WHISTLER - BLACKCOMB: MONTANHAS DE ALMA GÊMEA

Por Claudia Liechavicius

Chegar lá já é parte da diversão. O espetacular trajeto litorâneo Sea-to-Sky, de 120 quilômetros de extensão, que liga Vancouver a Whistler-Blackcomb, é considerado um dos caminhos mais bonitos do mundo para se alcançar uma estação de esqui. A rodovia - que foi recentemente duplicada para os Jogos Olímpicos - corre resplandescente tendo de um lado o mar e do outro picos nevados, cachoeiras com água do degelo das montanhas, lagos cristalinos e milhares de árvores que acolhem aves migratórias - especialmente águias - que escapam do rigor do inverno do extremo norte e se refugiam em Brackendale. Andando um pouco mais se chega ao vilarejo de Squamish pousado aos pés da montanha Squamish Chief - considerada pelos povos indígenas nativos da região como um santuário espiritual. Para os amantes de aventuras radicais há trilhas de trekking para galgar seus 700 metros em altura, num percurso que pode durar de três a seis horas e garantir um visual deslumbrante da cidadela no fundo do vale. Uma pausa para descanso pode ser feita em Shannon Falls. E, finalmente, depois de duas horas de estrada o alvo é atingido: Whistler-Blackcomb.

 
Não é permitido nem um cochilo no trajeto Vancouver - Whistler...

... pois, as paisagens são tão encantadoras que quem dormir no ponto corre o risco de se arrepender.

WHISTLER-BLACKCOMB


É chegada a hora de desbravar o circuito formado pelas montanhas gêmeas Whistler-Blackcomb. O lugar é moldado por superlativos. Como se não bastasse ser a maior estação de esqui da América do Norte, também é considerada uma das melhores do mundo por contar com as descidas das duas montanhas - que são interligadas por um teleférico tão alto que chega a dar medo.

Peak 2 Peak foi aberto ao público em dezembro de 2008. É um obra impressionante de engenharia. As gondolas conectam os esquiadores do Roundhouse Lodge (Whistler) à Rendezvous Lodge (Blackcomb) num percurso lindíssimo de 4.4 quilômetros em apenas 11 minutos.

Para os amantes dos esportes de inverno é o paraíso.

Lá embaixo, no pé da montanha, o romântico vilarejo de Whistler costuma repousar sereno com seus dez mil habitantes. Mas, quando a alta temporada de esqui começa tudo muda de figura. A cidade chega a receber dois milhões de visitantes que alegram seu centrinho e lotam as lojas e restaurantes.

Muita gente circula em Whistler Village. As ruas centrais são dedicadas aos pedestres e fartas de lojas com roupas de esqui e snowboard.

Essa cidade-resort surgiu em 1960, exatamente com o sonho de sediar os Jogos Olímpicos de Inverno, quando lá foi construído o primeiro grande hotel. Em fevereiro de 2010, 50 anos depois, o sonho finalmente virou realidade. A pequena cidade foi o palco das estrelas olímpicas que competiram nas modalidades alpinas (downhill e sallon), nórdicas (saltos e cross-country) e nos esportes radicais (bobsleigh e skeleton). Nesse período (durante os jogos), geralmente, as pistas de esqui ficam fechadas para os turistas. Mas, no Canadá, foi diferente - 95% delas ficaram abertas - para o deleite de todos.

A gôndola Blackcomb é o ponto mais movimentado de Whistler Village ao longo do dia.

Já, ao pé da montanha de Blackcomb, que fica a uma caminhada de 10 minutos de Whistler Village permanece um pouco mais tranquilo para as subidas dos esquiadores nos lifts. Os tiquetes dão direito ao uso dos trajetos das duas montanhas. Basta escolher a melhor opção em função do local onde o equipamento de esqui foi alugado ou pela proximidade do hotel em que se está hospedado.

MELHOR ÉPOCA PARA ESQUIAR

A temporada de esqui é longa, vai de novembro a junho. É muita neve! A cidade e as montanhas ficam cobertas de branco. Crianças e adultos, vestindo casacos coloridíssimos dão o tom da estação. Os dias são curtos. Amanhece por volta das 7:00hs e às 5:00hs da tarde já está escurecendo. Mas, a diversão é garantida. Esquiar, praticar snowboard, passear de snowmobile (motos de neve), descer a montanha de boião, fazer catski (esquiar com o auxílio de um trator), deslizar de dog sled (carrinhos puxados por cachorros) ou passear de trenó puxado por cavalos enormes. Também se pode esquiar no verão - de junho à agosto - em alguns locais de Blackcomb.

Boa idéia é desbravar as montanhas próximas a Pemberton de snowmobile.

Ao pilotar o snowmobile no lago congelado dá um certo receio. Mas, ele passa rápido.

Um passeio de três hora custa em torno de 150 dolares canadenses.


EXCELENTE INFRA-ESTRUTURA


O complexo de Whistler-Blackcomb conta com 39 lifts, incluindo o poderoso Peak-to-Peak, gôndola que interliga os picos das duas montanhas. A infra-estrutura é muito boa. São 200 pistas bem sinalizadas e costuma ter em torno de 9 metros de neve ao ano. As pistas são indicadas para praticantes de nível intermediário. Mas, depois que foi eleita para sediar os JO 2010 também passou a fazer juz ao posto de radical e avançada. Afinal, as descidas são tão extensas que é preciso no mínimo de bom preparo físico. A mais longa tem 11 quilômetros. E o cenário é deslumbrante ao longo do trajeto. Os preços é que são um pouco salgados. Para se ter uma idéia, aulas particulares de esqui ou snowboard com duração de 3 horas custam 400 dólares canadenses. Aulas em grupo valem bem mais a pena, 200 dólares canadenses para um dia inteiro de prática. Os lifts por dia saem em torno de 40 dolares canadenses. Para quem comprar por períodos mais longos, o valor vai caindo gradativamente. Além disso, ainda tem o aluguel ou compra dos equipamentos.
.


Alguns lifts são abertos e faz um frio danado.




Mas, a maioria deles são fechados..


HOTÉIS NA REGIÃO


As opções são muitas. Os hotéis são aconchegantes, bem decorados, com lareiras e muitos deles têm uma pequena cozinha para facilitar a vida das pessoas. Afinal, sair para jantar todos os dias com temperaturas abaixo de zero é uma fria. A maior parte das famílias faz compras no supermercado e prepara as refeições no próprio apartamento para fugir do frio. Mas, quando não bater a preguiça, há bons restaurantes na cidade.

Para quem pretende ficar hospedado aos pés de Blackcomb, o Faimont Chateau Whistler Resort é uma opção interessante. Os quartos são relativamente pequenos e não têm lareira. Mas, o ponto é privilegiado. Também conta com um excelente spa (o que é perfeito para arrematar um dia de esqui intenso). Chateau Boulevard, 4.599. Telefone: + 1 604 938.8000. http://www.faimont.com/
.
O Hotel Fairmont tem uma localização privilegiada. Fica praticamente na subida do lift de Blackcomb.
.
O Residence Inn by Marriott não é um hotel excepcional, mas tem toda a infra-estrutura para quem gosta de esquiar e fica no topo da montanha. Oferece suites com lareira e cozinha, isso facilita a vida no clima frio. http://www.whistler-marriott.com/

Uma opção mais sofisticada é o Four Seasons Hotel. Fica praticamente ao lado no Fairmont, é mais luxuoso e um hotel enorme. No entanto, não têm acesso direto à montanha. 791 W. Georgia St. +1 604-689-9333.
.
DICA
.
Não deixe de provar os sorvetes da Cows na rua de pedestres do centro de Whistler. São deliciosos. A fila é sempre enorme, mas vale a espera.
.


FUSO HORÁRIO

Em relação ao horário de Brasília são - 5 horas.


Gostou? Seguem mais algumas fotos para você se convencer a programar essa viagem ao Canadá. O país é incrível e Whistler está mais charmosa a cada ano que passa. Espero que goste!
.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Claudia!

    Whistler parece mesmo fantástica para quem gosta de neve e ski como eu!
    Acho é que é um pouquinho maior que a maior parte das nossas estâncias aqui na Europa...hehe...até os hoteis são tamanho XL!
    Também gostei muito da ideia de dar uma voltinha numa moto daquelas!!!Era vc??

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Margarida.
    Você que mora na Europa está sempre muito bem servida de estações de esqui. Nós que moramos num país tropical precisamos andar muito para encontrar a neve.hehe.
    O snowmobile é muito divertido. Fui passear com um grupo de quatro pessoas mais um instrutor. Eu estou na foto de calça preta e casaco branco com verde.
    Em Whistler não faltam opções. A infra-estrutura é excelente. Você corre o risco de gostar...
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Este post só aumenta o nosso desejo de ir para o Canada.
    O post esta otimo e estavamos com saudades.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostaram do Canadá!
    É realmente um belo país.
    Tive certa dificuldade em me concentrar para escrever e fazer um post de lá, pois o país é tão convidativo que eu passava o dia todo circulando.
    Um bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Deve ser uma viagem de comboio inesquecivel! As fotografias estão excelentes. Foi diversão em grande!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Claudia
    Adorei tudo nesta linda estação.
    Qual era a temperatura mínima lá?
    Tem bons restaurantes na montanha?
    Parabéns por mais um post maravilhoso
    abs
    VS

    ResponderExcluir
  7. VS
    A temperatura mais baixa que peguei em fevereiro foi de -8 graus Celsius no topo da montanha. Na cidade ficava em torno de 5 a 8 graus. Não é tão frio. No ano passado, na mesma época estava um pouquinho mais frio, pois havia nevado bem mais. Quanto aos restaurantes tem muitas opções. Vou incluir no post as referências.
    Abs
    Claudia

    ResponderExcluir
  8. Oi Cláudia,
    É um prazer tê-la como seguidora do meu blog.
    Passei para conhecero seu e fiquei delumbrada com as suas andanças.Quantas viagens maravilhosas!!!Claro que já estou te seguindo!
    em sorteio de um layout em meu espaço.Aproveite e participe.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Canada tem uma natureza espectacular! Áreas de grandes lagoas e muita floresta.
    Boa dica, Claudia!
    Saludos
    Carmen

    ResponderExcluir
  10. Yoyo.
    Já dei um pulo no seu blog. E adicionei você no meu blogroll.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  11. Carmen.
    O Canadá realmente tem uma beleza exuberante. É muito bonito.Vale conhecer de ponta a ponta.
    Gostei da sua visita.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Eu quero um snowmobile deste pra mim!rsrs

    ResponderExcluir
  13. Deisoca
    O snowmobile é muuuuiiiiito divertido. Especialmente, no lago congelado onde dá para andar rápido e fazer manobras mais "ousadas".
    Bj

    ResponderExcluir
  14. Carminha Ghisi Rajzman16 de março de 2010 13:10

    Claudinha querida,
    Parabéns pelo retrato fiel que fêz desta experiência maravilhosa que o Canada representa, mais especificamente Vancouver e Whistler, que foram os lugares que conheci. Em Whistler, o passeio de snowmobile é sem dúvida um acontecimento que merece todo o destaque que vc atribuiu a ele. Sem contar a paisagem indescritível que se vislumbra do bondinho durante o passeio "peak to peak". Imperdível!
    Adorei teus registros.
    Mil beijos,
    Carminha

    ResponderExcluir
  15. Claudia, gostaria de parabeniza-la pela visita maravilhosa que nos fez aqui em Fevereiro, adorei as fotos e os comentarios, como uma moradora de Whistler ha 04 anos fiquei VERY PROUD!!! LINDOO!!!
    Amo essa cidade e amo morar aqui!!!
    Obrigada pela reportagem, linda!
    Cris
    cristiany_freitas@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Olá.... nossa adorei o seu blog... gostaria de saber qual é a temperatura em Whistler em julho, pois estarei indo para o Canadá fazer um curso de inglês em julho e gostaria muito de visitar essa linda cidade... e tb se vc sabe me dizer como posso saber sobre pacotes de turismo de Montreal para Whistler... bjos

    ResponderExcluir
  17. Karine, em julho faz calor no Canada. Verao. Nao tera neve e o cenario sera diferente. Para ir de Montreal para Whistler basta voar até Vancouver e de la pegar um onibus até a montanha. Super facil! Boa viagem!

    ResponderExcluir
  18. Karine, tem tb um trem que parte de Montreal ou Toronto para Vancouver e de lá você pega um onibus para Whistler!

    Claudia, amei seu post! Estou indo para whistler no início de dezembro fazer intercâmbio e estou muito ansiosa! estou procurando o máximo de informações do lugar... de tudo que já li a respeito, a cidade é realmente encantadora e tenho certeza que passarei momentos inesquecíveis!
    se tiver mais informações sobre compras, baladas me passa, por favor!

    está de parabéns pelo blog!
    beijos aline

    ResponderExcluir
  19. Aline.
    Compras em lugar de muito frio não coincidem com aquilo que usamos no Brasil. Em estações de esqui o que acabamos comprando são casacos, óculos de esquiar, luvas e camisetas para segurar a temperatura abaixo de zero. Em Vancouver, sim. Lá dá para fazer umas comprinhas.

    Quanto às baladas, lugar muito frio geralmente não tem muita opção. As pessoas gastam a energia esquiando e o cansaço no final do dia é total. Quase não sobra muita vontade de sair no frio para uma balada... Vancouver tem mais opções para a noite.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  20. Oi tudo bem ...Poderia me recomendar um hotel barato na região /

    abraço
    Vinicius

    ResponderExcluir
  21. Vinicius
    O Residence Inn by Marriott tem boa infra-estrutura para quem quer esquiar e o preço é moderado. Talvez em torno de 200 dólares por dia, com café da manhã incluído.
    Valeu?
    Claudia

    ResponderExcluir
  22. Claudia muito obrigado pela dica do hotel ...vou chegar em Whistler dia 06 de maio ... será que vou pegar muita neve ? venho de carro de Kamloops pela Yellowhead Hwy , será qpreciso colocar correntes nos pneus do carro ?

    abç
    Vini

    ResponderExcluir
  23. Claudia obrigado pela dica do hotel. Vou chegar em Whistler dia 02 de maio , venho de Kamloops pela estrada Yellowhead ...será que vou pegar muita neve ... do tipo de ter q colocar correntes nos pneus do carro ?

    t+ Vini

    ResponderExcluir
  24. Nem se preocupe com a neve. O Canadá tem uma super infra-estrutura para o período de inverno. As estradas são excelentes. Nem na montanha tive dificuldade. Andei nas duas vezes em que lá estive sem correntes.
    Boa viagem.
    Claudia

    ResponderExcluir
  25. Olá, estou indo para lá agora no carnaval. Como só esquiei até hpje na Argentina e Chile, fiquei com alguns receios em relação ao tipo de roupa e temperatura. Será que uma calça jeanes com uma térmica pro baixo atura o frio à noite? Sabem me dizer qual a temperatura que faz normalmente na cidade? É muito diferente do frio que faz no inverno na Argentina? Obrigada desde já.

    ResponderExcluir
  26. Em Whistler o ideal é andar com roupas mais apropriadas para o frio, pois a cidade fica no pé da montanha. As pessoas já saem de casa com a bota de esqui no pé. Mas, em Vancouver dá para usar calça jeans com uma calça térmica por baixo.
    Fui duas vezes à Whistler. Nunca peguei temperaturas super baixas. Máximo em torno de 6 graus negativos. Com vento a sensação térmica fica de arrepiar. Mas, se estiver com sol e sem vento é tranquilo.
    Tem muitas lojas de roupas de inverno lá mesmo e os preços são politicamente corretos. Se precisar compre alguma coisa no Canadá.
    Boa viagem.

    ResponderExcluir
  27. Ola Claudia,
    Ao procurar sobre estações de ski, achei seu site que falava sobre a Whistler Blackcomb gostei muito e queria saber como você ajeitou sua viagem, você foi em alguma agencia ou fez por si propria desde já agradeço

    ResponderExcluir
  28. Oi Anônimo!
    Eu planejo minhas viagens sempre sozinha. Não gosto muito de agências de viagem. Prefiro resolver tudo do meu modo. Com a internet isso é fácil e prático.
    Whistler é um lugar delicioso e pertinho de Vancouver. É uma excelente estação de esqui. Pode ir sem medo.
    Claudia

    ResponderExcluir
  29. oi estou indo para o canada agora em maio e peguei um fds nas montanhas de alma Gemea, estava pesquisando e achei seu blog. vou p as montanhas no primeiro fds de maio, vc acha q encontro neve por la?? ainda neva em maio??
    as temperaturas sao baixas em maio??
    obrigada

    ResponderExcluir
  30. Brad,

    Dizem que até junho dá para esquiar. Eu fui duas vezes à Whistler. Uma em janeiro e outra em fevereiro. Não estive no mês de maio. Espero que você dê sorte.

    ResponderExcluir
  31. Oi Claudia,

    Gostaria de saber se existem aulas de esqui em espanhol.Minha família está indo agora em janeiro para Whistler e alguns não dominam o inglês.

    Bj,

    Marcia

    ResponderExcluir
  32. Marcia,

    É provável que vc encontre aulas em outros idiomas além de inglês e francês. Mas, como só fiz aulas em inglês não posso te afirmar.

    Boa sorte e ótima viagem.

    ResponderExcluir
  33. Oi boa noite, adorei as dicas, mas estou com dúvida, não sei se devo comprar roupa especial para ir a cidade, não quero esquiar, mas soube que tem atração que é mais barata na neve, ao qual tenho interesse!
    Como nunca fui a cidade gostaria da sua opinião.

    Obrigada

    ResponderExcluir
  34. Cláudia, sou a Cinthia, me ajude!rs.
    Vou para Vancouver em 26 de maio e amooo esquiar, queria saber se nessa época eu vou conseguir esquiar...

    ResponderExcluir
  35. Oi Cinthia,

    Provavelmente você consiga. A geleira Horstman, no alto da montanha Blackcomb tem neve mesmo no verão. Vou torcer por você.

    Bj

    ResponderExcluir
  36. Oi Cláudia. Obrigada por dividir essas dicas sobre Whistler. Esse é o destino favorito do meu marido para esqui e nós estamos programando uma viagem para lá talvez em janeiro ou fevereiro. Estamos decidindo ainda. Mas lendo, seu post já me deu vontade de antecipar a viagem. haha
    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!