CURTINDO NATAL


Está pensando em passar uns dias num lugar ensolarado, tranquilo, sem trânsito frenético, com praias de águas mornas. Natal, a capital do Rio Grande do Norte é assim. A vida por ali ainda acontece num ritmo mais lento. Apesar de ser a capital do estado com quase um milhão de habitantes, Natal mantém um ar pacato e feliz.

Comece fazendo o check in num hotel entre os tantos localizados na Via Costeira: o espanhol Serhs (com 396 quartos e seu super café da manhã); o imponente Pestana Natal (com 188 apartamentos à beira-mar) ou quem sabe o Resort Ocean Palace. Mas, não espere grande luxo, todos os hotéis são básicos, apesar de serem 5 estrelas e enormes. Vá preparado para desfrutar de um astral bem praiano. 

Solte suas malas no quarto, coloque uma roupa de banho e enfie o pé na areia. Saia para fazer uma caminhada de reconhecimento desde Ponta Negra (aquela praia que tem o Morro do Careca) até a Praia da Barreira D'água (ao longo da Via Costeira). Se tiver com fôlego para andar uns 10 quilômetros pela areia vá até o encontro do mar com o rio Potengi.

O Morro do Careca é um dos pontos de destaque de Natal. 

Deu fome? Então, não deixe de comer uma tapioca na Casa de Taipa. O lugar é super bonitinho e as tapiocas deliciosas (Rua Dr. Manoel A. de Araújo, 130-A, Alto de Ponta Negra, telefone: 84 3219-5798). Se a fome pedir algo mais consistente experimente o restaurante Camarões (Rua Eng. Roberto Freire, 2610, Praia da Ponta Negra, telefone: 84 3209-2424). Mas, se a intenção for testar a culinária local, não deixe de fora o Restaurante Mangai que além das comidinhas típicas tem decoração que retrata a história do povo nordestino (Av. Amintas Barros, 3300, Lagoa Nova, telefone: 84 3206 2254).

As tapiocas da Casa de Taipa são deliciosas. O ambiente é bem descontraído.

Para curtir aquele por do sol musical vá ao Iate Clube de Natal, na rua Coronel Flamínio - Santo Rei, e se encante com um show de sax e violino que inclui música erudita e clássicos das canções potiguares. Telefone: 84 3202 4402. 

O marco inicial da cidade é o Forte dos Reis Magos, do século XVI. Em formato de estrela de cinco pontas, o principal símbolo da cidade é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e merece uma visita. Av. Café Filho, Praça do Forte. Telefone: 84 3202 9006. E, por falar em história vale lembrar que na época da II Guerra Mundial, Natal serviu como base para as forças aéreas e navais dos Estados Unidos devido a sua posição estratégica, bem na esquina do Brasil. 

Forte dos Reis Magos, em formato de estrela. 

Foi em Natal, também que viveu até os 87 anos o maior folclorista brasileiro, Luis da Câmara Cascudo. Ele foi e sempre será tão importante que empresta seu nome a um museu, memorial, instituto, universidade e rua. Ele publicou 140 livros e dizem que lia um livro por dia. Foi convidado a lecionar na USP e na Sorbone, mas como gostava mesmo era da sua rede em Natal, não aceitou essas honrarias. Para saber mais sobre a vida desse potiguar visite o Memorial Câmara Cascudo (Praça André de Albuquerque, 30, telefone 3211.8404) que guarda documentos, objetos pessoais e sua imensa biblioteca.

E agora? Quer fazer umas comprinhas e mudar radicalmente da veia cultural para o consumismo? Então, saiba que o maior shopping de Natal é o Midway Mall. Mas,  sinceramente, as praias são bem melhores do que o shopping.

Para circular por todos esses lugares o ideal é alugar um carro. Assim, dá até para programar um mergulho nos parranchos de Pirangi (banco de corais); visitar o maior cajueiro do mundo, em Maracajaú ou ir à Genipabu, passear de dromedário e fazer esquibunda.

Em Genipabu foram gravadas cenas das novelas Tieta do Agreste e O Clone. 

As jangadas estão sempre descansado nas areias de Genipabu, no final do dia.

E lá no alto das dunas, os dromedários esperam tranquilamente para levar você a um passeio. 


Natal é um lugar perfeito para dois ou três dias. Se quiser dar mais uma esticada pegue o carro e vá a Pipa, São Miguel do Gostoso ou se preferir fazer um voo mais longo rume para Fernando de Noronha.

Para ler mais sobre esses destinos clique nos links abaixo:

Pipa:
www.viajarpelomundo.com/2011/08/toca-da-coruja-pipa.html
www.viajarpelomundo.com/2009/05/pipa-badalada-praia-potiguar.html

São Miguel do Gostoso:
www.viajarpelomundo.com/2011/06/sao-miguel-do-gostoso-e-gostoso.html

Fernando de Noronha:
www.viajarpelomundo.com/2008/12/o-paraso-existe.html

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Lindas fotos!
    Eu amo Natal e os seus 365 dias de sol!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Flavia!
    Lugares ensolarados sao perfeitos para colorir nossos finais de semana. Um pulinho no nordeste faz bem `a alma.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Claudia
    Coincidimos no gosto, pois deu para notar que no RN você prefere as cidades menores à capital, eu também!
    Porém esta parada para comer no restaurante Camarões é estratégica, lembrando que eles tem mais de um endereço.
    E para quem tem problema de coluna, como eu, não recomendo o passeio do dromedário, pois as sacudidas são muitas.
    Obrigado por dividir conosco mais este pedacinho do Brasil.
    abs
    VS

    ResponderExcluir
  4. Vs,
    Isso eh verdade. Gosto das capitais apenas para esticar as pernas (depois do voo)e dar uma pequena circulada. Minha escolha recai preferencialmente para as cidades menores e mais escondidinhas, como Pipa e Sao Miguel do Gostoso, por exemplo.
    Abs
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Oi,Claudia,
    Descreveste bem: Natal tem ar pacato e feliz !
    Enquanto isto,por aqui,fará 2 °amanhã de manhã ...
    Bjs
    MT

    ResponderExcluir
  6. Que frio!!!
    Por isso estou bem longe do sul. Passeando no sol de 30 graus da California. Quando melhorar dou um pulo na terrinha.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  7. Maravilha !!Bom passeio pela Califórnia !Já estou esperando os lindos blogs que postarás logo.
    Bj
    MT

    ResponderExcluir
  8. Claudia,

    Adorei a matéria!

    Ano passado o presente de aniversário do meu marido foi uma viagem à Natal.

    Fomos até a Pipa e também a São Miguel do Gostoso. Uma pena que choveu um tantinho naqueles dias (sabe a Maga Patalógica? rs)

    A praia de Tourinhos em São Miguel é de matar!

    Beijos,
    Andressa

    ResponderExcluir
  9. Oi Andressa!

    Sabe que no Rio Grande do Norte tem épocas muito chuvosas mesmo. Especialmente em torno de junho, julho é muito úmido e tem pancadas de chuva constantes. Mas, o sol logo aparece outra vez e sempre dá para aproveitar bem. Afinal, o calor impera.
    Nada melhor do que o sol no nordeste!!!
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  10. Já sentia falta de visitar o seu blog, para encontrar locais fantásticos. Por aqui só encontro textos e fotos que tornam os locais que visita seguramente ainda mais interessantes do que já são.

    Para não variar, só me resta congratula-la por um óptimo artigo.

    ResponderExcluir
  11. Ei Turista!!

    Voce voltou de viagem!!!
    Eu tambem ja estava sentindo sua falta por aqui. Como foi de ferias? Espero que tenha aproveitado bastante. Vou aguardar seus novos posts.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. Claudia e suas fotos maravilhosas!!!
    Morei em Natal há muitos anos atrás para fazer uma especialização em biologia marinha. O Morro do Careca até foi fechado para visitação uma época, para preservá-lo da degradação. Lá em cima tem um habitat único e praticamente intocável de restinga e ainda há um caminho para a praia da tartaruga, do outro lado. Será que ainda é assim????
    beijinhos
    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Bia!
    Voce morou em Natal!!! Que bacana!!!
    Nao sei se o Morro do Careca continua como no seu tempo. Tomara que sim. Adoro ver a natureza preservada e com todo seu encanto.
    Um beijo,
    Claudia

    ResponderExcluir
  14. Olá:

    Belíssimas fotos. Gostei muito.

    Um beijo.

    Nita

    ResponderExcluir
  15. Lindíssimo...não conheço praticamente nada na região Nordeste, apesar de ter uma casa na Bahia. Devo mudar a prole para Vitória ou Vila Velha, aí ficará mais fácil com aeroporto. Beijocas! ;-)

    ResponderExcluir
  16. Taia,
    A Bahia fica perto de Natal, mas imagino que a cada vinda sua ao Brasil deve ser inteiramente dedicada aos filhos. De todo modo, quando der um tempinho vale super a pena conhecer o nordeste. Eta Brasil enorme e lindo!!
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  17. Oi Nita!
    Obrigada pelos elogios e volte sempre.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  18. A casinha fica no extremo Sul da Bahia, quase 1000 Km de Salvador...longeeeeeeee rsrsrsrs e tens razão quando fala que as idas ao Brasil são em função dos filhotes (e das duas casas). Procuro ir pelo menos duas vezes ao ano na BA...talvez com essa mudança dê para nos organizarmos melhor. Na penúltima ida ao Brasil conseguimos ir a Abrolhos e região. Na próxima queremos conhecer a costa Dourada e assim vamos que vamos. Beijocas!

    ResponderExcluir
  19. Natal e um dos lugares que sempre esta com sol e isso e maravilhos, pois amo mar.A parte Nordeste são bonitas. Não tem comparação com o RJ mas outras culturas diferentes isso que proporciona as pessoas a conhecer lugares diferentes e nos ajuda a conhecer lugares que não podemos ir.Parabens sua materia e sempre um apreendizado.Bjs...........

    ResponderExcluir
  20. ESS.
    É muito bom receber elogios. Obrigada.

    ResponderExcluir
  21. Estive quarenta dias nesta cidade linda.Alias eu e meu esposo.Maravilhosa.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!