PELAS ESTRADAS DA TOSCANA


Por Claudia Liechavicius

Na Toscana é impossível percorrer 30 quilômetros no tempo habitual. Essa é a distância entre Montalcino e Torrita di Siena. A intenção era sair de uma cidade e chegar à outra em meia hora, para deixar as malas no hotel, reabastecer as energias e continuar desbravando a região. Mas, no caminho são tantos cantos e encantos que não dá para ter pressa. Pienza - a cidade do Papa Pio II; Montepulciano - a fortaleza medieval que serviu como cenário para o filme "Lua Nova", da saga Crepúsculo; Montefollonico - um pequeno vilarejo que recebe com frequencia a visita ilustre do ex-jogador Branco em busca de seus restaurantes; e, finalmente Torrita de Siena com seus campos repletos de vinhas e fazendolas especializadas na produção de queijo pecorino. Não dá para resistir. Então, o destino final só foi alcançado no final do dia... Mas, nada como "deixar a vida nos levar", como diz Zeca pagodinho em sua vã filosofia.


A ACOLHEDORA PIENZA

Terra natal do Papa Pio II. Aeneas Slvius Piccolomini nasceu em Pienza, no ano de 1405, na verdade em Corsignano (nome anterior de Pienza). O poder do pontífice era tão grande que além de mudar o nome da cidade, também mandou o arquiteto florentino Bernardo Rosselino reconstruir a catedral, o palácio papal e a antiga prefeitura do centro histórico. Ele ainda tinha a intenção de criar uma cidade-modelo renascentista, mas o projeto não chegou a sair do papel. Atualmente, Pienza faz parte de um território chamado de "Parque artístico, natural e cultural do Vale D'Orcia" que tem o objetivo de preservar o extraordinário patrimônio de suas cinco comunidades: Castiglion d'Orcia, Montalcino, San Quirico d'Orcia, Radicofani e Pienza.

A Piazza Pio II é circundada pela Duomo, pelo Palazzo Piccolomini e pelo Palazzo Pubblico. O Palazzo Piccolomini (antigo Palácio Papal) continuou sendo usado pelos descendentes do Papa até 1968. A Duomo, por ter sido construída num espaço com péssimas fundações sofre um afundamento importante em uma de suas laterais.

Pelas ruas de Pienza, muitos artistas sentam com seus cavaletes e pincéis, para reproduzir recantos da cidade renascentista.


A NOSTÁLGICA CIDADE DE MONTEPULCIANO

No alto de uma colina, Montepulciano se esconde entre muralhas. Na hora em que lá estive começou a chover e o clima me fez vivenciar com mais exatidão o cenário que foi invadido pela equipe de "Lua Nova" para rodar o último filme da saga Crepúsculo. Longas ladeiras, pontilhadas por antigas casas e carros tão pequenos que até parecem de brinquedo, conduzem o visitante ao ponto mais alto e nobre da cidade, onde fica a Piazza Grande circundada pelo Palazzo Comunale, Palazzo Tarugi e Duomo.
.
As ruas são tão estreitas que carros em tamanho normal não conseguem circular.


Muitas ladeiras precisam ser galgadas para se chegar até a Piazza Grande. 


Enfim, a Piazza Grande com o Palazzo Comunale à esquerda e o Palazzo Tarugi ao fundo. A praça é belíssima!


A Duomo de Montepulciano foi projetada por Ippolito Scalza, em 1630, e tem uma fachada tão rústica que parece não ter sido finalizada.
.
Montepulciano também é conhecida pela produção do Vino Nobile, um vinho de tom alaranjado e com aroma de flores. Depois de tanto subir e descer ladeiras, nada melhor do que sentar em um café ou restaurante e pedir um cálice de vinho acompanhado por um pedaço do queijo da região - o delicioso pecorino.
.
O queijo pecorino é produzido com leite de ovelha.


O Vino Nobile é produzido, especialmente, nos vinhedos dos arredores de Montepulciano.


A PEQUENA NOTÁVEL MONTEFOLLONICO
.
Uma viagem à Toscana tem que incluir um tempo maior dedicado às refeições. Almoço e jantar nos moldes italianos, sem pressa, com os produtos frescos disponíveis na estação e uma bela taça de vinho. Estando hospedados no vilarejo de Torrita de Siena, nosso anfitrião fez reserva em dois restaurantes de Montefollonico - uma pequena aldeia medieval - que ficaram registrados na memória. Um deles foi o La Botte Piena, na Piazza D. Cinughi 12, telefone 0577 668742. O garçom contou que Branco, ex-jogador de futebol é frequentador assíduo do local. O outro é o Ristorante 13 Gobbi, no portão principal de entrada da cidade, Via Lando di Duccio 5, telefone 0577 669755. Tudo o que se come é maravilhoso. A começar pelo queijo pecorino gratinado com presunto cru, depois uma massa fresca feita à mão chamada de "pici" com funghi porcini ou tartufo e para arrematar uma Bisteca Fiorentina. Como saideira, uma tacinha de Vinho Santo com um pedaço de Cantucci, biscoito duro feito de amêndoas ou quem sabe alguma outra sobremesa para alegrar a alma. Tudo sempre muito simples e saboroso. Perfeito!
.
DURMA BEM NA TOSCANA!

Muitas vezes é difícil encontrar um bom hotel nessas pequenas cidades do interior da Itália. No momento, os melhores são os chamados de hotéis de agriturismo. Eles ficam nas regiões rurais, próximos das vinícolas, das plantações de girassóis ou das propriedades que produzem queijos. O Hotelito Lupaia é simplesmente um encanto. Todos os quartos têm decoração diferente, são grandes, aconchegantes e cheios de mimos para agradar os hóspedes. Dá para ver os quartos pelo site http://www.lupaia.it/ e escolher em qual deles se quer fazer a reserva. Ficamos hospedados no quarto "Bosco", todo em tons de verde. Lindo! Difícil é encontrar o hotel, pois ele não aparece no GPS. Fica numa pequena estrada entre Torrite de Siena e Montefollonico, pertinho de Montepulciano. Vale a pena procurar. Telefone (+30) 0577 668028.


Esse hotel realmente vale a pena. O atendimento é gentilmente feito pelo proprietário. Um romano que já morou algum tempo no México. Além de falar italiano, espanhol e inglês ele faz o possível para que a permanência dos hóspedes seja muito agradável. E consegue! O astral é perfeito. Super romântico.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Claudia

    Já anotei o Hotelito Lupaia no meu caderninho para os " Lovely Hotels"...hehe
    Então qual é o seu destino de Julho,que eu já estou curiosa??
    Eu vou uma semana para a praia em Maiorca com uma passagenzinha por Inglaterra no final!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. que blog fantástico! adorei! ja adicionei aos meus favoritos!
    sou louca pra conhecer montepulciano por causa do vinho maravilhoso de lá.
    maravilhoso o post. obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Margarida.
    Julho é época de praia. Então,onde será que vou???
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  4. Liana, obrigada pela visita e por ter adicionado o blog aos seus favoritos.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. A Toscana é a nossa região de eleição em Italia. Apesar de não ser facil escolher.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. É verdade, casal! Difícil escolher o que é melhor. Bom é viajar com calma por toda Itália!!!
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  7. Claudia

    Há praia em tanto lugar do mundo,como é que eu vou adivinhar???hehe
    Era bom que fosse cá em Portugal...hehe
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  8. Puxa, Margarida! Ainda não chegou a hora de rever Portugal...Que pena... Vou para Cancun. Você conhece?
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  9. Oi Bonfa! Teu blog está demais. Em agosto estarei de férias (meu sobrinho diz que estou aposentada e sempre em férias mas, aposentada tem que tirar férias para descansar a cabeça). Nosso roteiro inclui Toscana, Moscou e São Petersburgo. Faremos Toscana de carro e já anotei o hiotel e o telefone. As tuas fotos estão belissimas, já estou louca para sair por aí. Meu avô era do Piemonte e nasceu em Nizza Monferrato.
    Fiquei impressionada que a cidade tem l0.000 e poucos habitantes.
    Quando voltar contarei o que ví.
    As luminárias estão lindissimas, como tem gente habilidosa e com muita imaginação.
    Bjcs. Ana

    ResponderExcluir
  10. Claudia

    Achava melhor que viesse para a praia aqui em Portugal...pelo menos cá não há furacões...hehe
    Não conheço Cancun,por isso vou ficar á espera dos seus posts para saber se coloco ou não Cancun na minha listinha " beaches"...hehe
    Bjo e boa viagem!

    ResponderExcluir
  11. Margarida!
    Viajo na próxima semana. Pode deixar que quando eu voltar prometo caprichar no post.
    Vou ficar esperando Miorca. Éstive lá há 15 anos. Já faz um tempo. Está na hora de programar outra viagem que inclua litoral da Espanha e Portugal, não é?
    Bjss
    Claudia

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana. Acho que você misturou o meu blog com o da Kátia. Ela é otima. Adoro a criatividade do blog. As luminárias realmente ficaram incríveis.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  13. A Cada Post que voce coloca sobre a Itália, aumenta vinha vontade de conhecer esse país maravilhoso!! Só tive a chande de conhecer Roma e Milão. Próxima ida a Europa vai ser Itália na cabeça :D

    ResponderExcluir
  14. Claudia,

    Mais um post incrível, adorei.
    Estou embarcando no sábado, levando suas dicas na mala. Obrigada.

    Bj

    ResponderExcluir
  15. Claudia acabei de chegar de Montepulciano, e é deliciosa, muito lindinha!

    ResponderExcluir
  16. Olá Cláudia,
    muitíssimo obrigada pelas dicas, anotei tudo! pesquisei mais suas postagens e já estou sonhando. te adicionei no meu favoritos, vou ficar te acompanhando.
    bjs
    Cris

    ResponderExcluir
  17. Cris,
    Quando voltar conte como foi.
    Aproveite muito :)

    ResponderExcluir
  18. Caríssimos, bom dia e parabéns pelo site. Depois de muito pesquisar, eu e minha esposa decidimos por uma viagem em dois turnos: Toscana (Itália) e Borgonha (França). Da Toscana já conhecemos Florença e Siena. Então, dessa vez optamos por um roteiro de pequenas cidades, longe da maioria dos turistas. Nossa opção é por ficar nove dias na Toscana, visitando as seguintes cidades: Sant'Angelo in Colle,Montalcino, San Quirico D'Orcia, Pienza, Montepulciano, Montefollonico e Cortona. No Google Maps, entre a primeira e a última são apenas 150 km de distância. Então, peço que, se possível, nos ajudem:
    - É possível fazer uma destas cidades de nossa base de hospedagem e apenas visitar as outras? Neste caso, qual sugerem?
    - É possível visitar esses cidades sem carro (uma vez que nenhum de nós dois dirige)?
    Antecipadamente agradeço.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. Oi Gustavo.
    A Toscana é realmente um sonho. Cada cidadezinha é mais acolhedora do que a outra. Seu roteiro é maravilhoso. Indico que você fique num hotel do tipo agroturismo que são os hotéis-fazenda. Eles ficam em lugares super charmosos e bem rurais. Aliás, essa região é toda rural. O Hotelito Lupaia, em Torrita de Siena, ao lado de Monteffolonico é ótimo. As cidades de Montepulciano e Cortona são as maiores, das que vc citou.
    Mas, sem carro não sei como pode ser feita a locomoção de uma cidade à outra. Deve ter ônibus. Trem nessas cidadelas pequenas não tem. Talvez contratar um motorista...
    Qualquer outra coisa que eu possa responder estou à disposição.
    Boa viagem!
    Claudia

    ResponderExcluir
  20. Claudia
    Estou indo com meu marido, fiz reservas no Lupaia, entretanto olhando no tripadvsor vi algumas reclamações em relação a gatos que ficavam nas mesas do café da manhã isso me preocupou um pouco, vc pode me ajudar.. realmente tem muitos gatos que ficam andando pra lá e pra cá? obrigada
    marcela

    ResponderExcluir
  21. Marcela.
    Realmente tem gatos na área externa do hotel, sim. O Holelito Lupaia é o que eles chamam de agriturismo. Portanto, é um hotel numa propriedade rural, num sítio. Tem gatos e cachorros. Normais em uma propriedade rural.
    Os quartos são super caprichados. Charmosíssimos. Nem sinal de gatos. Os bichanos ficam na casa principal onde é servido o café da manhã. Eles não chegaram a me atrapalhar, pois gosto de animais.
    Indico o hotel. Voltaria a ficar nele.
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  22. Cheguei hoje na Toscana e estou conferindo tudinho... Escolhi a encantadora cidade de Pienza para ficar. É linda, como toda região.

    ResponderExcluir
  23. Fantástico, Renato!
    Aproveite muito a Toscana. Esse época é perfeita para desfrutar da boa mesa italiana sem pressa e curtir todas essas cidades encantadoras.
    Tenha uma ótima viagem!

    ResponderExcluir
  24. Adorei o hotel, gosto de animais, mas não me sentiria a vontade, em tomar o café da manhã ao lado dos bichanos.

    ResponderExcluir
  25. Que bom Françoise!
    O hotel é ótimo. Os quartos são muito transados (o que cá para nós - é bem difícil na Itália).
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  26. Claudia, acabei de voltar da Toscana e estou preparando meus posts; pesquisando sobre Monteriggioni achei seu blog. Estou encantadíssima com seus posts e fotos da Toscana! Pena que não vi seu blog antes de viajar. Vou seguir sempre. Um abraço,

    ResponderExcluir
  27. Oi Luciana!

    Que bom ter você por aqui.
    A Itália é um dos meus países queridos, da Europa. Adora a comida, o vinho, as pessoas, a cultura, a arte.
    Quando escrever sobre a Toscana, me avisa para eu ler.
    Seja muito bem-vinda e volte sempre.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir
  28. Ola Claudia,td bem?

    estarei viajando pela toscana no começo de outubro...queria saber se estara muito frio,e tb se eh muito complicado estacionar o carro nas cidadezinhas de la...pensei em pegar o carro em siena ou Firenze e devolver na volta em Roma.Vc sugere alugar o carro por aqui ou chegando la?
    obrigada
    Paola

    ResponderExcluir
  29. Oi Paolo.
    Outubro já estará começando a esfriar, mas é uma época maravilhosa para andar bastante sem sentir calor. O frio ainda não será intenso.

    Gosto sempre de sair do Brasil com o carro já alugado. Acho mais fácil e você consegue bons preços com antecedência.

    Para estacionar é complicado, sim. Não dá para entrar no centro das cidades. Muitas delas são bloqueadas para os carros. Mas, há sempre estacionamentos ao redor das ruas principais. Basta caminhar um pouqinho e pronto. Nada impossível.
    Aproveite. A Toscana é o máximo.
    Bj
    Claudia

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!

_Business_Class_728x90_SAO_ORL