E DE REPENTE... BÓSNIA HERZEGOVINA


Nunca imaginei que um dia iria passar pela Bósnia Herzegovina, uma das repúblicas mais sofridas e  pobres da antiga Iugoslávia, cuja capital é Sarajevo. 

Ao ouvir o nome do país, minha memória imediatamente encontrava lembranças frescas de guerras, mortes e insanidade humana. Afinal, a Bósnia foi quem mais sofreu durante a fragmentação da Iugoslávia. E, isso tudo foi muito recente. De 1992 a 1995, morreram mais de 200 mil pessoas naquelas terras e 2.5 milhões fugiram dos horrores da guerra que iniciou quando o país tentou declarar sua independência. Mas, os sérvios não queriam a separação e iniciaram uma enorme perseguição étnica. Por fim, em 1995, a Otam (Organização do Tratado do Atlântico Norte) resolveu intervir para auxiliar a selar a paz. Foi assinado o acordo de Dayton. 

Assim, acabou um dos conflitos mais sangrentos da história da humanidade. O acordo foi assinado estabelecendo as fronteiras da Bósnia Herzegovina como hoje se encontram. Ao norte e oeste faz fronteira com a Croácia, ao leste com a Sérvia, ao sul com Montenegro, além de ter um minúsculo acesso ao Mar Adriático. 

Mapa de Bósnia Herzegovina.

Pois é. E fui parar exatamente ali, nesse pequeno acesso da Bósnia ao mar Adriático, quando percorria a estrada costeira que liga Dubrovnik à Split (Croácia). Quando menos esperava, 20 quilômetros acima de Ston, surgiram placas de sinalização avisando que a poucos metros haveria a necessidade de parar na aduana para apresentar os passaportes e entrar na cidade de Neum, na Bósnia. Assim, percorri os 9 quilômetros de terras doadas ao país pelo ditador Tito, para que a Bósnia tivesse uma saída para o mar. 

 Na Bósnia, mais precisamente em Neum, a caminho do mar.

Neum é a única cidade litorânea da Bósnia. É notória a diferença de arquitetura de um país para o outro. Em Neum tudo é simples. Bem mais modesto do que na Croácia. Os preços são mais baixos. A moeda local é a Marka (BAM), mas eles também aceitam euros (1 marka = 0,5 euros). As praias tem o mesmo mar, mas não são tão bem cuidadas. Muitos croatas costumam ir até lá para fazer compras e passar as férias de verão, por ser mais barato.

Passeios de barco são oferecidos na praia de Neum, Bósnia.

Os croatas com quem conversei não gostam muito da ideia de ter que parar na estrada para sair do país e logo adiante, parar novamente para entrar. Dizem que no verão as filas de carros são enormes e o transtorno é gigantesco para os moradores das proximidades. 

Por outro lado, os bósnios se vangloriam de ter uma cidade litorânea. Mas, eles são menos falantes. Mais reservados. Parecem mais sofridos e desconfiados. O que não é difícil de entender. 

A Bósnia foi uma bela surpresa no caminho!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Linda foto!
    Quero ver e ano que vem vou à Croácia... quem sabe também não passo pela Bósnia?
    Bjao!

    ResponderExcluir
  2. Vanessa,

    Croácia merece muitos dias. Já, a Bósnia, acho que uma passagem rápida já resolve. Talvez mais adiante o país se estruture melhor para o turismo. Mas, por enquanto ainda está se recuperando dos estragos de uma guerra muito triste.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parece-me haver aí uma indicação errada no que respeita à guerra dos Balcãs; quando Belgrado foi bombardeada por Clinton e pela OTAN,em 1999, já tinha havido o acordo de Dayton, em 1995, que põe fim à guerra.
    Esse bárbaro bombardeamento foi devido à Sérvia se opor na questão do Kosovo, que os sérvios julgam e bem, quanto a mim, ser território deles pois foi ali que nasceu a nação sérvia. Por essa razão ainda se mantém para memória futura, no centro de Belgrado, as ruínas desse bombardeamento, como já foi mostrado neste blog.

    ResponderExcluir
  4. Oi João.

    Agradeço demais seu auxílio. Você tem toda razão. Já modifiquei o texto. Nada melhor do que ter amigos espalhados pelos quatro cantos do mundo. Assim, consigo que minhas informações no blog estejam sempre corretas. Ninguém melhor do que você para saber dessa história em detalhes. Tenho muitos amigos Sérvios - mas, eles não falam português para ler o blog - já estive no país três vezes e gosto demais de retonar.

    Obrigada mesmo.

    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Cláudia,

    as fotos são magníficas e adorei seu artigo sobre a Bósnia.
    Não conheço mas fiquei com vontade de lá ir.

    ResponderExcluir
  6. Mais uma pérola escondida no mar Adriático......e descoberta por você! É uma pena que tenham havido tantas guerras antes, deixando o povo com um jeitinho triste. E que bom que os tempos mudaram por lá, e os ares agora estão bem leves agora!

    Bons ventos, Claudia!!!

    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Claudia. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia

    ResponderExcluir
  8. Pena não ter visitado a próxima cidade de MOSTAR... um horror ainda visível nas fachadas dos edifícios metralhados... muito triste... nos dias de hoje em plena Europa!

    ResponderExcluir
  9. A Bósnia também foi uma alegre surpresa para mim, só que ao invés de parar em Neum, decidimos, sem planejamento algum, seguir para Medjugorje e Mostar, a segunda tem uma Old Town muito bonitinha e bem turística, vale super à pena! Me arrependi bastante de não ter incluído a Bósnia no meu roteiro, queria muuuito ter dado uma esticadinha até Sarajevo!
    Seu post me deixou com saudades... E olha que eu cheguei no final de maio! =)

    ResponderExcluir
  10. A Bósnia também foi uma alegre surpresa para mim, só que ao invés de parar em Neum, decidimos, sem planejamento algum, seguir para Medjugorje e Mostar, a segunda tem uma Old Town muito bonitinha e bem turística, vale super à pena! Me arrependi bastante de não ter incluído a Bósnia no meu roteiro, queria muuuito ter dado uma esticadinha até Sarajevo!
    Seu post me deixou com saudades... E olha que eu cheguei no final de maio! =)

    ResponderExcluir
  11. A Bósnia também foi uma alegre surpresa para mim, só que ao invés de parar em Neum, decidimos, sem planejamento algum, seguir para Medjugorje e Mostar, a segunda tem uma Old Town muito bonitinha e bem turística, vale super à pena! Me arrependi bastante de não ter incluído a Bósnia no meu roteiro, queria muuuito ter dado uma esticadinha até Sarajevo!
    Seu post me deixou com saudades... E olha que eu cheguei no final de maio! =)

    ResponderExcluir
  12. Olá Claudia,

    acompanho seu site já faz tempo, mas este post sobre a Bósnia, realmente me surpreendeu!! Parabéns, ficou muito bom!!

    Estou trabalhando para uma empresa que busca sites interessantes para parcerias.

    O que acha?

    Obrigado, Noah.
    noahcrv@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Então a Bósnia foi a sua serendipia?

    ResponderExcluir
  14. Bonjour Claudia,
    Gosto muito do seu blog, sempre que possivel venho visitar, adoraria viajar como vc, mas por eqto viajo pelas fotos e posts.
    Moro na Franca, mais precisamente em Avignon, e tenho um blog C'est ma Provence, www.cestmaprovence.blogspot.com, na realidade, eu ja tinha um blog Le Petit Coeur Bresilien en Provence, mas decidi mudar o nome, nao deu muito certo pq nao sou expert em informatica entao acabei fazendo um segundo blog e transferi artigos de um para o outro...se vc se interessar, passe pra dar uma espiada...agradeceria se pudesse me ajudar na divulgação. Merci et bon dimanche ! Petria

    ResponderExcluir
  15. Oi Claudia!
    ADOREI a Bósnia (como também a Croácia, ainda mais com os seus relatos, super detalhados, um show!!!

    Beijos e bons ventos!

    Bia

    ResponderExcluir
  16. Bia,

    E tenho certeza de que você também vai adorar Montenegro. Viagem especial!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Natália,

    Você me deixou com vontade de voltar à Bósnia para conhecer com mais calma o país.

    Obrigada pelo comentário.

    Bj

    ResponderExcluir
  18. Ola! Voce alugou carro para ir de Dubrovnik para Split

    ResponderExcluir
  19. Lívia,

    Aluguei carro em Dubrovnik. É a melhor alternativa para percorrer o país e conhecer inclusive os países vizinhos Montenegro e Bósnia.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!