PARA VER E REVER EM ROMA


Roma é um verdadeiro museu a céu aberto. Uma das cidades mais antigas e com o passado mais bem preservado do mundo. É um daqueles lugares que posso visitar muitas vezes e sempre me surpreendo a cada esquina. Afinal, serviu como residência de tantos imperadores poderosos e hoje guarda verdadeiras relíquias que merecem ser vistas e re-vistas.

COLISEU. Ficar de frente para esse “colosso” plantado em Roma por ordem do Imperador Vespasiano no ano de 72 me deixa sempre perplexa. Viajo no tempo e me pego imaginando como era intensa a vida na cidade há dois mil anos atrás. Quanta gente cabia naquele anfiteatro! Até 55 mil pessoas podiam se reunir para assistir os combates sangrentos entre gladiadores e animais. Impossível ir a Roma sem ver e rever o Coliseu. Só ele já vale a viagem. Para evitar filas compre antecipadamente seu ingresso pela internet.

 Coliseu de Roma.

FONTANA DI TREVI. Simplesmente a fonte mais famosa de Roma. Ela nem é das construções mais antigas da cidade, data de 1762, mas é absurdamente elegante. Fico sempre hipnotizada olhando para aquelas estátuas barrocas imensas, de proporções tão bem dimensionadas em mármore. A fonte marca o final de um aqueduto que canalizava água para a cidade. É demais. Fica no cruzamento de três ruas, num lugar bem apertado, difícil para fotografar. Vive lotada de gente. Vale jogar uma moedinha, de costas, com a mão direita, para garantir o retorno a Roma!

Fontana di Trevi. 

VATICANO. Considerado o menor Estado do mundo, o Vaticano é a residência oficial dos papas e a capital da Igreja Católica. Imponente. Imaculado. É obrigatório visitar a Capela Sistina decorada com afrescos de Michelangelo, a Basílica de São Pedro, os Museus do Vaticano e se tiver sorte receber as bênçãos do papa na Praça de São Pedro.

Praça de São Pedro, Vaticano.

PANTHEON. Escondido no meio de um emaranhado de ruas cheias de restaurantes o Templo de Todos os Deuses, Pantheon, é uma das edificações mais antigas de Roma e continua lá contando sua história. Cada vez que revejo aquela preciosidade, é como se fosse a primeira. Fico impressionada olhando os detalhes daquele templo construído pelo Imperador Adriano no século I, em especial o imenso domo com uma abertura circular para a entrada da luz feito de modo tão perfeito a tantos anos.

Pantheon.

PIAZZA DI SPAGNA. Suas escadarias brancas, recém restauradas, ligam a igreja Trinita dei Monti à Fontana della Barcacia. Essa é a praça mais famosa da cidade. Ela marca o coração de Roma. Sempre movimentada e com ótimo astral. Dessa vez fiquei hospedada no hotel The Inn & The View at The Spanish Steps, na Via dei Condotti um lugar super fashion, onde estão as melhores lojas italianas, a alguns passos da escadaria. Para almoçar nessa região indico o delicioso restaurante Dilla, na Via Mario di Fiori 85. O pôr do sol alaranjado visto dali com o contorno das cúpulas arredondadas é dos melhores da cidade.

Piazza di Spagna.

FORUM DE TRAJANO E OS MERCADOS. E pensar que Trajano começou a construiu aquelas estruturas que ainda deixam suas marcas, no ano 107, para comemorar a conquista da Dácia que hoje é a atual Romênia. Muita coisa foi abaixo, afinal já se passaram dois mil anos, mas a Coluna de Trajano com seus 30 metros ainda mostra as cenas da vida naquela época e os mercados deixam as evidências de que ali estava o precursor do “shopping center”, com mais de 150 lojas que vendiam de tudo: frutas, especiarias, tecidos... Há várias passarelas novas que garantem boa visibilidade do Fórum de Trajano.

Forum de Trajano.

PIAZZA NAVONA. Que luxo. São três fontes barrocas maravilhosas alinhadas numa praça que tem o formato de um estádio antigo para competições de atletismo chamadas de agones. A Fontana dei Quatro Fiumi fica no centro da praça e é uma das principais obras de Bernini. Ao redor tem muitos cafés, restaurantes e sorveterias. A Piazza Navona é super animada. Tem sempre alguma coisa acontecendo.

Piazza Navona.

TRASTEVERE. Esse é um dos bairros mais antigos e pitorescos de Roma. Tem muitas construções históricas nas suas ruelas e restaurantes deliciosos. Indico o La Prosciutteria para tomar um bom vinho italiano acompanhado de queijos e presuntos ou de um “panino”.

Trastevere.

PÔR DO SOL NO MONTE CAPITOLINO. Para encerrar o dia em Roma com chave de ouro nada melhor do que assistir a despedida do astro rei do terraço do Monumento a Vittorio Emanuele, que fica no Campidoglio, uma cidadela da antiga Roma. O visual é incrível. Recomendo.

Pôr do sol em Roma.

PIAZZA DEL POPOLO. A Praça do Povo é belíssima e uma das mais populares da cidade. Dela partem ruas importantes como a Via del Corso, Via del Babuino e Via di Ripetta. No reveillon é o principal ponto de encontro dos romanos. Um obelisco egípcio de 24 metros marca o centro da praça. Ao  redor dela tem três igrejas que merecem atenção, as gêmeas Santa Maria dei Miracoli e Santa Maria in Montesanto e a Santa Maria del Popolo, com obras de Caravaggio. 

Piazza del Popolo.

CASTEL SANT'ANGELO. Mais uma das grandes relíquias romanas. Construído em 139 para ser o mausoléu do Imperador Adriano. Mas, depois disso, passou a ter outras ocupações. Foi prisão e residência papal. Ele tem um corredor que o liga ao Vaticano. Fica perto de Trastevere. Aproveite para circular pelo bairro depois da visita ao castelo. 

Castel Sant'Angelo.

Esses são apenas os principais lugares que adoro ver e rever em Roma. Mas, a lista vai longe...

Roma é muito especial!


Compartilhe:

Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada!