30 maio 2009

MACAU: HERANÇA PORTUGUESA EM PLENA CHINA

 
Por Claudia Liechavicius

A China é realmente um país de muitas faces. Ninguém imagina desembarcar por lá e dar de cara com arquitetura em estilo colonial, culinária portuguesa que vai de “arroz de pato” à ”pastéis de bacalhau”, chineses falando português, nomes de ruas escritos em nossa língua e casinos. Pois é, os portugueses foram os primeiros europeus a chegar em “A-Ma Gao” como se diz em cantonês ou Baía de A-Má, em 1557, e imprimiram sua marca em Macau. A colônia ficou sob domínio de Portugal por 450 anos até ser devolvida, em 1999, à China. A cidade cresceu graças aos seus ambiciosos administradores e aos chineses que fugiram do regime comunista. Os tantos casinos disponíveis aos turistas é que mantém a região viva financeiramente.

   
Como a cidade vive do turismo, tudo é muito bem cuidado. 

Uma das principais atrações da cidade são as Ruínas de São Paulo. Essa imensa catedral foi construída pelos jesuítas e pelos cristãos japoneses no alto de uma escadaria. Depois foi convertida em um quartel e parcialmente destruída pelo fogo em um incêndio ocorrido em 1835. Tudo o que restou foi a fachada que precisou ser restaurada recentemente para não cair.

   
Fachada das Ruínas de São Paulo.


Chinesinha sentada nas escadarias das ruínas.


As ruas que circundam as ruínas têm nomes fáceis de compreender, em termos de idioma: Rua de Francisco Xavier Pereira, Rua Costa Cabral, Av. do Conselheiro Ferreira de Almeida. Além disso, a arquitetura não deixa dúvidas de que os portugueses estiveram na China.



Uma das tantas ruas com nomes em português. Essa fica em frente às ruínas.

A Torre de Macau é a mais visível das atrações da cidade. Oferece uma vista maravilhosa do alto de seus quase 340 metros. Elevadores com portas transparentes de vidro conduzem os visitantes ao observatório ou à saltos de bungee-jump, aos mais destemidos.

Torre de Macau.

Hotéis e casinos enfeitam a cidade. O Hotel Grand Lisboa tenta traduzir, na versão do arquiteto, um grande abacaxi. Abriga casino, restaurantes e até um show de cabaré, o “Crazy Paris”. O Venetian Macau é um dos mais sofisticados na cidade. Reproduz, em grande estilo, a cidade de Veneza com seus canais e gôndolas. Lindo.

Foto do Hotel Grand Lisboa.

Venetian Macau, um dos maiores resorts do mundo, com vários hotéis, casinos e zonas comerciais.
.

Macau fica a uma hora de ferryboat de Hong Kong. Dá para ir e voltar no mesmo dia. A cidade é pequena, com o auxílio de um mapa dá para se localizar bem pelo centro e na hora do almoço tem ótimos restaurantes portugueses.


Ferryboat que liga Macau a Hong Kong.



Para quem vai à China, uma parada de dois ou três dias em Macau é uma boa opção, pois a cidade revela um lado diferente do país, com forte influência portuguesa. Mais do que isso certamente ficará cansativo para quem não é adepto aos hábitos da jogatina em casinos! Para tentar "quebrar a banca" em outro lugar que não Las Vegas, a alternativa é perfeita.

5 comentários:

reinaldo disse...

ei que viagemmmmmmmmmmmmmm!!!!

saio na foto y Jeff tambem!!! aquela tirada na frente do montjuik
na plaza espana!!! quantas saudades!!!


iu!!!

Claudia Liechavicius disse...

Rey!!!!!
Saudades de vocês.
Bjssss

Anônimo disse...

Noooossa que legaal gostei muuito do siit !

Cláudia Naia disse...

Estou "viciada" no seu blog de viagens. Ainda viajei muito pouco, mas espero ter tempo de conhecer ainda muito. Apenas um pequeno reparo, quando refere "bolinho de bacalhau" e "risotto de pato, nós em Portugal (eu sou portuguesa!) chamamos "pastéis de bacalhau" e "arroz de pato", não utilizamos o vocábulo risotto, embora signifique o mesmo, mas em italiano... :) Já agora, para além de portuguesa, sou açoriana, vivo numa ilha chamada Faial. Somos um arquipélago formado por 9 ilhas, com paisagens deslumbrantes, ao que aconselho vir cá visitar este cantinho do mundo. Obrigada por partilhar suas vivências pelo mundo. Cumprimentos.

Claudia Liechavicius disse...

Oi Claudia,

Obrigada pelo comentário. Já modifiquei o nome dos pratos e aproveitei para dar uma arrumada no texto. Às vezes, com as alterações do Blogger, os textos saem da configuração e ficam bagunçados.

Quem sabe em breve poderei conhecer Açores. Vou adorar!!!

Um beijo



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...