RUMO A POLINÉSIA FRANCESA


Chegou a hora de voltar ao paraíso. Fazia tempo que o Tahiti vinha colorindo e atiçando nossos sonhos. E lá vamos nós para um dos destinos mais românticos e azuis do mundo, a Polinésia Francesa.

Chegar lá não é das tarefas mais fáceis. É distante! Também não é um destino barato. Mas, certamente é um belo investimento em nome do amor e da felicidade. 

Bangalôs sobre a água, um sonho no Tahiti.

Desde que o capitão francês Louis-Antoine de Bougainville atracou no arquipélago, em 1768 e espalhou para o mundo que havia encontrado o "Jardim do Éden", o lugar passou a habitar o imaginário coletivo dos casais apaixonados.

É um privilégio poder desfrutar desse paraíso perdido, com alguém especial, em bangalôs sobre essa água azul cristalina.

Convido vocês a embarcarem com a gente nessa viagem.

Bora Bora.

TAHITI, A PORTA DE ENTRADA

Polinésia Francesa - chamada pelos locais de "Tahiti e suas Ilhas" - é formada por um conglomerado de 118 ilhas e atóis divididos em cinco arquipélagos paradisíacos, no Pacífico Sul (Ilhas da Sociedade - onde ficam as famosas ilhas Bora Bora e Moorea; Marquesas; Austrais; Mangarevas e Tuamotu).

De todas elas, apenas 12 ilhas têm infraestrutura para receber turistas. As outras são praticamente inabitadas e só podem ser alcançadas por embarcações particulares. É muito comum ver as pessoas chamando todo o arquipélago de Tahiti, embora esse seja o nome apenas da ilha mais conhecida.

A região se formou devido a grandes erupções vulcânicas e ocupa uma área gigantesca que equivale a metade do tamanho do Brasil. É enorme e longe de tudo. A Nova Zelândia é a vizinha mais próxima e está a mais de 4 mil quilômetros de distância. 

Sendo a ilha do Tahiti, a maior, a mais populosa (250 mil habitantes) e onde fica a sede do governo, ela serve como porta de entrada para qualquer viajante que vá a Polinésia Francesa. Sua capital é Papeete. E saiba com antecedência que a ilha não oferece grandes atrativos, além de um belo pôr do sol. Mas, como todos os voos internacionais chegam no aeroporto de Papeete (PPT) e geralmente em horários muito ruins, no final do dia ou de madrugada, é preciso dormir em Papeete para partir para as ilhas de sonho no dia seguinte. Então, já que está por ali, aproveite para dar uma circulada, conhecer o centro, comprar umas pérolas negras, ir ao mercado e comer num bom restaurante (indico Lotus, Coco ou Belvedere).

Mapa da Polinésia Francesa.

DICA: Tenho uma amiga que mora em Papeete e ela indicou uma pessoa de sua confiança para o transfer do aeroporto para o hotel e para todos os deslocamentos em Papeete com excelente preço. A motorista se chama Popô. Ela tem uma van e trabalha com a filha. O telefone dela é + 689 8771.1777

COMO CHEGAR NO PARAÍSO

Do Brasil, a melhor maneira de chegar ao Tahiti é de Latam via Santiago do Chile, saindo do Rio ou São Paulo. No entanto, a frequência dos voos Santiago - Papeete é semanal, apenas um voo por semana, saindo do Brasil aos sábados e do Chile aos domingos com destino a Papeete. O tempo de espera em Santiago costuma ser enorme, por isso é melhor passar a noite em Santiago e partir no dia seguinte. Não é uma operação simples. É difícil chegar ao paraíso. O retorno também é complicado. Sai de Papeete às terças feiras de madrugada rumo a Ilha de Páscoa, Santiago do Chile e finalmente Brasil. Ufa. Talvez fazer um pit stop em Ilha de Páscoa seja uma boa ideia para descansar do voo longo e aproveitar para conhecer um lugar diferente.

Também dê uma olhada nos voos da American Airlines via Los Angeles, em parceria com a Air Tahiti Nui e da Air New Zeland por Buenos Aires e Auckland. Eles são mais demorados, mas podem ser interessantes para você em termos de preço e conexões. Não custa nada se informar e comparar antes de bater o martelo.

O Tahiti é distante, mas vale cada minuto de voo.

COMO CIRCULAR PELAS ILHAS

Morea é a ilha mais próxima do Tahiti e uma das mais visitadas. O melhor modo de chegar em Moorea é de Ferry Aremiti. Já, para as demais ilhas - Bora Bora, Huahine, Taha'a, Raiatea, Tetiaroa, Rangiroa, Tikehau, Fakarava, Manihi, Marquesas - os voos domésticos da Air Tahiti são a melhor opção. Esses deslocamentos não são muito baratos. Vale a pena comprar todos os voos num passe aéreo disponível no site da companhia.

PARA APROVEITAR O SOL


O ideal é conhecer a Polinésia Francesa numa época ensolarada. De maio a outubro é considerado inverno, ou seja, não costuma chover muito. A altíssima temporada é no mês de setembro, quando são férias escolares e as baleias jubarte estão na área. O verão vai de novembro a abril, essa época é mais chuvosa, e pode ter ventos fortes e furacões, especialmente em janeiro. As temperaturas ao longo do ano costumam ficar entre 20 e 30 graus.

Embarcação típica da Polinésia Francesa, piroga.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

É necessário ter passaporte com validade de seis meses além da data da visita e certificado de vacinação contra febre amarela (que teoricamente não é obrigatório mas tenho uma amiga que viajou sem o certificado e teve problemas na saída do Brasil). Brasileiros não precisam de visto se a permanência for de até 90 dias.

MOEDA

A moeda oficial é o Franco Polinésio, XPF. Prefira levar euros para trocar no Tahiti. Cartões de crédito são aceitos na maioria dos lugares. No entanto, quando for para as ilhas menores leve dinheiro. Cotação: 1 real vale 33 francos polinésios; 1 euro vale 119 francos polinésios.

MEU ROTEIRO DE 20 DIAS

SANTIAGO DO CHILE
PAPEETE
TIKEHAU
RANGIROA
MOOREA
BORA BORA
TAHA'A
TETIAROA
TAHITI
ILHA DE PÁSCOA
SANTIAGO DO CHILE

Vamos nessa? 

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Acho que esta viagem é a preferida para lua de mel. Um paraiso inesquecível. Ja está na minha lista de desejos.
    Por enquanto vou te acompanhando aqui no site.
    Cheguei de Santiago na última semana, mas a prioridade foi o deserto de atacama. Um lugar que impressiona pela diversidade da naturezá também.
    Ótima viagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neiva,

      O Tahiti é realmente um sonho para os casais apaixonados. É um lugar idílico.

      O Chile é um país adorável. Também gosto muito.

      Que tal conjugar os dois na próxima viagem?

      Beijo

      Excluir
  2. Olá Claudia
    Adorava ter mais informação sobre Bora Bora e sobre Moorea, estou planeando uma viagem para lá.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula,

      Em breve estarão no site.

      Volte para ler as dicas.

      Bj

      Excluir
  3. Show hein Kau!!! Top five das tuas viagens, na minha humilde opinião kkkkk beijão e aproveitem!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas,

      Essa é top mesmo. Faz páreo duro com as Maldivas. Rs

      Beijosssss

      Excluir
  4. Claudia,

    Tô atenta a tudo e já amando as fotos do meu paraíso.

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa,

      Estou amando o seu paraíso.

      Obrigada por todas as dicas e pelo carinho.

      Beijosss

      Excluir
  5. Que bonito! Eu nunca vi fotos de polinésia, mas na verdade é que é um lugar bonito. É um lugar turístico ou unfrequented?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Max,

      Algumas ilhas são bastante visitadas como Moorea e Bora Bora. Outras ainda são pouco exploradas pelo turismo.

      Excluir

Deixe seu comentário. Obrigada!