TONALÁ, ONDE NASCE A ARTE

Claudia Liechavicius

Apesar de ter como idioma oficial o espanhol, o México tem mais de 60 dialetos que ainda são falados em diferentes regiões do país. Com o passar do tempo, alguns estão desaparecendo, mas outros continuam firmes e fortes como o idioma dos astecas - o náuatle - que é inclusive ensinado em algumas escolas do país. É nesse dialeto que Tonalá, uma pequena cidade de Jalisco, significa "lugar de onde sai o sol". É bem verdade que ela é pequenina e mais parece um subúrbio de Guadalajara. E sendo bem realista eu diria que não chega nem a ser muito bonita. Aliás, é bem feiozinha. No entanto, dá para ir mais longe e acrescentar ao seu nome de batismo que ali é o "lugar de onde  sai a arte".


Muitas das famosas catrinas mexicanas são feitas nas oficinas deTonalá. 

Tonalá nasceu como um reduto de ceramistas e atualmente abriga mais de "mil" oficinas de artesanato numa tradição que vem de geração em geração. Grande parte dos produtos manufaturados no estado saem dali - desde vidro soprado, cerâmica, objetos de ferro, madeira, couro, palha e por aí vai.

Oficina de cerâmica. 

Há belas peças em vidro, mas é preciso procurar com atenção pois tem uma grande mistura de coisas interessantes e cafonas. 

Nas ruas principais de Tonalá, todas as quintas e sábados, acontece uma grande feira de artesanato com os produtos fabricados na cidade. É preciso andar e garimpar com calma, pois quase tudo que é vendido nos ateliers de Tlaquepaque e Guadalajara foi feito ali. Vale a pena conhecer, mesmo não sendo um lugar bonito. É um marco da cultura local. E isso já basta.

É impressionante a quantidade de oficinas, uma ao lado da outra, numa extensão de mais de três quilômetros.


COMO CHEGAR

De Guadalajara até Tonalá são menos de 30 minutos de taxi. Também dá para ir no ônibus turístico que circula por Guadalajara e arredores. Ele sai da Plaza de los Hombres Ilustres, no centro histórico de Guadalajara em vários horários e faz uma parada em Tonalá de 40 minutos - muito rápido para quem quer explorar a feira e as oficinas de arte, mas só para conhecer é o suficiente. Afinal, a cidade em si não é lá essas coisas o que realmente interessa são as oficinas. 


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Claudia:

    que passeio fantástico tu fizeste pelo México.
    Como disse antes, dá vontade de voltar a este país encantador logo,logo.

    Ana

    ResponderExcluir
  2. Claudia,gostei de conhecer Tonalá através das tuas lindas fotos .
    Boa noite!
    Bj
    MT
    (aqui continuamos com o frio polar ...)

    ResponderExcluir
  3. Vim te convidar para me fazer uma visita no meu ateliê e conhecer meu trabalho. Ficarei feliz se voce passar por lá , abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana!
    Realmente, acho que aproveitem bem o MÉxico. Gostei muito do que vi por lá. Talvez até volte em breve.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Maria Tereza.
    Meus pais tem falado que o frio está terrível. Ui!!! Dá arrepio só de pensar. Minha resistência ao frio foi para o espaço. É por isso que amanhã estou indo para Pipa em busca de um pouquinho mais de sol.
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  6. Oi Mona!
    Seja muito bem-vinda.
    Já visitei você também. Gostei muito dos seus blogs e entrei como sua seguidora.
    Volte sempre.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  7. Claudia
    Voce comprou alguma coisa de artesanato em Tonalá?
    como são os preços?
    obrigado por mais este post
    abs
    VS

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Viajar p/ teu blog e pelas fotos não tem preço.
    Sucesso e Paz.

    ResponderExcluir
  9. Olá Cláudia!
    Parabéns pelo blog.
    As suas dicas são muito boas e as fotografias são fantásticas!
    Em resume: adorei!
    Vanessa

    ResponderExcluir
  10. VS
    Não resiste aos encantos do México e claro que trouxe algumas coisinhas na mala. Mas, o que mais me enfeitiçou foram os copos de vidro soprado. Embalei bem e coloquei numa caixa para trazer. Tenho usado muito e serve como lembrança da viagem maravolhosa que fiz pelo México.

    ResponderExcluir
  11. Blau Jones
    Fazia tempo que não via você por aqui. Que bom receber sua visita.
    Obrigada,
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. Vanessa!
    Obrigada pela visita.
    Já fui conhecer seu blog também e adorei as fotos de Canoa Quebrada. Lindas fotos.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  13. Antigamente, tinha mania de comprar lembranças por onde passava. Agora sou pesquisadora e mais objetiva. Gosto de coisas úteis.
    Pelo que vi, o lugar é tentador mesmo.
    Aproveite a Pipa, que o frio continua...
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Gina.
    Aproveitei muito Pipa! Mas, sabe que até no Rio Grande do Norte estava fresquinho. Incrível. Saí para jantar e tive que levar casaco, em pleno Nordeste!!!!
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  15. Que lindas as peças,seu passeio me tirou a mal empressão do lugar ,pois houvia as pessoas falarem tão mal do mexico que com essas fotos o lugar parece admiravel. Parabéns pela sua cultura que vem me passando , pelo mesmo para mim e espero que sirva para muita gente que tambem não conhecer os lugares maravilhosos que ha nesse blogger. Parabens tudo de Bom.

    ResponderExcluir
  16. Ess,
    O México é um país muito colorido, cheia de vida e artístico.
    Essa cidadezinha, em especial, não é muito bonita, mas é onde a arte nasce. Por isso, achei interessante escrever sobre Tonalá.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  17. Oi Claudia!
    Um escândalo de bonito este lugar, não! E as multicoloridas catrinas mexicanas são de arrepiar!!!
    Bons ventos!
    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Bia!
    As cores do México são lindas. Eles são muito artísticos. Essa foi a característica que mais me encantou no povo.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  19. Claudia,que lindas fotos epost completíssimo, como de costume.Parabéns e obrigada por compartilhar com a gente tantos destinos de sonho! Bjs!

    ResponderExcluir
  20. Katia.
    Acho que você iria adorar Tonalá e Tlaquepaque. São os bairros mais artísticos de Guadalajara. As oficinas de cerâmica e vidro são de enlouquecer. Fiquei doida para comprar um monte de coisas. Mas, como tenho preguiça de carregar malas sempre penso 30 vezes antes de me aventurar nas compras. hehehe.
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir
  21. Olá, gostaria de saber quanto tempo você ficou no México. Foi uma viagem só todas essas cidades?

    ResponderExcluir
  22. Mariana,
    Estive 4 vezes no México no período de 2 anos, sendo que numa delas fiquei 20 dias. Consegui conhecer bem o país - que é incrível. Mas, ainda falta conhecer um bocado.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!

_Business_Class_728x90_SAO_ORL