TROGIR, UMA DAS CIDADES MAIS ANTIGAS DA CROÁCIA


A Croácia me conquistou desde o primeiro instante, quando pela janela do avião dava para avistar uma pequena parte da imensidão azul do mar Adriático cravejada de ilhotas. O país é absolutamente privilegiado pela natureza. Afinal, é relativamente pequeno, mas tem 4.800 quilômetros de costa mediterrânea e ao redor de 1.200 ilhas espetaculares. E, como se tanta beleza natural não fosse o suficiente ainda há várias cidades muradas cheias de história. Uma delas é Trogir. A cidade tem 4 mil anos de existência e é considerada uma das mais antigas da Dalmácia. 

A beira-mar de Trogir.

A Croácia é dividida nas seguintes regiões:
  • Dalmácia (onde se destacam os passeios de barco pelas ilhas de Hvar, Korcula e Mljet; a espetacular cidade de Dubrovnik; Split, a segunda maior cidade do país e a histórica Trogir)
  • Ístria e Kvarner (região costeira que vai do centro ao norte do país, fica próxima da Itália e faz fronteira com a Eslovênia, tem forte influência desses países; os maiores destaques são as cidades de Rovinj, Porec e Pula, essa última com um belíssimo anfiteatro romano; o Parque Nacional dos Lagos Plitvice cheio de cascatas e florestas também merece atenção)
  • Croácia Central (essa região é pouco visitada por turistas, é onde fica Zagreb, a capital da Croácia)
  • Eslavônia e Baranja (a região faz fronteira com Sérvia e Hungria, também não é muito explorada pelo turismo)
  • Condado do Norte (região montanhosa também pouco explorada pelo turismo onde ficava a antiga capital da Croácia, Varazdin)
Mapa da Croácia.

Trogir fica na Dalmácia - a região mais visitada do país - logo acima de Split (segunda maior cidade da Croácia). De Split são apenas 28 quilômetros feitos em 30 minutos. Não dá para deixar de conhecer a cidade. É pequenina e muito charmosa. Em poucas horas dá para circular pela ilha toda, pois Trogir fica numa ilhota conectada ao continente por uma ponte, e ainda aproveitar para almoçar. 

Seus traços históricos são fortes. Os primeiros indícios da existência de Trogir datam de 2.000 a.C. Daí para a frente a pequena cidade murada teve uma trajetória sinuosa e passou por muitas mãos diferentes. Ao redor de 300 a.C. foi a vez dos gregos da ilha de Vis se fixarem na pequena ilhota que na época se chamava Tragyrion - Ilha das Cabras. Dessa época um altar à deusa Hera foi encontrado perto da catedral. No século I os romanos detiveram o controle e encheram a cidade de mármore branco. A cidade prosperou e chegou a Idade Média sendo protegida pela tropa bizantina. No entanto, no século XII foi atacada pelos sarracenos, destruída e abandonada. Alguns anos mais tarde, Trogir renasceu sob o comando dos reis da Hungria. Depois, seu domínio passou para as mãos dos venezianos. Até que finalmente, em 1997, com tanta história para contar foi declarada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

Foto aérea de Trogir.

Com tanta disputa, claro que as muralhas da cidade foram preservadas apenas parcialmente. Grande parte, infelizmente, foi destruída no século XIX. Dois portões davam acesso à Trogir: Portão da Terra e Portão do Mar

À beira-mar o Castelo Kamerlengo pode ser avistado de longe com sua estrutura de quatro faces. Ali era a residência do governador veneziano, no século XV. Grandes muralhas ligam três torres. Atualmente, o local é usado para shows e apresentações. O grande gramado que pode ser visto à esquerda na foto acima era antigamente a Praça de Armas e hoje é um campo esportivo.

Castelo Kamerlengo.

Em frente a Praça João Paulo II (Trg Ivana Pavla II), a principal praça da cidade, fica a Galeria e a Torre do Relógio, do século XIV. A Galeria é apoiada em seis colunas romanas e a Torre do Relógio fica à esquerda da Galeria. Observe que na parede da frente da torre há duas figuras esculpidas em relevo. 

Galeria e Torre do Relógio.

Na mesma praça também estão o Palácio Cipiko feito no século XIV por uma importante família de Trogir; a Prefeitura e a Catedral de São Lourenço. A catedral levou muito tempo para ser construída. A obra iniciou em 1193 e terminou no século XV, portando vários estilos arquitetônicos convivem em harmonia. Um dos destaques da catedral é a Capela de Santo Orsini, primeiro bispo de Trogir, com doze estátuas dos apóstolos em nichos em forma de concha feitos por Nikola Firentinac e Andrija Alesi. 

Catedral de São Lourenço.

Ao lado da catedral está a Igreja de São João Batista, do século XIII. O local foi usado como museu por algum tempo. Agora as peças foram transferidas para o Museu de Arte Sacra que fica bem perto.

Igreja de São João Batista.

A cidade é toda branquinha. Linda. Repleta de ruelas estreitas que sugerem uma volta no tempo. E, para completar, cercada pelo azul do mar Adriático. Encantadora. Vale ser incluída no roteiro com certeza. Mas, não precisa mais do que algumas horas para caminhar com calma e conhecer tudo. 

Pelas ruas de Trogir.

Trogir.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

DOCUMENTOS: brasileiros não precisam de visto para entrar na Croácia. É preciso apresentar apenas o passaporte. E, os trâmites na alfândega são simples e com boa agilidade. 

MELHOR ÉPOCA: o verão é a melhor época para visitar a Croácia, de junho à setembro. Fui no final de junho e achei perfeito. Os lugares ainda não estavam muito cheios e a temperatura girava entre 20 e 30 graus. Com esse mar espetacular não dá para ir numa época fria que não dê para aproveitar. Julho e agosto costumam ser lotados.

IDIOMA: croata. Bem difícil. Mas, o inglês é falado por muita gente e o italiano também. Eles são  simpáticos e sempre querem ajudar. 

SEGURANÇA: o país é muito tranquilo. Dá para andar pelas ruas de noite sem problemas. Mulheres sozinhas podem visitar a Croácia sem risco. 

GORJETAS: a prática é de 10%. 

PRAIAS DE NUDISMO: são muito comuns. É uma tradição na Croácia. Há muitas praias designadas como Naturistas. 

FUSO HORÁRIO: a Croácia está quatro horas à frente do Brasil. 

MOEDA: Kuna. A Croácia acaba de entrar para a Comunidade Europeia, mas ainda não aderiu ao euro. 1 dólar = 5,7 kunas


Trogir, Croácia.

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Ai ai ai... começou a bater aquela coisa de: QUERO VOLTAR, QUERO VOLTAR!! rsrs
    Esse céu azul hein... lindo demais!
    Bjosss

    ResponderExcluir
  2. Claudia,

    A Croácia tem fama de ser exuberante e linda, adjetivos ratificados pelas fotos esplêndidas postadas por vc, aqui e no IG.

    Saudades de ir para o lado direito do mapa, mas as duas próximas paradas, no mês que vem, serão a noroeste e sudoeste do Brasil!

    Beijos,
    Andressa

    ResponderExcluir
  3. A região sul da Croácia está nos meus planos de viagem, mas ainda não será este ano que serão concretizados.

    Mas as suas descrições e imagens acentuam ainda mais a curiosidade e vontade de explorar essa região.

    As suas fotos, como já nos habituou, estão fantásticas e evidenciam muito bem um pouco do muito que a Croácia tem para oferecer em termos turísticos.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Manu,

    Eu já saí da Croácia querendo voltar!!!! Que lugar lindo. Que astral bom. Super seguro. Restaurantes ótimos, com ingredientes fresquíssimos. Também quero voltar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Andressa,

    Para onde será a próxima? Agora fiquei curiosa.....

    A próxima tem que estar sempre sendo programada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Turista,

    Para você que já está na Europa é muito perto. Com criança é ótimo. Tem boas opções para todas as idades, mas para os pequenos o ideal é que seja no verão com boa temperatura para usufruir daquela imensidão azul do mar Adriático. O mar parece piscina. Lindo!

    Beijo e obrigada pelo carinho de sempre (ando um pouco sem tempo para escrever no seu blog, mas vou lá te visitar em breve, pois adoro seus posts detalhados!)

    ResponderExcluir
  7. Que vontade de conhecer esse destino... lindo....

    ResponderExcluir
  8. Adriane,

    A Croácia é linda. Vá quando puder, sem pensar duas vezes.

    ResponderExcluir
  9. Olá Cláudia, li toda a série da Croácia e adorei, as cidades, as fotos...está nos meus planos ir pra lá.. vamos ver se no ano que vem, quando eu tiro férias em junho. Acho que é uma boa época...

    Parabéns pelos posts!

    Erika.

    ResponderExcluir
  10. Érika,

    O próximo post será dedicado a Dubrovnik. Em breve no blog. Só está faltando tempo para conseguir escrever. kkkk

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Adorei os posts da Croácia ... mais um lugar que tenho vontade de conhecer :)
    Bjs
    Gabi

    ResponderExcluir
  12. Gabi,

    A Croácia é um espetáculo! Vocês vão amar!

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!