NOVA YORK, BOA PEDIDA EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO


Não importa a estação do ano. Programar uma viagem à Big Apple é escolha certa sempre! No inverno, o Central Park se veste de branco e as luzes da cidade se acendem para celebrar o Natal. No outono, as folhas amareladas caem e a cidade se exibe em tons alaranjados.


Central Park no outono.

Na primavera flores e cores brindam a vida em todas as esquinas. No verão, muita gente fervilha pelas ruas para festejar o calor a céu aberto. Visitar Nova York é render-se ao poder de sedução de uma da metrópole que ferve doze meses por ano.

 
Nova York não para de dia nem de noite.



Como entender a cidade

Nova York é dividida em cinco regiões distintas: Manhattan, Bronx, Queens, Brooklyn e Staten Island. Tem aproximadamente nove milhões de habitantes e é chamada de “capital do mundo”. Manhattan é uma ilha, onde estão quase todas as atrações da cidade, que vão desde a frenética Bolsa de Valores à paz de Strawberry Fields. O Central Park é o pulmão da Big Apple e serve como ponto de referência. A parte sul da ilha, abaixo do Central Park, é chamada de Lower Manhattan e a parte de cima é chamada de Upper Side sendo dividida em Upper West Side e Upper East Side. A ilha é como se fosse a maior cidade pequena do mundo. Os limites impostos pelos rios - Hudson e East River - e a numeração das ruas e avenidas tornam a cidade uma das mais fáceis de se localizar no mundo. As ruas começam a ser contadas de baixo para cima na horizontal. A rua 1 fica no extremo sul e a rua 100 fica ao norte, quase no Harlen. As avenidas são verticais e começam a ser contadas de leste para oeste, ou seja, da direita para a esquerda. A Quinta Avenida marca o meio da cidade. Assim, os prédios são numerados para o lado direito e para o lado esquerdo a partir dela. Ou seja, os números menores ficam mais próximos a ela e os maiores, mais distantes. Não tem como se perder. Ah! E tem a famosa Broadway que foge dos padrões e corta a cidade na diagonal.

Todos os prédios da Broadway exibem publicidade.


 
Na Broadway se vê de tudo...

Além dos letreiros coloridos.

E agora? Uni-duni-tê, por onde começar?

 
Em Nova York tem sempre um lugarzinho especial para ir.

Time Square, Broadway, Central ParK, MoMa, Ponte do Brooklyn, Estátua da Liberdade, Ponto Zero, Wall Street, teatro, compras, restaurantes? Há muito que fazer na cidade tanto para quem vai pela primeira vez como para quem já é íntimo da Big Apple. A ordem é caminhar e curtir parques, ruas, lojas, passeios, espetáculos e arranha-céus sem pressa.

Central Park: foi criado em 1858, por Frederick Law Olmsted, onde havia uma pedreira e uma fazenda de porcos. Transformou-se no quintal da cidade. Tem rinque de patinação (Wollman Rink), zoológico (Central Park Wildlife Center), restaurantes (Tavern on the Green e The Boathouse Restaurant), áreas para atividades esportivas e abriga inclusive o Metropolitan Museum of Art. Um dos pontos mais visitados é o Strawberry Fields, área sossegada que foi criada em memória a John Lennon. Um passeio de carruagem torna o programa ainda mais romântico e encantador.
 
Central Park, uma área de lazer no centro de Manhattan.

 
Turistas gostam de passear de carruagem pelo Central Park.

Estátua da Liberdade: a estátua, medindo 93 metros, foi criada por Frédéric-Auguste Bartholdi e doada em 1886 pela França para os Estados Unidos. Tornou-se o símbolo da liberdade no mundo. O rosto da mãe do escultor foi usado como modelo e os sete raios que saem da coroa representam os mares e continentes. Para visitá-la de perto é preciso tomar uma ferry para Liberty Island em Lower Manhattan. O bilhete dá acesso às ilhas Ellis e Liberty. O horário de funcionamento é das 9:30 às 17:00 horas diariamente. As filas costumam ser grandes. Esse é um passeio que uma vez feito já é o suficiente. Informações pelo site http://www.statueofliberty.com/ Telefone: (212 363-3200)
.
Estátua da Liberdade, símbolo da Big Apple.
.
Ellis Island: a ilha funcionou como centro de recepção dos imigrantes de 1892 até 1954. Lá dentro funciona um museu onde a história é contada por fotos, documentos e vozes de imigrantes. A mesma balsa que se toma para ir até a Estátua da Liberdade tem um ponto da parada em Ellis Island.

Metropolitan Museum of Art: tem um dos maiores acervos de obras de arte do mundo. Foi criado em 1870 para competir com os museus europeus. Fica no Central Park, 86th St. Imperdível!

Outros museus interessantes são: Museum of Modern Art, American Museum of Natural History (dinossauros e meteoros), Guggenhein Museum, Whitney Museum of American Art e Frick Collection (coleção particular de um magnata exposta na casa onde morava).

Empire State Building: prédio mais alto de Nova York. Tem dois observatórios com vista panorâmica da cidade, um no andar de número 86 e outro no 102 . Endereço: 350 5th Av. Abre diariamente das 9:30 à meia-noite. Sempre tem muita fila, pagando um ingresso um pouco mais caro é possível subir em uma fila rápida. Vale a pena. Informações pelo site: http://www.esbny.com/ Telefone: (212 736-3100)

Empire State Building. 


Rockfeller Center: é um complexo de mais de vinte prédios no coração da cidade entre as ruas 47 e 50. Num deles funciona o Radio City Hall, teatro que exibe espetáculos concorridos. Os estúdios da NBC, também ficam ali e as pessoas fazem fila na porta para aparecer no programa de TV “Today Show”. No inverno é montado um rinque de patinação na área central, a céu aberto. No verão, os restaurantes colocam suas mesas nessa área.

 
O rinque de patinação no Rockfeller Center é bastante concorrido.

South Street Seaport: o porto que foi construído no século XIX e passou um tempo sem muita expressão. Foi renovado e passou novamente a ser uma região animada, com bares e restaurantes. Da faixa para pedestres tem-se uma ótima vista da cidade e da Ponte do Brooklyn – que na época de sua construção foi considerada um fenômeno de engenharia.

 
Ponte do Brooklyn.

Ground Zero: no extremo sul da ilha fica a área onde até 11 de setembro de 2001 erguiam-se imponentes as torres do World Trade Center. Com o desabamento dos prédios num ataque terrorista, o local passou a ser chamado de Ponto Zero e é um dos locais mais visitados em respeito aos mortos na tragédia.

 
É muito triste ver do que o homem é capaz: "11 de setembro".


Wall Street: é o endereço do agitado centro financeiro do mundo, em Lower Manhattan. O ataque terrorista de 11 de setembro abalou sua estrutura. O “Touro de Bronze” é o símbolo da New York Stock Exchange.

Little Italy e Chinatown: Nova York é uma cidade cosmopolita que abriga várias colônias estrangeiras. A colônia italiana se expandiu por Mulberry Street e arredores com seus sabores. Os restaurantes nessa região oferecem comida italiana em ambiente simpático e simples. A comunidade chinesa em NY é enorme e cresce mais a cada dia no entorno da Canal Street com suas lojinhas típicas. Os restaurantes servem um delicioso “Pato a Pequim”. Na Mott Street número 64b, um Templo Budista pode ser visitado.

Chinatown é um bom lugar para quem quer degustar um Pato a Pequim.


Distrito dos teatros: ir a Nova York e não assistir a uma peça de teatro na Broadway é como ir a Roma e não ver o papa. As placas coloridas em néon anunciam uma quantidade enorme de musicais maravilhosos, como: O fantasma da Ópera, Cats, Rei Leão... O distrito dos teatros vai da rua 41 até a 51. É um teatro ao lado do outro. Não dá para perder! Ingressos mais baratos podem ser comprados na Times Square. Também há excelentes peças no circuito off-Broadway, como: Stomp, Blue Man e outras.

Vá ao teatro! 

Quinta Avenida: um dos endereços mais famosos do mundo. Foi eleita pela organização Excellence Mystery Shopping International como a segunda rua mais luxuosa do mundo, atrás apenas da Rua Serrano, em Madrid. Na Quinta Avenida, além das grifes famosas como Fendi, Bulgari, Cartier, Ferragamo, Tiffany, Chanel, Geofrey Beene e Armani, localiza-se, também, a imponente Catedral de St. Patricks.

 
Entre uma loja e outra, pausa para um café no Starbucks.

Compras: NY é uma cidade que convida ao consumo. Pelas ruas, lojas e mais lojas atiçam o visitante. É preciso caminhar. Para quem prefere o conforto de circular pelos andares de um grande magazine e encontrar diversos artigos em um mesmo endereço há a Sacks Fifth Avenue (611 Fifth) e a Bloomingdale’s (1000 3rd Av). Para as crianças, dar uma passada na Toys ‘R’ Us (1530 Broadway, Times Square) e na F.A.O. Schwarz (767 5th Av) é satisfação garantida, mas acaba de ser comprada pela Toys 'R' Us e no final do ano já estará de cara nova. Equipamentos eletrônicos podem ser encontrados na Apple Store (quinta Avenida esquina com o Central Park). Para roupas femininas e masculinas mais descoladas vale conferir o Soho e o Lower East Side. Se a intenção for procurar pechinchas em um grande shopping de descontos vá ao Woodbury Common Premium Outlets http://www.premiumoutlets.com/ que fica em New Jersey. De ônibus o trajeto é feito em pouco menos de uma hora. São mais de 200 lojas em uma área aberta. O endereço é 498 Red Apple Court , Central Valley. Telefone: 845 928-4000. Outra opção de outlet é o Jersey Gardens, também em New Jersey. O endereço é: 651 Kapkowski Road. O melhor modo de chegar lá é pegar um ônibus, de número 111 ou 115, no Port Authority Bus Terminal. http://www.jerseygardens.com/

 
Toys 'R' Us é parada obrigatória para as crianças.

Outlet em New Jersey. 


Restaurantes:

Ø Carmine é ótimo para jantar antes ou depois de assistir uma peça na Broadway. Serve porções gigantescas e está sempre lotado. 200 W 44th St entre a Shubert Aly e a 8th Avenida. Telefone: 212 221-3800

Ø Da Silvano é um restaurante italiano super fashion. Vive cheio de celebridades. Fica no número 260 da Sexta Avenida. Telefone: 212 982-2343

Ø Daniel é um dos restaurantes franceses mais badalados da cidade. Afinal, está na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, pela Restaurant Magazine. 60E 65th St. Telefone: 212 288-0033. Abre de segunda a sábado para o jantar.

Ø DB Bistrô, também do chef Daniel Boulud. Serve um sanduíche que leva um hambúrguer preparado com filé e foie gras. 55 West 44th Telefone: 212 391-2400 http://www.danielny.com/
Além desses dois restaurantes citados acima o estrelado chef Daniel Boulud também assina o cardápio do DBGB Kitchen & Bar, 299 Bowery (entre Houston e 1st Street) - telefone (212) 933.5300 e acabou de reinaugurar o Café Boulud, no repaginado Surrey Hotel, em Upper East Side, 20 East 76th Street - telefone (212) 772.2600.

Ø Eleven Madison, de um chef suiço que faz um foie gras espetacular. O ambiente é cool. 11 Madison Avenue (com a 24th St). Telefone (212) 889.0905.

Ø Gramercy Tavern é um charmoso restaurante que serve cozinha americana casual. Delicioso. 42E 20th St entre a Park Avenue e Broadway. Telefone: 212 477-0777

Ø Le Bernardin é um dos melhores restaurantes de peixe da cidade. Para almoçar é mais interessante. 155 West 51 St. (entre 6th e 7th Av) telefone (212) 489.1515.

Ø Nobu. Restaurante japonês muito sofisticado. Maravilhoso. 105 Hudson St na Franklin Street. Telefone: 212 219-0500. Outro japonês super em alta é o Masa, na Columbus Circle 10, telefone (212) 823-9800

Ø Tao. Restaurante que mistura influência tailandesa, chinesa e japonesa no seu cardápio. Endereço: 42 E 58th. Telefone: 212 888-2288

Ø Per Se. Do chef Thomas Keller, o restaurante conta com pratos caprichadíssimos da cozinha franco-americana, além de ter uma vista deslumbrante do Central Park. É preciso fazer reserva com antecedência. Endereço: 10 Columbus Circle. Telefone: 212 823-9335

Ø The Boathouse Restaurant fica na parte noroeste do Central Park no lago. O endereço é East 72nd St and Park Drive North. Telefone: 212 517-2233

Ø Vong é um restaurante tailandês francês espetacular. Fica no número 200 East da 54th St. Telefone: 212 486-9592

Quer testar outro chef estrelado? Experimente um dos tantos restaurantes do chef Jean-Georges. O mais sofisticado é o Jean-Georges (com três estrelas Michelin), 1 Central Park West - Telefone(212) 299.3900. Se quiser experimentar a mais nova experiência de gastronomia orgânica vá ao ABC Kitchen, 35 East 18th Street (entre Broadway e Park Ave) - telefone (212) 475.5829. Mas, o mais tradicional e antigo do "cara" é o The Mark by Jean-Georges, 25 East 77th Street, perto da Madison - telefone (212) 606.3030.

Hotéis em Nova York

A cidade oferece uma variedade enorme de acomodações com todos os preços e estilos, no meio do agito ou em locais mais tranquilos. Vale lembrar que as reservas devem ser feitas com boa antecedência para que o valor das tarifas caia um pouco, pois os hotéis estão sempre cheios.

Para quem preferir ficar no meio dos letreiros coloridos da Broadway, o Marriott Marquis é ótima opção. O preço é bom e os janelões dos quartos deixam um visual lindo da Times Square, especialmente a noite. 1535 Broadway. Telefone: 212 398-1900. http://www.marriott.com/

O Hotel Marriott é muito bem localizado, fica no ponto mais movimentado da Broadway.

Surrey Hotel é um apartamento tipo flat em uma área mais tranquila, perfeito para quem pretende ficar um tempo mais longo. O quarto é amplo e tem uma pequena cozinha. 20 E 76th St. O telefone é 212 628-1549. http://www.mesuite.com/
.
A cidade é fascinante de dia ou de noite, entre adultos ou com as crianças, no calor ou no frio. Os restaurantes são maravilhosos, há sempre um canto novo para se conhecer. Quer se divertir?Então, escolha Nova York!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Adorei!!
    Quando voltamos??
    bjs
    MV

    ResponderExcluir
  2. O Times Square agora virou espaço só para pedestres?

    ResponderExcluir
  3. Olá Claudia !!
    Estamos indo para NY em agosto/setembro, e suas dicas de restaurantes estão excelentes, vamos conferir...
    O Premium Outlets em New Jersey é realmente fantástico, estivemos lá algumas vezes, uma loucura !!!
    Bjs e uma ótima semana !!
    Ellen & Antonio

    ResponderExcluir
  4. Oi Casal Viajante.

    NY é uma delícia sempre. Adoro!!!! Aproveitem muito.
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  5. Vcs viram NY congelada esta semana?
    abs
    VS

    ResponderExcluir
  6. Ei Lucca! Vou dedicar o próximo post a Nova York coberta de neve!!

    ResponderExcluir
  7. Olá! Viajarei no inicio de setembro e gostaria de saber se é uma boa época, tenho medo da chuva estragar a viagem... Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  8. Dani.
    Setembro é ótima época para ir à NY. Ainda está quente, mas não em excesso. É bom para bater pernas. E, em Nova York a tônica da viagem passar por longas caminhadas. Chuva é sempre uma incognita. Tem que pedir à Santa Clara uma força.
    Boa sorte.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Vou com minha mãe. Não sei o mes ainda. Gostaria de ajuda para programar. Minha mãe tem 76 anos, tem ótima saude, adora andar e viajar é tudo para ela. Mas o frio, incomoda um pouco. Qual a melhor época, pacote de viajem ou o que? Falo ingles fluente, mas só isto não ajuda.
    Ficarei feliz com qualquer "help".
    Andrea

    ResponderExcluir
  10. Andrea.
    NY é uma cidade facílima de andar. Os limites são muito definidos. Nada que um bom mapa não resolva.
    Não precisa pacote nem agencia nenhuma para intermediar. Há hotéis de todas as categorias na cidade. Mas, sempre caros. NY é uma cidade para ser explorada a pé. Andar, andar e andar. Quando cansar basta sentar num café e ver a vida passar. Para quem vai a primeira vez é bom ficar um lugar mais animado como a Broadway.
    Mas, vá sem medo. É uma cidade muito fácil.
    Beijo
    Claudia

    ResponderExcluir
  11. Olá, estou indo pela primeira vez a Nova York, mas não falo nada de inglês, tem como desenrolar por lá?

    ResponderExcluir
  12. Oi Anônimo!

    Em qualquer dá para se virar sem falar a língua. Mas, talvez você fala espanhol?? Qualquer língua que se fale sempre ajuda bastante.

    ResponderExcluir
  13. Meu sonho...ainda não conheço...mas é a cidade dos meus sonhos...quem sabe um dia...realizarei de estar lá.!

    ResponderExcluir
  14. Eu fui 2 vezes em fevereiro de 2010 onde peguei muitaaaaa neve, frio e simplesmente foi o máximo, estava com minha prima, andamos de dia, de noite, de madrugada sem problemas, tudo muito seguro, detalhe nem eu e nem ela falamos fluentemente inglês, mas isso não foi problema. Gostei tanto que no ano passado voltei com meu noivo, em maio, estava frio mas no final da viagem já consegui ficar somente de camiseta, foi o máximo também, amei a primavera em NY. Conclusao preciso voltar no outono e no verão . Kkkkkk não pense, vá e não se arrependerá.

    ResponderExcluir
  15. Nova York é realmente boa pedida em qualquer época do ano!!!
    Volte sempre ao blog.
    Bj

    ResponderExcluir
  16. Olá Claudia! Me apaixonei pelo seu Blog! As suas dicas são as melhores que já vi! As postagens das fotos e as Histórias sobre cada lugar são perfeitas! Eu e meu esposo pretendemos ir com o nosso filho de 4 anos em setembro do ano que vem para Nova York, até lá ele estará com 5 anos! Sei que não sairemos das lojas de brinquedos! rsss... Não falamos fluentemente Inglês, mas acho que não vai dar pra se perder...Vou anotar todas as suas dicas num caderninho pra levar! Um abraço! Se tiver mais dicas com crianças, vou amar!! bjs!

    ResponderExcluir
  17. Monica,

    Que bom. Adoro receber elogios (e quem não gosta?).

    Faço o blog com o maior prazer para poder compartilhar minhas experiências com outras pessoas que tenham vontade de ir para lugares por onde já estive.

    Sempre viajo com meus filhos. Agora eles já cresceram, mas desde pequenos vão comigo. Isso é o que de melhor podemos dar a eles. Cultura.
    Leve sempre os seus. Todo lugar é fantástico para eles. Crianças não gostam só de Disney.

    Obrigada e volte sempre.

    Bj

    ResponderExcluir
  18. Ola',
    Estava "passeando pelos Blogs" de viagens e vi o seu ;)
    Muito bacana saber que existem pessoas que compartilham experiencias e aventuras com outras pessoas! Moro ha mais de dez ano em New Jersey, moro bem perto do Path Train que leva ate Manhattan. Meu marido trabalha em Manhattan,NYC. Amo essa cidade,considerada a capital do mundo!!!! Tenho fotos incriveis de Manhattan,se voce quiser, posso compartilhar com voces para suas dicas em seu BLOG.
    Abs;
    Andrea.

    ResponderExcluir
  19. Claudia to indo em marco 2013 qual a temperatura que iremos pegar? Vou eu, meu marido e meus 2 filhos 21 e 19 anos)...q tipo de roupa seria apropriada p levarmos? Bjs

    ResponderExcluir
  20. Jakeline,

    Nessa época ainda estará friozinho, mas já começando a esquentar um pouco. Talvez temperatura entre 10 e 16 graus. Não precisa de roupas super quentes. Basta um bom casaco, cachecol, luvas e botas. Em qualquer lugar que você entre vai estar aquecido.
    Divirtam-se.
    Boa viagem.

    ResponderExcluir
  21. Também estou indo em março, sozinho. Vc acha que é uma boa época para ir à NYC? Já estive em outubro/2010. Gostei muito.
    ah.. vc acha que sozinho também é legal para fazer os programas de ny?

    Parabéns pelo seu blog, é fantástico!

    Abs,
    Ivo

    ResponderExcluir
  22. Ivo,

    Em março ainda estará um pouco frio. Mas, é bom para caminhar pela cidade.

    Quanto à viajar sozinho é uma opção de cada pessoa. Tem gente que adora e outros detestam...

    Espero que aproveite a Big Apple.

    Abs

    ResponderExcluir
  23. Cláudia,

    Nova York é realmente uma cidade de Sonho.
    De dia ou de noite, independentemente da altura do ano, esta cidade merece ser visitada.

    Obrigado por partilhar.
    Rui de Visitar Nova York

    ResponderExcluir
  24. Rui,

    Adoro o astral de NY. Tem programas para todos os estilos e todos os bolsos. Sou super fã da cidade. Sempre que posso volto.

    ResponderExcluir
  25. Claudia estou indo a NY pela primeira vez e gostaria de saber a sua opinião sobre o The NY Pass ônibus "hop-on, hop-off"

    oBRIGADA

    ResponderExcluir
  26. Fátima,

    Para se localizar numa cidade onde você nunca esteve antes acho válido, sim. Mas, NY é uma cidade muito fácil e dá para fazer tudo de metrô, caminhando ou com o auxílio de um taxi amarelo.

    A cidade não tem mistério!!!

    Bj

    ResponderExcluir
  27. Como postei anteriormente, é a minha primeira vez e não tenho noção de como seja a temperatura nesta época do ano (maio). Desse jeito não sei que roupas levar

    ResponderExcluir
  28. Fátima,

    Em maio já estará bem agradável. Considere uma temperatura em torno de 18 a 22 graus. Mas, a temperatura pode sofrer variações. Confira em sites como o climatempo a temperatura prevista uma semana antes da viagem. Assim, você não vai errar na hora de fazer a mala.

    Os telefones celulares também têm ótimos aplicativos para sabermos sobre o clima em diferentes regiões do mundo. Tente usar algum desses.

    Bj

    Claudia

    ResponderExcluir
  29. Olá,
    Adorei o blog!!
    Qual é o melhor mÊs (mais barato, poucas chuvas e menos gente) para viajar a nova york? Agosto ou Setembro?
    beijo!

    ResponderExcluir
  30. Daniel,

    Setembro é melhor tanto em termos de temperatura como por estar mais tranquilo. Agosto ainda é período de férias nos USA e NY é sempre um destino muito escolhido.

    Bj

    ResponderExcluir
  31. Oi Claudia!
    Seu blog é tudo de bom! Adorei a postagem sobre NY. Tens razão lá é bom/bonito em qualquer época. Fui em abr/2013..adorei!!!! A postagem sobre Trancoso também está maravilhosa, dá vontade, quem já foi, devoltar.
    Parabéns pelo blog.
    Um abraço.
    Ana Silvia Mota

    ResponderExcluir
  32. Ana,

    Muito obrigada. Adoro receber elogios. (E, quem não gosta?) hehehe. O blog é escrito com o maior carinho!

    Beijo

    Claudia

    ResponderExcluir
  33. oii adorei a matéria !!! Irá me ajudar muito, tenho uma duvida vou para NY na segunda semana de outubro de 2014. Gostaria de saber se nessa época as arvores ainda estão com as folhas amareladas ( como em outono em nova york rsrsrrs)..obrigada

    ResponderExcluir
  34. Oi adorei a matéria, vai me ajudar e muito !!! rsrsr Irei para NY na segunda semana de outubro gostaria de saber se nessa épocas as arvores já estão coloridas ( como no filme outono em NY? rsrsrrs...obrigada

    ResponderExcluir
  35. Karina,

    Você numa época ótima. Começando a esfriar e com as árvores amareladas, cores de outono.

    Boa viagem.

    Bjs

    ResponderExcluir
  36. Claudia achei excelente seu blog. Preciso de ajuda sua. Estou indo no inicio de setembro com meu marido passar 8 dias em nova york para comemorar 40 anos de casamento. Não falamos nada em ingles. Será que conseguimos nos virar?. Pode nos dar algumas dicas a mais. Obrigada. Graça

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!