O SUPER PONTA DOS GANCHOS


Certas ocasiões pedem lugares especiais. Lua-de-mel. Bodas. Festas de final de ano. Fazia tempo que eu aguardava uma dessas datas para comemorar no resort Ponta dos Ganchos. Então, aproveitei as festividades de fim de ano para curtir esse cantinho paradisíaco de Santa Catarina e iniciar o ano com as energias renovadas.


Lugar perfeito para relaxar e passar dias especiais. 

O Ponta dos Ganchos fica em Governador Celso Ramos, uma cidadezinha sossegada a pouco mais de 30 quilômetros de Florianópolis e 50 de Camboriú. Tem localização privilegiada, numa enseada cheia de recortes, com prainhas lindas e super exclusivas que podem ser acessadas por trilhas fáceis e lindas. Para os mais comodistas, de barco.

Os tons de verde da mata e do mar da Costa Esmeralda casam com perfeição

 Praia da Ilhota, privativa do hotel.

O resort é membro do grupo The Leading Hotels of the World e tem apenas 25 bangalôs preparados para receber seus hóspedes em grande estilo. No Brasil são poucos os hotéis desse padrão. O preço é realmente salgado, mas esse acaba sendo exatamente o diferencial em termos de exclusividade. É um hotel especial. Perfeito para desacelerar e viver momentos de sossego. Tem excelente serviço e não hospeda crianças.

Os bangalôs são classificados em categorias conforme seu tamanho. O maior deles é o Especial Esmeralda, número 25, que tem até academia privativa. Depois, vem: Esmeralda, Especial da Vila, Da Vila, Arvoredo e Anhatomirim conforme vão diminuindo de tamanho. Os menores tem 80 metros quadrados. Mesmo esses são quartos grandes, muito bem decorados, com lareira, cama excelente, bons travesseiros e lençóis gostosos. O que não gostei muito foram as amenities de banho. Shampoo e creme em potes lindos de cerâmica, mas nada práticos. Os produtos não saem com facilidade da embalagem.

Os quartos e varandas do Ponta dos Ganchos são muito bem decorados

Água de côco e muita simpatia fazem parte da recepção. Como chegamos antes da hora prevista para o check in fomos levados para uma sala de pré-check in ao lado da piscina aquecida. Uma bela saleta com sofás, televisão, chuveiros, roupões, sandálias Havaianas, frutas e água. Ali deixamos as malas e trocamos de roupa para ir à praia enquanto aguardávamos. Perfeito. Todo hotel deveria ter um local como esse. Primeiro ponto a favor.

E por falar em ponto alto, destaque especial para a cozinha do hotel. Excepcional. Tudo é feito com capricho. O café da manhã é fantástico. O cardápio muda diariamente e inclui sucos incríveis, pães quentinhos, ovos com caviar, frutas muito bem apresentadas. Perfeito. Um café da manhã para recordar com muito carinho.

 Café da manhã espetacular no hotel Ponta dos Ganchos.

No almoço e no jantar, não podem faltar ostras. Afinal, Santa Catarina produz 90% das ostras brasileiras. Podem ser ao natural, ao bafo ou gratinadas. Mas, não as deixe de fora. São fresquíssimas. Além das ostras, todo cardápio do restaurante é bom. Destaque para os frutos do mar grelhados e para a moqueca. Na diária, está incluído apenas o café da manhã e o chá da tarde. Almoço e jantar, não.

Ostras, a marca registrada de Santa Catarina.

Outro ponto alto do hotel é a academia. Bem equipada, com telão em frente às esteiras, ar condicionado, toalhas, água, frutas, Gatorade. Mesmo de férias, a saúde precisa de cuidados.

Não consegui testar o spa pois estava lotado todas as vezes que tentei agendar. Alta temporada é assim. Quem sabe da próxima vez.

Adorei a praia privativa do hotel. Pequenina e deliciosa. Cheia de espreguiçadeiras confortáveis, super convidativas. Filtro solar e spray refrescante estão sempre disponíveis aos hóspedes. Para explorar os arredores, o resort dispõe de pranchas de SUP e caiaque. Para quem quer ir mais longe há várias trilhas para caminhada que terminam em praias desertas de água cristalina, emolduradas por pedras.

Praia privativa do hotel Ponta dos Ganchos.

Praia de Ganchos de Fora.  

Ilha Grande

Praia de Fora. 


Praia da Velha.

COMO CHEGAR

Do aeroporto Hercílio Luz se chega no resort Ponta dos Ganchos em menos de uma hora. Basta tomar um taxi, alugar um carro ou solicitar um transfer do próprio hotel. Vale lembrar que o taxi custa um terço do valor cobrado pelo transfer do hotel.

MELHOR ÉPOCA PARA IR

Tudo depende da sua preferência. O período frio em Santa Catarina vai de maio a setembro e é perfeito para casais bem românticos. Já, os meses mais quentes, de outubro a abril, são a melhor escolha para quem gosta de praia. Há uma programação bem diferente para cada época do ano no Ponta dos Ganchos.

Para mim, lugar de praia no frio não tem muita graça. Gosto mais desse tipo de hotel nos meses quentes. Portanto, indico essa época e preferencialmente fora da alta temporada. Ou seja, de meados de outubro até a semana que antecede o Natal e depois do Carnaval, até abril.

No inverno, a praia fica fora do programa.

PONTOS ALTOS

As praias e trilhas da região.
A cozinha espetacular do hotel.
Serviço impecável.
Acomodações super caprichadas.

PONTOS FRACOS

Amenities oferecidas aos hóspedes para banho.
Conversa paralela dos funcionários entre si quando se quer sossego.

Vá sem medo. O hotel é espetacular. Recomendo totalmente.
É sem dúvida, um dos melhores hotéis do Brasil.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Que semana maravilhosa! Acompanhei no Instagram. Show!

    ResponderExcluir
  2. Oi Zudi,

    Esse hotel é muito bacana. Gostei demais. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Claudia, que lugar liiindo!!!
    Já faz um tempão que fui à Floripa, mas não conheci este lugar, que parece ser incrível. Difícil é convencer o 'maridão' a ficar isolado num resort.... não custa nada tentar!

    Beijinhos e um bom ano!

    Bia <°(((<

    ResponderExcluir
  4. Uau! Que paraíso! Que sonho de lugar!!! Amei ;-)))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fantástico, Rê. Pode programar uns dias nesse pedacinho do paraíso.

      Beijos

      Excluir
  5. Bia, vale ficar dois dias nesse hotel e mais dois em outro lugar como a Praia do Rosa. Não fica chato. Pode acreditar. Ele vai gostar. Rs. O hotel é incrível e as praias do entorno são lindas e fáceis de chegar por trilhas.

    Bj

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!