DELFT, A CIDADE DAS PORCELANAS


Conhecida no mundo todo pela produção de porcelana azul e branca, que infelizmente não consegui visitar porque era domingo e a fábrica  estava fechada, Delft parece uma mini Amsterdam com seus canais. Além disso, serviu como pano de fundo para o filme Moça com Brinco de Pérola que retrata a vida do pintor Johannes Vermeer, filho ilustre da cidade holandesa, e foi protagonizado por Scarlet Johanson.


Por do sol em Delft. 

Delft tem menos de 100 mil habitantes. É pequenina, romântica, alegre, simpática e muito antiga. Nasceu no século XI e prosperou graças  à indústria têxtil e às cervejarias. Tudo ia bem até que sofreu com um grande incêndio e quase foi varrida do mapa no século XVII. Foi reconstruída e ainda hoje o centro histórico mantém os ares de outrora.

Centro de Delft com muitas lojas e restaurantes. 

Queijo não pode faltar, afinal estamos falando da Holanda. 

As lojas de porcelana são famosas em Delft. 

A vida pulsa ao redor da antiga praça Markt que tem de um lado a Prefeitura e do outro a Nieuwe Kerk. Essa igreja é muito interessante pois foi construída, ampliada e reformada ao longo de oito séculos por isso vários estilos convivem em harmonia. Nela estão sepultados membros da família real holandesa. Já, a Prefeitura foi projetada por Hendrick de Keyser em estilo renascentista, mas foi construída ao redor de uma torre gótica do século XIII. Essa mistura de estilos arquitetônicos é o que torna a cidade tão atraente.

Markt, o ponto de encontro de Delft.

De um lado da Markt fica a Prefeitura

E do outro lado da praça fica a Nieuwe Kerk. 

A igreja é alta e sua torre pode ser vista de diversos pontos da cidade.

Visite ainda a Oude Kerk, a Igreja Antiga onde estão sepultadas figuras importantes como o inventor do microscópio, Antonie van Leeuwenhoek; o antigo açougue Koornbeurs decorado com cabeças de animais; e os museus Stedelijk Museum Het Prinsehof, antigo convento que foi palco da história da cidade e Vermeer Centrum Delft que guarda as obras do artista.


Já deu para perceber que vale a pena fazer um pit stop de algumas horas em Delft. A cidade dista apenas 62 quilômetros de Amsterdam e merece uma visita.

Delft.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Olá Claudia,

    Faltou mencionar que na NieuweKerk,em Delft, também estão enterrados muitos dos familiares da família real holandesa...

    Moro a apenas 25 quilômetros de Delft, na cidade de Leiden.

    Entretanto gosto muito dos teus posts e andanças pelo Brasil e pelo mundo.

    abs,

    ResponderExcluir
  2. Eu visitei o ano passado e ADOREI :)

    ResponderExcluir
  3. Que cidade maravilhosa!
    Viajar e conhecer a Europa é isso, respirar e viver história..
    Parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Francy,

    Obrigada pela informação. Vou acrescentar no texto.

    Bj

    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Angela,

    As cidades do interior da Holanda são um sonho. Lindas demais.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Jaqueline,

    A Europa tem muitos anos de história. Nós, por aqui, ainda somos novinhos. Rs.

    Bjk

    ResponderExcluir
  7. Claudia,

    algumas dessas cidadezinhas holandesas eu conheço. Fiquei, no entanto, muito "tentada" a fazer esse roteiro no tempo e na sequência que fizeste.
    Já estou no Brasil, ainda emocionada com o que vi e ouvi principalmente na Andaluzia.
    Boas Viagens. Carinho e admiração, num grande abraço.

    Aldema ( www.correndomundo.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  8. Adoro essas cidades com esse clima bucólicos e a Holanda tem muitas, amei as porcelanas.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!