempo para bisbilhotar, descobrir, relaxar, comer, comprar, conhecer e se encantar.


Chesea ainda guarda sossego. Nem se compara com o burburinho do manjado Soho.

CHELSEA / MEATPACKING DISTRICT

Pois é, uma das bolas da vez é Chelsea. Mais especificamente, em direção ao Meatpacking District. Como o próprio nome diz, essa região era ocupada por galpões de armazenamento e empacotamento de carne e foi totalmente revigorada com a chegada de grandes grifes. Só mesmo Nova York para fazer um casamento tão extravagante entre o luxo e o lixo, com direito a final feliz.

Meatpacking District. Essa foto foi tirada do High Line Park. É aí que começa a nova área chique de NY, na altura da 14th Street. 

MUST GO. Parada obrigatória é o Chelsea Market - 9th Av entre 15th e 16th. Um galpão sombrio e enorme com muitas lojas, delis e restaurantes. (Para todos os estilos e bolsos).

O Chelsea Market tem corredores rústicos, pouco iluminados, compatíveis com o espírito do bairro. Vale (totalmente) uma investida!!!!

Já na entrada (pela 15th Street), a loja-conceito Antropologie enche os olhos com suas roupas alternativas e objetos de decoração do mundo todo. Dá vontade de comprar tudo.

Antropologie! Paixão a primeira vista. Que loja charmosa. A maior delas fica no Rockefeller Center, mas é muito cheia. A do Chelsea Market é mais iluminada e tranquila. Também tem outra bem bacana no Soho (375 W Broadway - entre Spring e Broome).

Depois de fazer umas comprinhas, nada melhor do que sentar no Elenis para se lambuzar com os cupcakes. Os brownies da confeitaria ao lado também são divinos.

Cupcakes do Elenis: imperdíveis!!

Basta ver a placa de indicações abaixo para perceber a enorme variedade de lugares à sua disposição. O "carinho" Buddakan, por exemplo, é perfeito para um jantar chinês cheio de glamour, apesar do preço (telefone para reserva 212 989.6699). É de bom tom reservar antes. Use e abuse do opentable www.opentable.com. Esse site é ótimo para garantir seu lugar nos restaurantes mais requisitados. A reserva pode ser feita do Brasil.

Ao sair do Chelsea Market é preciso dar um pulo na loja da Apple (9th Av entre 13th e 14th St) para ver as novidades eletrônicas. Essa loja é bem mais vazia do que a do Central Park.

Ainda por essas vizinhanças dá para se aventurar pelos badalados: Pastis e Spice Market.


O Pastis é um restaurante francês, famoso por ter o melhor brunch da cidade. Na verdade, sua fama vem dos intermináveis papos de Carrie, Miranda, Samantha e Charlotte, as meninas de "Sex and the City", que filmaram muitas de suas cenas ali (9th Av. com 12th St - telefone 212 929.4844)


No Pastis recomendo a Sopa de Cebola e o Croque Monsieur.

Spice Market é o restaurante de comida asiática do chef Jean-Georges. Sua decoração lembra um mercado tailandês. Conheci inicialmente esse restaurante em Dubai e adorei a proposta descontraída. (403 W 13t Street - 212 675.2322 - www.spicemarketnewyork.com

IMPERDÍVEL. Não deixe de visitar o Whitney Museum of American Art que abriu suas portas recentemente no Meatpacking District.

WEST VILLAGE

Digamos que esse seja o reduto de Marc Jacobs. O cara tem várias lojas na Bleecker. É mole? Sua última conquista foi a inauguração da BookMarc (Bleecker St 400) com livros de fotografia, moda e design, além de itens de papelaria e quadrinhos gays. Com preços mais acessíveis experimente fazer um pit stop na Marc by Marc. Com sorte dá para garimpar umas camisetas legais por U$ 20, um chaveirinho por U$ 10 ou quem sabe até mesmo algum pretinho básico. A Bleecker é cheia de vitrines lindas: Ralph Lauren, 7 for all Man kind, Coach, Tommy, Ruehl (do mesmo grupo de Abercrombie)... além, é claro de todas as lojas do Marc Jacobs.

Outro lugar antológico (ainda na Bleecker) é o Magnolia Bakery. Hum! Que cupcakes! O de chocolate com suspiro é dos deuses! Esqueça da dieta. Afinal, caminhar é palavra de ordem em NY.



Magnolia Bakery tem várias lojas espalhadas pela cidade. As maiores são: a da Columbus e Quinta Avenida.

O West Village é uma região residencial. Ao caminhar pelas ruas Charles, Perry e Christopher, crianças brincam nos parquinhos e o astral é bem familiar. Vale caminhar sem rumo para ver uma Nova York do dia-a-dia (mesmo se estiver nevando).

Almoço perfeito, no West Village é no Bar Pitti (268 6th Av - 212 982.3300), um italiano super alto-astral com comida tipicamente Toscana, deliciosa. Os garçons e o dono do restaurante batem papo com todos os clientes que chegam e trazem o cardápio escrito à giz em um pequeno quadro-negro. É point dos estudantes de moda, pois fica no Fashion District. Ao lado do Bar Pitti fica o Da Silvano, outro bom italiano (260 6th Av - 212 982 2343).


Na saída do Bar Pitti, West Village com muita neve e céu azul. 
Combinação perfeita para Nova York no Natal.

UNION SQUARE / GRAMERCY


Esse é outro ponto legal para dar uma caminhada e fazer mais umas comprinhas. Na esquina da 14th St com Union Square W tem uma loja enorme da Diesel, uma Forever 21 (loja com roupas super baratas e moderninhas), Barnes & Nobles, Babies R Us, American Eagle e um Whole Foods (supermercado com produtos orgânicos e comidas prontas que podem ser consumidas ali mesmo - bom preço).





Uau! É neve que não acaba mais, em plena Union Square. Isso não acontece todo dia.


Para fugir do frio vale até entrar em uma loja e esperar os pés voltarem a ficar quentinhos...

Andando alguns quarteirões para cima, em direção ao leste tem o Gramercy Tavern, excelente restaurante de comida americana casual (42E 20th St entre a Park Avenue e Broadway - 212 477.0777).

FLAT IRON DISTRICT

Um dos pontos de convergência da gastronomia italiana na cidade chama-se Eataly. Não é o batido Little Italy, no Lower East Side, não. É Eataly mesmo. Na esquina da Quinta Avenida com a Rua 23, bem em frente ao antigo prédio "Flat Iron Building" que tem o formato de um ferro de passar roupa gigante (como o nome já diz) - no Madison Square Park.

Eataly, espaço da cozinha italiana em Nova York.

O renomado chef Mario Batali atrai tanta gente que é quase impossível conseguir uma mesa sem reserva na hora do almoço. O jeito é encarar a enorme fila de espera sem estresse, o que pode levar mais de uma hora.


Gente saindo pelo ladrão. Mas, vale a parada para comer bem e barato no  Eataly.

Dá para escolher entre os restaurantes do pedaço: massa, pizza, peixe, carne ou simplesmente beliscar um bom presunto cru com nacos de grana padano e uma taça de vinho italiano. Também tem uma excelente sorveteria, além de padaria, açougue e mercado. Tudo isso num espaço caoticamente integrado, bem informal e lotado de gente.

Os produtos do mercado são fresquíssimos.

Endereço: 200 5th Av esquina com 23rd St.
Telefones: (212) 229.2560 e (212) 229.2180
Restaurantes: Il Pesce, Le Verdure, La Pizza, La Pasta, Manzo
Para levar: Panini, Rosticceria, Focaccia, Pizza/Pasta to go, Gelateria, Caffe Lavazza e Pasticceria.

Se a paciência para esperar uma mesa no Eataly estiver limitada e a fome for grande, esse pode ser o momento certo para encarar um hamburgão. No Madison Square Park um aglomerado de gente se farta com o ShakBurguer, no Shake Shake. Ele é considerado um dos melhores hamburgueres de NY. Seu molho shaksauce é o diferencial. Tem outra loja em Upper West.

GREENWICH VILLAGE

Essa parte da cidade é o reduto dos estudantes da NYU (New York University). Caminhar pelas ruas ao redor da Washington Square (onde começa a Quinta Avenida) garante momentos bem descolados e alternativos.

Um lugar bem concorrido nessa região, no momento, é o Minetta Tavern (do restaurateur Keith McNally - mesmo grupo do Balthazar e do Pastis). Decor anos 30 e preço correto. No entanto, experimentei o brunch e confesso que não achei nada bombástico. Mas, como é novidade e queridinho de algumas celebridades, vive superlotado. O endereço é 113 MacDougal St. Telefone (212) 475.3850.

Greenwich Village vida noturna animada.

EAST VILLAGE

Eis que surge um lugar bem decadente, ainda com resquícios das casas humildes, onde moravam os primeiros imigrantes recém-chegados a NY. O bairro abriga uma região de comércio relativamente calma durante o dia, mas ferve à noite. 

Atenção: obrigatório mesmo é o katz Deli (20 E Houston entre a Orchard e a Ludlow, telefone 212 254.2246). A casa funciona desde 1888 e é adorada pelos nova-iorquinos pelos seus super sanduíches (de pastrami, salame, carne assada, cachorro-quente...) e pelos pickles. Foi numa dessas mesas que Meg Ryan fingiu aquele poderoso orgasmo, sentada à mesa com Billy Crystal, em Harry & Sally.


Katz Deli. Impossível não conferir! Sempre abarrotada de gente (por um bom motivo).

SOHO

Abreviatura para South of Houston, o SoHo chama atenção pela arquitetura dos prédios em ferro fundido. Inicialmente foram os artistas que ocuparam os lofts da região. Logo depois, galerias, lojas, boutiques, cafés e restaurantes reforçaram o pedaço. Agora parece um formigueiro. Sempre cheio. Nos finais de semana fica ainda mais lotado.

Caminhe sem pressa pela W Broadway, Broadway e não esqueça das transversais Prince, Spring e Broome. Bisbilhote tudo. Perca-se na Antropologie (roupas e objetos de decoração), na Hotel Vênus (maluquíssima - da figurinista de Sex and the City), Prada (dispensa comentários), Top Shop & Top Man (milhões de modelitos com descontos para estudantes), CB2 (para comprar umas coisinhas para a casa - é a segunda linha da Crate & Barrel), SCOOP (carésima), Uniqlo (roupas confortáveis, básicas), Muji (japonesa minimalista com vários produtos baratos: roupas, objetos para casa, comida...), Pylones (loja francesa de peças divertidas para casa e escritório), Miu Miu (para uma bolsinha nada básica), Tory Burch (queridinha dos americanos), lojinha do MoMa (cheia de peças contemporâneas) e não para por aí....

Para dar uma descansada das compras vale comprar alguma guloseima na deli Dean & Deluca (560 Broadway) ou na padaria Olives (120 Prince St).

Quando a fome bater de verdade, então experimente o Baltazar (80 Spring St), o Café Havana (17 Prince St) ou o Gemma (335 Bowery).

Pelas ruas do Soho.

Vale visitar o New Museum. Esse museu é dedicado aos artistas que estão na ativa e não tem muito espaço para expor seus trabalhos.

Um hotel legal no Sho é o Crosby Street Hotel 79. Super cool. 

Crosby Street Hotel, Soho.

UPPER WEST

A parte superior de Manhattan (ao redor do Central Park) é residencial, elegante e para completar virou centro fashion depois da transferência da semana de moda de Nova York do Bryant Park para o Lincoln Center, no Upper West Side.

Os bares do Mandarin, Lobby Lounge e MO receberam várias festas da galera da moda. Experimente o restaurante Lincoln (142 West 65th St) onde o ex chef do Per Se Jonathan Benno serve pratos lindos e deliciosos da cozinha italiana contemporânea em um ambiente iluminado, todo envidraçado e cheio de gente bonita. Aprovadíssimo.

Bem na esquina do Lincoln Center fica o PJ Clarke. Casa especializada no prato nacional: hamburguer. E que hamburguer! Telefone: 212 957 9700. Vale a pena. Outro hamburguer aclamado na cidade é o do JG Melon, em Upper East (1291 3rd Av). Escolha um dos dois e se lambuze! O P.J. Clarke já abriu no Brasil. O JG Melon é menos frequentado por turistas.

É nessa região que fica um dos poucos shoppings fechados de NY: Shops at Columbus Circle - Time Warner Center. Além de ter um punhado de grifes renomadas e um Whole Food, o lugar é uma espécie de meca de bons restaurantes. O estrelado Per Se convida com sua mega cozinha e um visual lindo do Central Park (reserva é fundamental www.perseny.com telefone 212 823 9335). O Masa, japonês badalado (e caríssimo) também fica ali, mas escondidimnho, sem direito a vista www.masanyc.com - telefone 212 823 9800). Além disso, ainda tem o Porter House para quem não dispensa uma carne www.porterhousenewyork.com - telefone 212 823 9500).

Na visita ao The Shops at Columbus Circle rolou até entrevista para a CNN para falar sobre viagens. Um luxo.

Nada melhor do que relaxar, entrar num bom restaurante em Columbus Circle ou circular pelas lojas enquanto o frio castiga NY.

Cansou de shopping? Quer um cachorro-quente? Bem ao estilo refeição rápida? Então, entre no pé sujo Gray's Papaya, na Broadway 2090 (entre 72nd e 73rd ST). Lotado! Tem várias outras casa espalhadas pela cidade e um concorrente a altura chamado Papaya Dog. Nessa região também tem um Magnolia Bakery enorme para matar a vontade de cupcakes (200 Columbus na altura da 69th St) e um Shake Shake (366 Columbus na altura da 77th St) para os amantes da iguaria nacional, o hamburguer. Isso tudo fica nos arredores do Museu de História Natural.

Gray's Papaya da Columbus, em Upper West.

UPPER EAST

A maior concentração de museus fica nessa região. Metropolitan, Guggenheim, Frick Collection. Dá para viver vários momentos em êxtase. Para finalizar o dia em alto estilo já que está pertinho de duas casas do Daniel Boulud escolha entre ir ao Daniel (60 E 65th Street) ou ao Café Boulud (20 E 76th St).

MIDTOWN

É aqui que as luzes da Broadway brilham. Os teatros atraem uma multidão de turistas em busca dos musicais da Broadway e off-Broadway. Aposte nos tradicionais Phantom, The Lion King e Mamma Mia

No rigor do inverno, as lojas da Broadway tendem a ficar ainda mais cheias, pois não dá para caminhar com muito conforte no frio.

O Rockefeller Center é outro lugar bastante procurado por quem visita Nova York na época do Natal. Vinte prédios (entre as ruas 47 e 50) formam o complexo que é ornado por uma Estátua de Prometeu. Além disso, é ali que funciona o Radio City Hall (teatro que exibe espetáculos concorridos), a NBC - TV e um punhado de lojas (Teuscher Chocolates, J. Crew, Kenneth Cole, Banana Republic, Pylones...). Mas, o que realmente traz uma enorme massa humana para a região no inverno é o rinque de patinação na área central, a céu aberto que é enfeitado por uma árvore de Natal enorme e super famosa.




Entre uma muralha de concreto formada por muitos arranha-céus...

... o rinque de patinação do Rockefeller Center anuncia a chegada do Natal em Nova York.

Saindo do Rockeffeler Center é hora de dar uma caminhada pela Quinta Avenida, um dos endereços mais famosos do mundo, para dar uma olhadinha nas vitrines da Fendi, Bulgari, Cartier, Ferragamo, Tiffany, Chanel, Geofrey Beene, Bergdorf Goodman, Armani. E, aliás, já que está perto da Armani pode ser boa ideia entrar no Ristorante 5th Avenue (717 5th Av telefone 212 207 1902), dentro da própria loja e fazer uma pausa para o almoço. O ambiente é gostoso e cheio de caras bonitas.

Aproveite, também para visitar a imponente Catedral de St. Patricks.

Bandeiras dos Estados Unidos adornam um dos prédios da Quinta Avenida.


Outros restaurantes legais em Midtown são o Má Pêche que serve uma mescla de comida vietnamita com francesa num lugar difícil de achar, sem nenhuma indicação 15 W 56th St - www.momofuku.com. No mesmo endereço, mas no andar superior funciona o Momofuku Milk Bar que vende cookies e croissants com uma cara deliciosa "to go" (é escuro e não tem mesas).

O Nobu 57 é um japonês espetacular que vale a reserva. Fica no endereço 40 W 57th St - telefone 212 575 3000.

O DB Bistro é outro dos restaurantes do Daniel Boulud. Como fica na região dos teatros é frequentado por quem sai dos musicais em busca de um lugar charmoso para jantar. Seu destaque fica por conta do hamburguer com foie gras (55 W 44th St entre a 5th e 6th Av - telefone 212 391 2400).

CENTRAL PARK

E para fechar a visita a Big Apple com chave de ouro é preciso dar uma caminhada pelo Central Park. Ele é o coração da cidade. Ande sem pressa. Patine no rinque de inverno Wollman Rink. Coma um cachorro-quente. Se o clima permitir, sente na grama para relaxar. Visite o zoológico. Alugue uma bicicleta e pedale a vontade. Passeie de carruagem. Aproveite do seu jeito.
Divirta-se!

MAIS ALGUMAS DICAS
  • Compre a Revista Time Out para ficar a par do que acontece naquela semana.
  • Use o opentable.com para fazer as reservas de restaurantes antecipadamente.
  • Compre ingressos baratos para teatro na bilheteria TKTS da Time Square.
  • Se for fazer compras na Macy's faça um Cartão Internacional de Descontos e receba 10% de desconto.
  • Hotéis legais: Península, Ritz Central Park, Mandarin Oriental, Crosby Street Hotel.
  • Compre um passe de metro Metrocard unlimited ride é mais barato do que pagar cada perna separadamente. E fique atento para não se atrapalhar. Afinal, o metro de NY não é dos mais fáceis...
Agradeço imensamente a Julia Paquelet Abeid que me ajudou a trilhar novos caminhos em Nova York. Thanks.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Excelente guia para quem quer viajar para a grande metrópole norte americana.
    Infelizmente, esta cidade, a semana passada, foi palco de um crime macabro no Hotel Intercontinental, que vitimou um conhecido cronista social às mãos de um jovem modelo, ambos portugueses. é o assunto do momento, por aqui, tirando a política, é óbvio.

    ResponderExcluir
  2. Uau, isso é que é postagem!!!
    Depois de me deliciar com tantos detalhes, já vejo a Big Apple com outros olhos...quem sabe numa próxima viagem?!
    Beijinhos,
    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Bia!
    NY merece entrar para a lista 2011!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Pinguim!
    Quanto tempo...
    Que triste esse fato. Não li nada sobre o assunto. Péssimo.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Nossa, este é o post mais completo que já ví sobre Nova York!! Fantástico!!

    Você é chique mesmo, hein amiga?! Entrevista para a CNN!! :) Adorei!

    Bjo!

    ResponderExcluir
  6. Fê! Adoro NY. Sempre que posso dou uma paradinha por lá.
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  7. Claudia!

    Que bom,um post completíssimo sobre NY agora que eu estou a planear a minha viagem para lá em Abril!!
    Estive em NY há mais de dez anos atrás e quero voltar agora com o Francisco para ele conhecer essa cidade incrível!Vamos até assitir a um jogo da NBA,que é o sonho dele...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Claudia!

    Esqueci-me de comentar a entrevista!!A jornalista encontrou logo a pessoa mais indicada para falar de viagens!!hehehe...melhor era impossível!!

    Bjo grande

    ResponderExcluir
  9. Margarida!

    Que bom NY.... Entao,o post veio em boa hora. Francisco vai gostar. NY tem boas opcoes para todas as idades. Meus filhos sempre querem ir comigo.

    Hoje estou em Londres. Lembrei de vc por aqui, pois sei que vc adora essa cidade. Depois vou para a Belgica e Holanda.

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Claudia!

    ADORO Londres mesmo!!!Vou aí no final da próxima semana ( dia 29!!),será que vc ainda vai estar por aí?? Isso é que era fantástico!!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  11. Margarida!!!
    Quase conseguimos nos encontrar em Londres. Que pena. Essa foi por pouco. Volto para o Brasil dia 24. Hoje estou na Bélgica e volto domingo para Londres.
    Vou escrever o post de Londres inspirada em você.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. Queridíssima Claudia, como é bom, né?! Olha suas dicas estão ótimas, e vc está super elegante !!! Grande beijo, Ellen

    ResponderExcluir
  13. Oi,Claudia!
    Uau! Mega "post", em tamanho e em qualidade, mas essa já vou ficando habituado. Parabéns!

    Mário

    www.my-favourite-restaurants.com

    ResponderExcluir
  14. Ellen, obrigada pelo elogio.

    Gostei da novidade. Essa nova empreitada de voces numa viagem pelo mundo vou ter que acompanhar de perto. Vai ser o maximo!!!!
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  15. Mario, sei que NY para vc eh lugar comum. Alias, suas dicas sao sempre otimas. Anoto muitas delas por minhas andancas. Indico seu blog para quem gosta de comer bem.
    E, vc falou que vai para Londres em breve. Estive la ate ontem. Hoje estou na Belgica. Vou atualizar Londres em mais um post sobre a cidade, assim que eu voltar.
    Ate breve
    Claudia

    ResponderExcluir
  16. Claudia!

    Que pena...ainda não vai ser desta vez o nosso encontro!!Quando programar de novo uma viagem para Londres,tem que me avisar antes...afinal eu estou só a 2h dessa cidade fantástica e rapidinho me encontro lá com vc!!

    Super beijos

    ResponderExcluir
  17. Margarida,
    Perfeito. Da proxima vez te aviso antes e nos encontramos em Londres. Sei que voce adora a cidade e eu tambem. Entao, esta combinado.
    Mas, tambem quero voltar a Portugal. Faz muito tempo que nao visito sua terra. Que e maravilhosa.
    Beijinho
    Claudia

    ResponderExcluir
  18. Oi Claudinha, algumas vezes falamos sobre o meu sonhos em viajar pelo mundo e você sempre atenciosa me deu dicas valiosas, sempre acho que atraímos o que desejamos, tanto para o bem quanto para o mal e graças à Deus estou trabalhando com o Circuito Elegante e tendo a oportunidade de viajar bastante e conhecer o Brasil, ainda não estou como você, mas eu chego lá!!! bjs Cris, www.encantosepresentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Parabéns, Cris!!!
    Bela conquista. Você começou o ano cheia de boas novidades. Aproveite muito... Viajar é bom demais.
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  20. Muito bom post de NY sob a neve!!
    Fui pra lá em outubro e pretendo voltar pra lá mas agora no inverno!!

    ResponderExcluir
  21. Crista, se você gosta de frio, a cidade é perfeita na época do Natal. Além da neve (quando dá sorte de ter), a iluminação de final de ano dá um ar super especial à cidade.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  22. Claudia, que viagem fantástica, que post completíssimo e quantas lojas lindas!!! O que mais gosto dos seus posts são as dicas "off the beaten path" sugerindo lugares e passeios diferentes daqueles pacotões prontos de viagem! E que entrevista foi essa, que chiquééééééérrima que você está! Viajar com a família toda e dividir os prazeres de novas descobertas e aventuras é uma delícia, né? Amei, amei, amei poder acompanhar sua viagem e vou recomendar esse post a todos os amigos que forem à NY. É o melhor e mais completo que já li até hoje, parabéns!!!!! Bjs!!!!

    ResponderExcluir
  23. Katia, pois vou te contar que eu também gostei do post. Deu um trabalho danado, mas ficou bacana.
    Quando a gente vai muitas vezes ao mesmo lugar é preciso sair do habitual e explorar outros caminhos.

    San Francisco parece que foi um arraso, hein? Aguardo outros posts, além desse das comprinhas básicas e deliciosas (que nunca conseguimos driblar).

    Precisamos combinar outro almoço.

    Bjk
    Claudia

    ResponderExcluir
  24. Kauu...
    O Blog está showww!!
    E este último post está maravilhoso, como de costume!
    Até entrevista para a CNN agora?
    Que fasee!! haha
    Beijão pra vocês todos aí, e até daqui a uns dias!!

    ResponderExcluir
  25. Lucas!!!!
    Visita ilustre. Estamos esperando você aqui em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Adoro Nova York, mesmo viajando constantemente para l´, gosto de ler outros blogs para ver o que os outros fazem por lá...
    Muitas dicas boas, NY é como SP, acho que nem passando a vida inteira por lá conseguiriamos conhecer tudo não é?!
    beijos

    ResponderExcluir
  27. É verdade, Aninha. NY tem sempre coisas interessantes e novidades. É uma cidade que eu adoro. Também estou sempre atrás de novas dicas.
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  28. vim aqui pela indicação da katia (bonfa) e adorei!
    vou pra lá em março e vou decorar este post! hihihi.
    obrigada por compartilhar!
    beijocas,
    da harumi

    ResponderExcluir
  29. Oi Harumi!
    É um prazer recebê-la aqui. Especialmente, por indicação da Kátia. Espero que aproveite muito NY. Boa viagem e volte sempre.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  30. Cláudia, parabéns,muito bom.
    O post mais completo de NY, Inclui o básico, para marinheiro de primeira e dicas cool para os habituais.Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  31. Oi Vera Lúcia.
    Adoro receber elogios. Obrigada pelas suas palavras tão gentis.
    Volte sempre para compartilhar comigo alguns cantinhos do mundo.É um prazer dividir.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  32. Dear Claudia,

    Nice comments! Congratulations on your posts!

    Love

    Your son

    ResponderExcluir
  33. Oi Claudia, otimo post! quantos dias voce recomenda passar em NY??
    Muito obrigada,
    Abraço

    ResponderExcluir
  34. Nova York é uma cidade fascinante! Para quem nunca foi, pelo menos uma semana. Mas, para quem já conhece e está revendo pela terceira, quarta, quinta vez uns quatro ou cinco dias garantem bons momentos.
    É isso!

    ResponderExcluir
  35. Oi Claudia! Em primeiro lugar é um prazer ler post tão bem feito, com tanto entusiasmo! Parabéns!
    Vou pela primeira vez a NY no próximo domingo e anotei praticamente tudo, rs!
    Passarei 17 dias, acho que vai dar para aproveitar bastante né?
    bj, e boas viagens sempre!

    ResponderExcluir
  36. Parabéns pelo post Claudia!
    É uma delícia ler relatos feitos com tanto entusiasmo!
    Irei a NY no próximo domingo pela primeira vez e anotei praticamente tudo, rs!
    Ficarei 17 dias, acho que vai dar para aproveitar bastante!
    Boas viagens sempre para vc!
    bj,

    ResponderExcluir
  37. Uau, 17 dias em NY é ótimo. Dá para conhecer tudo e voltar com título de PhD.
    Aproveite.
    Bj

    ResponderExcluir
  38. Achei seu Blog surfando pela Web, parabéns, é muito bem feito mas muito mesmo! Parabéns

    ResponderExcluir
  39. Maria,
    Obrigadíssima!!!!
    Fico feliz com seu elogio.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  40. Absolutamente maravilhada com a riqueza de detalhes!
    Amo NY!

    ResponderExcluir
  41. Adorei o blog ... Parabéns
    No final do ano viajo com minha familia para NY ... mas estou morrendo de medo pq moro no RJ vamos sair de 40° para 0° ... e minha filha de 5 anos vai conosco, teria alguma dica para não fazer da viagem um tormento por doenças, gripes, garganta e essas doenças de frio.
    Vamos todos vacinados contra gripe e tomar vitamina C uns 3 meses antes ... com casacos e calçados apropriados, além disso tudo o que fazer pra não ficar doente?

    ResponderExcluir
  42. Bom dia Sil

    Não fique tão preocupada. Sempre levei meus filhos em viagens, desde pequenos e nunca tive problemas com doenças. O clima de inverno fora do Brasil é mais seco, os problemas respiratórios diminuem. Além disso, de estar toda família reunida em ambiente mais descontraído, faz com que eles se sintam felizes e fiquem mais resistentes.
    Leve as roupas certas!
    Vai dar tudo certo.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  43. Claudinha,
    Adorei este post!
    Vou a NY em outubro e estou anotando td!
    Agora, que luxo a entrevista para a CNN!! Não tem o link não?
    Bjos

    ResponderExcluir
  44. NY tem imensos pontos turísticos que valem bem a viagem. No entanto, a Magnolia bakery é um local que nunca perco!

    Os bolos são deliciosos!

    ResponderExcluir
  45. Rui,

    A Magnolia Bakery é uma tentação. Que cupcakes!!!! Perco a linha...

    ResponderExcluir
  46. Boa tarde!!

    Qual foi a data dessa viagem? Gostaria de pegar exatamente esse clima. mas estou com medo do inverno rigoroso.

    ResponderExcluir
  47. Final de dezembro e início de janeiro. Inverno pesado. Mas, tranquilo de suportar.

    Boa viagem.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!