COMER, CONHECER E SE DIVERTIR EM FLORIPA



Em Florianópolis me sinto literalmente em casa. Tenho família na "ilha da magia" e vou para Santa Catarina com boa frequência. Mas, de uns tempos para cá tem sido cada vez mais difícil circular pelos bairros da cidade entre o Natal e o Carnaval, época em que faz a melhor temperatura em Florianópolis para quem quer aproveitar as praias. O prestígio da ilha foi às alturas e uma avalanche de turistas desembarca de mala e cuia para as férias. Em função disso, muitos restaurantes, bares e night clubs abrem e fecham suas portas com velocidade. Mas, tem aqueles lugares tradicionais que resistem a essas ondas de verão.

Vamos à algumas sugestões deliciosas. Afinal, comer, beber e se divertir na ilha é fácil. Como se não bastassem os ingredientes fresquíssimos que vem do mar também tem a influência açoriana na culinária. Combinação perfeita. 

Ostradamus, no Ribeirão da Ilha é um dos meus favoritos e muito tradicional. As ostras são fresquíssimas, criadas nas águas que ficam em frente ao restaurante. Camarões e frutos do mar deliciosos. Mas, ele fica a 30 quilômetros do centro. É impraticável chegar lá na alta temporada. Fica na Rodovia Baldicero Filomeno, 7640. Para reservar clique AQUI.

Ostradamus.

Também em Ribeirão da Ilha, vale experimentar o Rancho Açoriano com excelentes frutos do mar. Para reservar clique AQUI.

Ribeirão da Ilha tem um astral delicioso.

Delícias Portuguesas fica numa casa antiga e graciosa no centro de Florianópolis. Ambiente rústico e delicioso. É um dos melhores restaurante da cidade para comer bacalhau. Tudo é bom. Destaque especial, na sobremesa, para a Torta de Gila e olha que não gosto muito de doces. Indico o restaurante para o almoço. Fica na Rua Visconde de Ouro Preto, 559. Clique AQUI.

Outro restaurante português gostoso é o Taberna Ibérica, também no centro. Às sextas feiras tem rodízio de bacalhau para os mais gulosos. Ideal para o jantar, pois tem visual bacana da Ponte Hercílio Luz. Fica na rua Felipe Schimidt, 1333.

Ainda no centro de Florianópolis dois lugares legais para curtir a noite são o Red Dinning e o The Roof, no Hotel Majestic.

O Bistrô e Guest House Isadora Duncan é perfeito para casais em clima romântico. O restaurante é delicioso e tem poucas mesas com uma vista incrível para a Lagoa da Conceição. Também oferece um apartamento para casais que resolvam passar a noite por ali. Para reservar clique AQUI.

Já que estamos falando em bistrô na Lagoa da Conceição vale lembrar do Bistrô Muito Além do Jardim, no Beco dos Surfistas, 39. Dê uma olhada AQUI.

Bistrô Isadora Duncan.

O Marisqueira Cintra fica no simpático bairro de Santo Antônio de Lisboa e tem um visual lindo. Destaque para o robalo no sal grosso, que é demorado mas vale a espera e para o polvo. Rua XV de Novembro, 147. Fique atento aos horários de funcionamento. O restaurante abre para almoço, fecha as 15:30 e reabre mais tarde para o jantar. Para reservar clique AQUI.

Das mesas do Marisqueira Cintra esse é o visual.

Perfeito para um almoço descontraído e para um chopp é o Box 32 do Mercado Público de Florianópolis. O lugar virou point depois da reforma. Está disputadíssimo. Vale beliscar os camarões, ostras, pastéis e tudo que der vontade. Depois circule pelo mercado que tem várias lojinhas legais.

Box 32. Sempre lotado

Um lugar muito simples que adoro é o Pescador Lobo, na Praia do Forte, no cantinho esquerdo de Jurerê Internacional. O restaurante tem mesas na areia e serve ostras, camarões e peixes super frescos. Simplicidade total.

Pescador Lobo.

Já que estamos falando de Jurerê Internacional que é a meca da badalação de Floripa vale falar sobre os Beach Clubs do pedaço que funcionam de dia integrados com a praia e de noite são restaurantes bem legais com gente bonita e muita confusão. Indicado para quem quer festa.

O 300 conheci inicialmente, em Porto Alegre e gostei muito. Agora tem uma casa em Jurerê Internacional. É um restaurante de cozinha fusion nikkei que mescla a comida peruana com japonesa. Muito bom. Para reservar clique AQUI.

300. 

O Donna Jurerê Internacional eu diria que é uma mistura sofisticada de restaurante e night club. Geralmente, as pessoas entram por ordem de chegada. Mas, não custa nada "tentar" reservar uma mesa com antecedência. Para reservas no Donna clique AQUI. Vive lotado, aliás abarrotado de gente na alta temporada. Não é um lugar para bater papo. É para jantar com som muito alto.

Donna. 

O Taikô é outro point de agito total no verão catarinense. De dia, champagne em espreguiçadeiras na praia, de noite gente bonita e jantar embalado por algum DJ. Gosto da versão dia, no Taikô.

Taikô. 

Ainda na praia, para a versão dia, tem o P12 que fica lotado com uma galera mais jovem. É um espaço lindo com piscinas e gente bonita em frente à praia. Com frequência tem festas animadas comandadas por DJ's badalados.

Para a versão noite, em Jurerê Internacional, vale conhecer a Posh Club se você quer agito e balada.

Se quiser um Beach Club onde vão os "manezinhos" escolha o Le BarBaron, na Praia Brava. Esse é para a galera da casa. Menos turístico e bem bacana.

Um bistrô novo e super simpático em Jurerê Internacional é o Jay. Guga Kuerten é um dos sócios. O ambiente é delicioso e tudo é bom. Vale experimentar. Fica na Avenida dos Búzios, 1136, numa casa toda envidraçada, linda. Faça sua reserva AQUI.

Bistro Jay.

Para finalizar, indico o Bar do Arante, em Pântano do Sul. Um lugar bem descontraído para almoçar com roupa de praia. Sem frescura e excelente. Fica na rua Abelardo Otacílio Gomes, 254. Esse não precisa reservar. É só chegar.

Pântano do Sul, essa é a praia que fica em frente ao Bar do Arante

Aqui indico apenas alguns dos tantos lugares legais que Florianópolis oferece. Esses são meus preferidos. Espero que vocês gostem.

INDICAÇÃO DE HOTEL EM FLORIANÓPOLIS

IL CAMPANÁRIO, em Jurerê Internacional é o mais simpático para o agito de verão.

Nos arredores, gosto muito do QUINTA DO BUCANERO, um hotel de charme na Praia do Rosa e recentemente fiquei hospedada no espetacular PONTA DOS GANCHOS, em Governador Celso Ramos, que recomendo totalmente.

LEIA TAMBÉM

O SUPER PONTA DOS GANCHOS
OS SEGREDOS DE FLORIPA

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Claudia, suas dicas são ótimas! Sou morador de Florianópolis e, se puder ajudar, na parte continental, há a Via Gastronômica de Coqueiros, no bairro de mesmo nome. Com muitos bares e restaurantes e gastronomia variada. Funciona melhor no final da tarde e à noite.

    ResponderExcluir
  2. Oi João,

    Obrigada pela gentileza. Citei apenas os lugares onde estive dessa vez. Gosto de ir para o continente fora da alta temporada. Nessa época é tudo muito confuso. Trânsito louco o tempo todo. Isso quando não dá nó e para tudo.

    Obrigada pela referência da Via Gastronômica de Coqueiros.

    Claudia

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!