LAKE TAHOE, UM DOS MELHORES LUGARES DOS ESTADOS UNIDOS PARA ESQUIAR


Lake Tahoe é um daqueles lugares onde a natureza caprichou de verdade. Um lago de água azul cristalina, lindo e imenso exatamente na divisa da Califórnia com Nevada. Tem mais de 100 quilômetros de circunferência. É cercado por altas montanhas que ficam cobertas de neve no inverno. É um dos destinos mais disputados dos Estados Unidos para esquiar, praticar snowboard, andar de snowshoes ou apenas curtir o astral mágico do lugar.

Pôr do sol em Lake Tahoe.

COMO É LAKE TAHOE NA PRÁTICA


Lake Tahoe é dividido basicamente em norte e sul. Cada uma dessas regiões tem características próprias e conta com excelente infraestrutura tanto para os esportes de inverno como náuticos, no verão.

Como eu estava vindo de SanFrancisco optei por ficar em South Lake Tahoe pela proximidade e facilidade de acesso, pois no mês de janeiro as estradas costumam estar com muita neve e apesar de serem excelentes, extremamente bem cuidadas, pode haver trechos bloqueados. E havia. Não consegui chegar ao Emerald Lake, que estava na minha wish list e era bem pertinho, mesmo estando com carro 4x4. Aliás, essa é uma condição fundamental para circular pela região. Não deixe de prestar atenção a esse detalhe ao alugar um carro. E dependendo da quantidade de neve, correntes nos pneus podem ser necessárias para sua segurança. Eu não cheguei a usar correntes nem em Yosemite nem em Lake Tahoe, dois lugares com muita neve onde estive durante a viagem, pois o carro era excelente e as estradas que apresentavam algum risco, estavam temporariamente bloqueadas.

Céu azul e muita neve. Combinação perfeita em Lake Tahoe.

NORTE OU SUL?


South Lake Tahoe, como o próprio nome já diz, é um simpático vilarejo na parte sul do lago onde fica a estação de Heavenly (no mapa abaixo equivale ao número 1). Foi onde fiquei hospedada e vou contar em detalhes abaixo. Essa é a região mais movimentada e mais turística, em função da dobradinha esqui-cassino. Explico melhor. De uma lado da rua é Califórnia, com hotéis baixos, típicos de montanha e um centrinho cheio de lojas com roupas e equipamentos para esportes de neve, para vender ou alugar. Um lugar acolhedor. Do outro lado da rua é Nevada com hotéis enormes e cassinos. Uma mini Las Vegas, porém menos excêntrica. Como cada estado americano tem suas próprias leis, em Nevada, as apostas estão liberadas. Na Califórnia a jogatina é proibida. Observe a linha verde pontilhada, no mapa abaixo, chamada de Stateline, que marca a divisa dos dois estados.

Entenda melhor onde ficam as estações de ski de Lake Tahoe e observe que a maioria delas fica na região norte apesar do sul ser mais movimentado. 

Como cassino não é meu forte e não curto hotéis muito grandes como os do lado de Nevada - Harvey’s, Montbleu, Horizon, Harrah’s - optei por ficar na parte californiana, ao lado da gôndola de Heavenly para facilitar a subida da montanha. Foi perfeito!

De um lado da gôndola fica o Marriott Grand Residence Club e do outro o Marriott Timber Lodge. Esses dois são os melhores hotéis para quem pretende esquiar, pela localização. Basta colocar o pé para fora do hotel e ali está a gôndola. Do outro lado da rua fica o simpático Becket, mas tem que atravessar uma rua movimentada. Ao lado do Marriott quase na esquina de Nevada fica o Lake Tahoe Resort, um hotel super movimentado e um pouco envelhecido. Mais afastado um pouquinho, de frente para o lago, está o hotel mais gracioso de South Lake Tahoe, o The Landing. Ele disponibiliza transporte para os hóspedes até o centrinho que fica a 5 quadras. É pertinho. Mas, com neve e equipamentos para esquiar toda ajuda é bem-vinda. Caminhar pelas ruas feito um astronauta não é nada confortável. Além desses, tem dezenas de outros hotéis. De todos os preços e categorias. Basta escolher o que mais se encaixa no seu perfil.

Ainda ao sul de Lake Tahoe tem outras duas estações de esqui. A maior delas é Kirkwood, com 86 pistas e 15 lifts. Já, Sierra at Tahoe é menorzinha e tem 46 pistas e 14 teleféricos. Elas equivalem aos números 2 e 3 do mapa acima.

Observe que de cada lado da gôndola de Heavenly tem um hotel Marriott. 
Eles fazem parte do centro do vilarejo de South Lake Tahoe.

Já, o norte do lago é mais procurado pelos locais. Tem bons resorts, entre eles o luxuoso Ritz Carlton, em Northstar. Essa estação de esqui tem boa estrutura para quem está aprendendo a esquiar, além é claro de ter mais de 100 pistas para todos os níveis servidas por 20 lifts, algumas com iluminação noturna. Fica entre Kings Lake e Truckee (número 12 no mapa acima).

Também em North Lake Tahoe fica Squaw Valley USA, a estação que sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 1960 e tem excelente infraestrutura com mais de 170 pistas e 29 lifts (número 6 no mapa). Assim como a anterior, ela tem iluminação noturna. Seu atrativo especial é o Starbucks na montanha. Fica entre as cidades de Tahoe City e Truckee. Tem transporte público fácil para quem prefere deixar o carro parado. 

Praticamente ao lado de Squaw Valley fica a estação de esqui Alpine Meadows (número 5 no mapa). Elas são tão próximas que fizeram uma parceria. Com o mesmo passe você pode esquiar tanto em Squaw como em Alpine. Ela tem mais de 100 pistas e 13 teleféricos em dois picos, mas não tem hotéis colados na gôndola. 

No extremo norte, já em direção a Sacramento tem outras cinco estações de esqui. A Donner Ski Ranch é uma das últimas ainda operadas por uma família com 52 pistas e 6 lifts (número 10 no mapa). Tahoe Donner tem máquinas super modernas de fazer neve artificial (número 11 do mapa). Isso garante a prática dos esportes de inverno por mais tempo do que no sul e em melhores condições em suas 15 pistas. Sugar Bowl tem 103 pistas e 13 teleféricos é muito frequentada pelos moradores de Sacramento por ser bem próxima da cidade (número 7 no mapa). Boreal também tem iluminação noturna em algumas das suas 33 pistas (número 9 no mapa). Soda Springs é um lugar bacana para quem tem filhos pequenos para brincar no parque Planet Kids, além disso conta com 15 pistas e 5 teleféricos (número 8 no mapa).

Entre Emerald Bay e Tahoe City fica Homewood (número 4 no mapa). Não é uma estação de esqui muito grande, tem 64 pistas, mas é conhecida por ter um dos visuais mais incríveis do lago.

Do lado de Nevada, ao norte do lago, ficam as estações Diamond Peak com 30 pistas lindas com vista para o lago e Mt. Rose com mais de 60 pistas e com a facilidade de ser a mais próxima da cidade do Reno que conta com um aeroporto (números 13 e 14 no mapa).

A imensidão de Lake Tahoe e suas montanhas nevadas. 

A FAMOSA ESTAÇÃO DE ESQUI DE HEAVENLY

Heavenly Mountain, que em português significa montanha celestial, faz jus ao nome. É um paraíso para os amantes dos esportes de inverno. Uma das estações de esqui mais famosas dos Estados Unidos por sua beleza. Além do visual de tirar o fôlego, ela tem o pico mais alto de Lake Tahoe (3.068 metros de altitude), a queda vertical mais longa (8 quilômetros) e dispõe de 4 estações de base em funcionamento do final de novembro até meados de abril. Mesmo que você suba por um ponto e desça por outro há transporte público disponível para auxiliar.

Subida espetacular na gôndola de Heveanly. 

A gôndola de Heavenly percorre 4 quilômetros da base do lago, em South Lake Tahoe, até o alto da montanha, com direito a uma parada no meio da subida, para se apreciar o super visual de um mirante. É incrivelmente bonito. Ao descer da gôndola, no ponto final, basta escolher uma das 97 pistas, de todos os níveis, que tem acesso por 28 lifts que permitem até que você faça um passeio da Califórnia à Nevada no mesmo dia.

Heavenly tem boa estrutura tanto para quem está aprendendo a esquiar, com professores que falam vários idiomas e pistas fáceis, como para quem domina completamente os esportes de inverno. As pistas são longas, uma vantagem que evita o sobe e desce de teleférico a toda hora.

As crianças são as grandes estrelas. Dão show. 

Mesmo que você não pretenda esquiar ou fazer snowboard vale a pena subir. O passe diário para quem vai praticar esportes é de 120 dólares e para quem quer apenas curtir o astral da montanha é 55 dólares. Para quem vai ficar vários dias vale mais a pena se informar sobre os passes anuais. O Tamarack Lodge é o restaurante que dá suporte aos visitantes.

Tamarack Lodge, um bom lugar para sentar no sol e tomar um vinho

O QUE FAZER EM SOUTH LAKE TAHOE

O vilarejo de South Lake Tahoe por si só já é uma graça e oferece muitas opções aos visitantes, além das estações de esqui. 

Pelas ruas de South Lake Tahoe. 

Em Camp Richardson, que fica a uns 10 quilômetros, é legal fazer cross country e trilhas de snow shoes (sapatos que não deixam você afundar na neve fofa). Nessa área aproveite para almoçar no Beacon Grill & Bar. Peça uma mesa no janelão de frente para o lago. O visual é incrível (melhor do que a comida, rs). Nos dias de sol, o lago fica cheio de gente passeando com os filhos e os cachorros na beira do lago. Bem animado!

Esse é o visual que se tem do Beacon Grill & Bar. 

Vá até Emerald Lake
Se tiver com tempo faça a volta no lago de carro e pare nos vilarejos.
Faça um passeio de barco pelo lago. 
Para jantar muito bem vá ao Kitchen 19 no último andar do Hotel Harvey's. Chegue antes do sol se pôr e peça uma mesa de frente para o lago. 
E, se cassino for a sua praia, aproveite!

ROUPAS NECESSÁRIAS PARA ESQUI E SNOWBOARD

  • Esquis e botas de esqui (alugar é o mais sensato para quem mora no Brasil para evitar mala pesada)
  • Bastões para esquiar chamados de pool (também alugue)
  • Gorro ou balaclava (compro o seu)
  • Capacete (alugue)
  • Óculos para neve (compre um bom)
  • Luvas impermeáveis (compre boas luvas - fundamental!)
  • Meia e camiseta próprias para esqui para colocar debaixo das roupas impermeáveis(compre as suas)
  • Calça e jaqueta impermeáveis (claro que é mais legal ter as suas com seu estilo, mas vamos combinar que enchem a mala e ocupam meio armário. Prefiro alugar)

Para praticar snowboard você precisa de botas de snow e da prancha de snow. Não precisa dos bastões. No mais, siga a lista acima. 

Não use roupas demais. Esquiar dá um calor danado!!!! 

Aluguel de roupas e equipamento ao redor de cem dólares por dia.
Uma boa saída!

COMO CHEGAR

Lake Tahoe fica na divisa dos estados da Califórnia e Nevada. 

Para quem vem de carro, a partir de San Francisco, Califórnia, o percurso tem aproximadamente 300 quilômetros e leva 3 horas e meia. As estradas são muito boas. No entanto, ao chegar perto das montanhas, as estradas vão ficando mais estreitas e cheias de curvas. 

Para quem pretende chegar de avião, o aeroporto mais próximo é o de Reno, em Nevada. Até o norte do lago a distância é relativamente curta, ao redor de 40 quilômetros. Mas, para ir até South Lake Tahoe são aproximadamente 90 quilômetros. O ideal é ter um carro para fazer esse percurso e assim ter mais independência para circular pelo lago. Caso você não queira dirigir tem ônibus para fazer esse trajeto. 

Lake Tahoe é lindo. Vale a viagem!
Se puder programe entre 5 dias e uma semana para conhecer a região.

LEIA TAMBÉM

Compartilhe:

Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada!