ARMAÇÃO DOS BÚZIOS

Por Claudia Liechavicius


De dia, biquíni, boné e muito filtro solar para circular pelas praias. À noite, roupas leves e coloridas para sassaricar pela Rua das Pedras ou cair na balada. Búzios é para ver e ser visto, mas sem chamar atenção. Agitar ou descansar. Desfrutar de uma pousadinha simples ou de um hotel sofisticado. A mistura, da simplicidade com o fashion, é a marca registrada dessa aldeia de pescadores que se revelou para o mundo pelos olhos de Brigitte Bardot. A bela se apaixonou pelo vilarejo em 1964 e de lá para cá o lugar se transformou na cidade mais cobiçada do estado do Rio de Janeiro para quem quer sair do agito da cidade grande e sentir o tempo passar lentamente em sintonia com o sol que brilha praticamente o ano inteiro.

Curtir o sossego da praia da Tartaruga no final do dia faz parte do programa em Búzios.

PENÍNSULA COM ASTRAL DE ILHA

Esse delicioso "balneário" fica na Região dos Lagos, a 165 quilômetros do Rio de Janeiro. São pouco mais de vinte praias em tons variados de azul e verde que desenham um horizonte de tirar o fôlego. Búzios é uma península de oito quilômetros com cara de ilha. Ao norte, as praias Azeda, Azedinha, Tartaruga, João Fernandes e João Fernandinho com águas mornas. Ao sul, águas mais frias nas praias de Geribá, Amores e Tucuns.

Opções não faltam em Búzios. Cada um escolhe o que prefere fazer, o que pode incluir desde uma caminhada numa praia deserta até um passeio de barco com uma galera animada.

Búzios é democrática. Tem praia e sol para todas as tribos. Numa grande faixa de areia, em Geribá, desfila a galera bronzeada e sarada. Costuma ser a praia mais lotada. Na vizinha Tucuns, dunas, água fria e mar aberto recebem quem gosta de sossego e pouca gente em volta. Ferradurinha, Amores e Azeda são as prediletas da turma que gosta de percorrer trilhas para alcançar pedacinhos do paraíso. Manguinhos é a área de quem frequenta a cidade há muito tempo e tem casa lá. Ferradura é a eleita por quem quer agito em alto estilo. É elegante. Com hotéis sofisticados e muitas opções de lazer. Já, a preferida dos turistas estrangeiros, especialmente argentinos, é João Fernandes, com muita gente e confusão. Ao lado dela, João Fernandinho prima pela calma (quando não está cheia de argentinos). Quer curtir um dia de Adão? Nudismo é na Olho-de-Boi. Escondidinha em meio às pedras. Mas, para o surfe as melhores ondas rolam na Brava. Forno e Foca são perfeitas para quem gosta de prainhas pequenas e distantes do agito. Quem procura uma programação para toda a família, mergulho para ver peixinhos e água morna tem que ir à Tartaruga. Armação e Canto são ideais para quem quer simplesmente apreciar a paisagem enfeitada por barquinhos de pescadores. Bem, mas como se isso não bastasse, além das praias, Búzios tem restaurantes maravilhosos, lojas convidativas, vida noturna eletrizante, hotéis para todos os bolsos e um astral contagiante. É por essas e outras que, segundo a Embratur, Búzios é a décima cidade brasileira mais visitada pelos estrangeiros.
.
Barquinhos de pescadores enfeitam a praia da Armação.


PARA CIRCULAR PELAS PRAIAS

Para conhecer a cidade o ideal é estar de carro. Não que a cidade seja grande, mas a distância entre uma praia e outra na hora do sol forte pode ser exaustiva. Além disso, Búzios ocupa uma região montanhosa, subir e descer por morros nativos sem calçamento cansa só de pensar. Algumas praias só podem ser alcançadas por trilhas estreitas e de difícil acesso. Para encurtar caminho os "táxis marítimos" são de grande utilidade. O preço é tabelado por uma associação local e os táxis facilitam a chegada aos cantinhos mais escondidos. Vale experimentar. É divertido, barato e muito prático.

Táxi marítimo em busca de passageiros na Azedinha.
.
Tabela de preços estabelecida pela Associação de Táxis Marítimos.

NAS PEGADAS DE BARDOT

Brigitte Bardot foi apresentada ao vilarejo de pescadores por seu namorado brasileiro Bob Zagury. Naquela época não havia quase nada por ali além de peixarias. Mas, ela revelou Búzios ao jet set internacional e por isso, a musa inspiradora ganhou uma escultura em bronze na avenida que ostenta seu nome "Orla Bardot". E assim, a cidade cresceu. Atualmente, tem mais pousadas do que os dias do ano, no entanto a Pousada do Sol funciona exatamente no local onde a diva se hospedava (sim, pois agora ela está com 75 anos e já não frequenta mais Búzios). O hotel conta, inclusive, com um badalado restaurante francês, o "Cigalon".

A estátua da musa Bardot garante boas fotos de recordação da cidade.


SARANDANDO PELA RUA DAS PEDRAS 

Centrão de Búzios. Rua das Pedras é sinônimo de badalação, crepe, vitrines coloridas, sorvete, bons restaurantes, gente bonita! Nesses 500 metros de rua tudo acontece no final do dia. Paquera, compras, boite, restaurante, bate-papo. É hora de ver e ser visto! É ali que fica o antigo Chez Michou, creperia tradicional de Búzios que vive lotada. Ao lado, lojas de grife dividem a calçada com lojinhas de artesanato, galerias de arte e sorveterias. Bons restaurantes é o que não falta. O Pátio Havana é conhecido pela excelente carta de vinhos e pelos pratos deliciosos a base de frutos do mar. O Cigalon é um francês charmoso cercado pelo burburinho e plantado na casa onde Bardot ficava hospedada. O Brigitta's serve bons frutos do mar e carnes, com bela vista para a Praia do Canto e Armação. A boite Pacha garante a animação da balada, também tem sede em Ibiza, por isso traz DJs de fama internacional para sacudir a moçada. E para refrescar, a Sorveteria Itália convida com inúmeros sabores tropicais.

Para circular pela cidade nada melhor do que roupas de praia. Para quem esqueceu do biquíni não vão faltar lojas para escolher o modelo perfeito.

Sandálias Havaianas auxiliam nas caminhadas pelas praias ou pelo centro.


SEGUINDO PELA ORLA BARDOT

Quase como uma continuação da Rua das Pedras vem a Orla Bardot, que margeia a Praia da Armação. É dali que partem barcos de passeio e atracam os cruzeiros de turismo. Também é ali que a musa Bardot, eternizada em sua escultura de bronze, guarda dia e noite os humores da cidade. O pôr do sol não podia ser mais dourado, em meio ao barulho das gaivotas. No calçadão é gente que vai e gente que vem, sem pressa. Sentar em uma mesa próxima a janela num dos tantos restaurantes espalhados pela orla é garantia de um bom fim de tarde e de boa gastronomia. Pode ser no Satyricon, no Sawasdee, no Bar do Zé ou quem sabe simplesmente tomando um sorvete na Mil Frutas. Mais tarde um pouco, a agitação toma conta da casa noturna Privilege. O bom é que dá para curtir a paz ou a bagunça. Basta escolher seu momento!

Um suco de frutas ou uma bela caipirinha não podem faltar em Búzios.


DE TURISTAS ACIDENTAIS À CINÉFILOS


Búzios tem personalidade própria. Não há quem a conheça e não queira voltar. É apaixonante. Enfeitiça seus visitantes seja pelo sol, pelos restaurantes, pelo astral ou pelo festival de cinema. Já é de lei. Todo ano acontece no final do segundo semestre o Cine Búzios Festival, uma mostra de exibições nacionais e internacionais no Gran Cine Bardot e em algumas praças da cidade. O evento atrai críticos de cinema, celebridades, intelectuais e turistas acidentais em busca de autógrafos.

ROTEIRO DAS PRAIAS DE A À Z
    Amores: fica ao lado da Ferradurinha. Tem acesso difícil. Para chegar lá é preciso ir caminhando ou de barco. É muito frequentada por casais, daí vem o nome.


      Armação: acompanha a Rua das Pedras e a Orla Bardot. É a área do agito noturno, onde ficam os restaurantes e as lojinhas. Não é muito frequentada durante o dia por banhistas, mas na hora do por-do-sol a Armação ganha reflexos dourados com barcos emoldurando o cenário.


      Azeda: era a preferida de Brigitte Bardot. Suas águas têm um tom verde claro que convida ao mergulho. O acesso é por uma pequena rua estreita a partir da Praia dos Ossos ou de táxi marítimo. É bem concorrida para o espetáculo do pôr-do-sol.




      Azedinha: cheia de pedras enormes e barcos que funcionam como bares. A praia é pequena, mas vive lotada. Fica logo depois da Azeda.




      Brava: frequentada por surfistas. Como o nome já diz é uma praia agitada, de mar aberto, com ondas fortes.




      Canto: bucólica. Cheia de barquinhos de pesca, a praia guarda a memória do tempo em que Búzios era apenas uma vila de pescadores.






      Caravelas: pequena praia de mar aberto. Tem esse nome por ter sido porto de caravelas portuguesas. Não é muito frequentada.




      Ferradura: mar calmo, águas frias e bons ventos. Costuma ser frequentada por famílias, e praticantes de windsurfe e kitesurfe. Tem este nome devido ao seu formato semelhante a uma ferradura.



        Ferradurinha: fica ao lado de Geribá. Por uma trilha localizada nesta praia, chega-se à Praia dos Amores e às Poças das Tartarugas, com piscinas naturais.

        Foca: praia pequena e acolhedora. Não tem nenhuma infra-estrututa. É afastada da confusão e costuma ficar vazia, pois o acesso é difícil. Não há placas de sinalização para chegar lá. É preciso ter um mapa para acertar o trajeto. Em dia de mar agitado é muito perigosa por causa das pedras.



          Forno: prainha simpática cercada de rochedos. Dizem que suas areias avermelhadas contêm muito ferro e no alto verão ficam tão quentes que fica quase impossível conseguir pisar nelas.


          Geribá: é a praia preferida da galera. Tem muitos bares, restaurantes, casa lindas, hotéis charmosos, música de todo tipo e gente bonita desfilando para lá e para cá. Ideal para a prática de surfe.


          Gorda: deserta e praticamente desconhecida. Tem acesso pela colônia de pescadores da Praia Rasa. Do seu lado direito tem um manguezal. A areia é amarelada e cheia de conchinhas. É perigosa para banho por ter pedras, mas algumas pessoas vão até lá para fazer caminhada.

          João Fernandes: é a praia mais procurada pelos argentinos. Dizem que no verão o idioma oficial é o espanhol.


            João Fernandinho: é uma prainha menor, anexa a João Fernandes e perfeita para quem procura sossego.

            José Gonçalves: praia virgem em área de proteção ambiental.

            Manguinhos: tem águas tranquilas, mas venta bastante. Por isso, o windesurfe e o kitesurfe são praticados ali com frequência. Os moradores antigos da cidade têm casa em Manguinhos. Ultimamente, esse canto da cidade entrou na moda. Bons restaurantes abriram suas portas por lá.

            Praia de Manguinhos traduzida pelos pincéis mágicos do mestre Armando Romanelli.

            Olho de Boi: praia de nudismo. Tem acesso difícil. É estreita e cheia de pedras ao redor.


            Ossos: é o ponto de partida dos táxis marítimos que vão às praias de João Fernandes, Azeda e Azedinha. É pequena, charmosa e cheia de pequenas casas.


            Rasa: é a primeira praia da cidade, fica bem na entrada de Búzios. É frequentada pelos praticantes de windsurfe e kitesurfe, pois venta muito.

            Tartaruga: com águas serenas e mornas, na maior parte do ano, é ideal para mergulho. Tem esse nome por ter sido usada para desova de tartarugas. As escunas de passeio costumam fazer uma parada ali para que os passageiros aproveitem as águas calmas para nadar.


            Tucuns: é uma das praias mais afastadas do centro e pouco badalada. Tucum é um tipo de palmeira encontrada na região litorânea. De suas folhas são extraídas fibras usadas para fazer redes de pesca e de dormir.


            Virgens: pequena praia de difícil acesso. Tem esse nome por ser quase intocada.



            HOTÉIS E POUSADAS


            Pousada do Sol. Funciona na casa onde Brigitte Bardot costumava se hospedar em Búzios. Fica na Rua da Pedras, 199. Telefone: (22) 2623.1249. As diárias variam em torno de R$ 300,00.

            Hotel Pérola Búzios. Hospedou recentemente o elenco da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos. Tem decoração charmosíssima, toda em branco. Fica na Av. José Bento Ribeiro Dantas, 222. Telefone: (22) 2620.8507. http://www.atlanticahotels.com.br/ Diárias entre R$ 400 e R$800.


            Insólito Boutique Hotel. Maravilhoso. Inaugurado no ano passado na Praia da Ferradura. Tem um visual incrível e quartos decorados com temas variados. Dá boas-vindas aos hóspedes com espumante. Fica na Rua E1, Praia da Ferradura. Telefone: (22) 2623.2172. http://www.insolitos.com.br/ Diárias a partir de R$ 800,00.

            Hotel Boutique Casas Brancas. Tem ótima localização e um visual privilegiado da Praia da Armação. Endereço: Alto do Humaitá, 10. Telefone: (22) 2623.1458. http://www.casasbrancas.com.br/ Diárias a partir de R$ 500,00.


            ONDE COMER

            Quintal - Restaurante do Nelsinho. É o preferido dos frequentadores assíduos de Búzios e amantes da boa cozinha. Bem escondidinho. Fica em uma casa super aconchegante, no alto de Manguinhos. Só chega lá quem recebe a informação "secreta" de um bom amigo, pois não é indicado por hotéis e pousadas nem tem propaganda em guias. Aberto para o jantar e recebe somente quem faz reserva prévia pelo telefone. O "Nhoque com camarões" é imperdível! Telefone: (22) 2623.1934 ou (22) 9976.9844 http://www.quintalbuzios.com.br/ OBS: temporariamente o restaurante está parado, pois o proprietário teve problemas de saúde.


            Bar do Zé. Fica na Orla Bardot. É um dos poucos "bons restaurantes" que abre para o almoço naquela região. Tem um visual incrível da Praia da Armação. Indico de entrada o "Ceviche de salmão" e como prato principal o "Rizoto de camarão com aspargus". Orla Bardot, 382. Telefone: (22) 2623.4986.

            Sawasdee. Comida tailandesa com toque brasileiro. Pratos leves e saudáveis que casam perfeitamente com o clima de Búzios. Abre às 18:00 hs. Orla Bardot, 422. Telefone: (22) 2623. 4644.

            Quadrucci. Depois de se firmar no Rio como um excelente restaurante italiano que esbanja em criatividade e brasilidade no cardápio, a casa resolveu se instalar no Porto da Barra, em Manguinhos, com elegância. Vale conferir seus sabores, na Av. Bento Ribeiro Dantas, 2900. Telefone: (22) 2623.6303. http://www.quadrucci.com.br/

            Satyricon. Badalado por receber celebridades com grande frequência. Serve ótimos frutos do mar grelhados. O "Pargo assado no sal grosso" foi o escolhido de Madonna. Orla Bardot, 500. Telefone: (22) 2623.1595.

            Cigalon. Restaurante francês muito simpático localizado na pousada em que Bardot se hospedava. Rua das Pedras 199. Telefone (22) 2623.0932

            Creperia Chez Michou. Tradicionalíssima em Búzios. Há anos é o ponto de encontro da galera jovem que circula pela cidade e opta por um crepe salgado ou doce. Rua das Pedras, 90. Telefone (22) 2623.2169. http://www.chezmichou.com.br/


            Bar dos Pescadores. Descontraído e com ótimos pasteizinhos para depois da praia. É frequentado por gente que conhece a cidade. Também serve peixes fresquíssimos, pois fica ao lado da Peixaria de Manguinhos, em frente à praia. Av. José Bento Ribeiro Dantas 85, boxe 7. Telefone (22) 2623.6785.

            PARA AGITAR

            Pacha. Casa noturna mais agitada de Búzios. Ruas das Pedras 151. Telefone (22) 2633.0592.

            Privilège. Se mantém firme e forte há mais de cinco anos, capricha em noites temáticas. Orla Bardot 550. Telefone: (22) 2623.0150.

            CLIMA

            A temperatura média anual é de 25 graus e o índice pluviométrico é o mais baixo do estado do Rio de Janeiro, ou seja, mais sol do que chuva. Nos meses de junho, julho e agosto a temperatura cai um pouco podendo chegar aos 17 graus. No alto verão a temperatura sobe e a cidade ferve de gente.

            Búzios é escolha certa em qualquer época do ano.



            COMO CHEGAR 

            De carro, partindo do Rio de Janeiro, são 165 quilômetros pela BR 101. A saída é pela ponte Rio-Niterói. Logo à frente, deve-se tomar a estrada em direção à Rio das Ostras à direita e andar mais 56 quilômetros. A viagem dura em torno de duas horas quando não há trânsito. Já levei mais de seis horas para chegar lá!!

            De ônibus, partindo da Rodoviária do Rio de Janeiro, a Viação 1001 tem várias opções de horários de saída com passagens em torno de R$ 25,00.

            De navio, cada vez é mais comum ver grandes embarcações de cruzeiros nacionais atracadas em Búzios. Lindo de se ver.

            De avião, a Gol e a Trip voam para Cabo Frio que fica a 25 quilômetros de Búzios. Depois, basta pegar um táxi ou pedir um transfer ao hotel (que a maioria deles providencia com facilidade).

            Compartilhe:

            COMENTÁRIOS

            1. Búzios é o que hááá!

              ResponderExcluir
            2. Claudia!

              Búzios é perfeita para mim!Não suporto praia deserta com coqueiros!Gosto mesmo é de animação,bons restaurantes e muiiiiutas lojas...hehe!
              Búzios já estava na minha listinha,mas agora,depois de ler o seu post, virou prioridade máxima numa próxima visita ao Brasil!

              Beijos

              ResponderExcluir
            3. Margarida!
              Você vai adorar. Muita gente, muitas lojas, ótimos restaurantes. Búzios tem uma energia boa demais. Vale a visita especialmente nos meses de baixa temporada, pois na alta tem confusão em excesso.
              Beijo
              Claudia

              ResponderExcluir
            4. Tá ai um lugar que quero muito conhecer!!! Tem a minha cara!!!

              águas claras, mergulho, pousadinhas de charme...hummm...

              Abs

              ResponderExcluir
            5. Carol!
              Vejo que suas viagens são quase sempre para lugares paradisíacos onde se pode mergulhar. Então, Búzios pode ser boa pedida.
              Você é do Paraná, não é? Precisa vir ao Rio para aproveitar o verão em Búzios e Angra.
              Bj
              Claudia

              ResponderExcluir
            6. É um dos locais do Brasil dos quais temos grande curiosidade em visir até porque os nossos pais já foram lá e adoraram :) Gostamos de ler a tua reportagem!
              Beijinhos e votos de boas festas

              ResponderExcluir
            7. Para fugir do frio europeu na época do Natal Búzios é boa ideia.
              A cidade brasileira com Natal mais parecido ao da Europa é Gramado. Um encanto.
              Beijinhos e Boas Festas à vocês!!!

              ResponderExcluir
            8. Uau, que super guia!! Tá completíssimo e fantástico!!

              Já estive em Búzios algumas vezes, mas sempre estadias rápidas (ou fins de semana ou paradas de navio). Foi ótimo ver as fotos de cada praia e me lembrar quais enfim eu conheço: Geribá, João Fernandes e Armação. Pelo jeito preciso voltar e conhecer o restante, cada lugar lindo, hein? Nossa, essa praia "Azedinha" parece que é show de bola!!!

              Menina, roubei essa sua foto das havaianas para mandar para minha sogra no Brasil. Aí tem exatamente um modelo que quero que ela me mande aqui em Dubai! Me quebrou um galhão! rsrs

              E o oriente médio, quando é que vc vem para o tal congresso no Qatar?

              Bjos!!

              ResponderExcluir
            9. Oi Fê!!
              Minha viagem foi adiada para fevereiro. Melhor, pois final de ano costuma ser confuso por natureza.
              Tenho uma amiga que morou em Dubai e vai umas quatro vezes por ano para essa região. Ela me dá dicas ótimas, mas agora vou contar também com sua consultoria. hehe.
              Boas Festas!!!!!
              Bj
              Claudia

              ResponderExcluir
            10. Claudia,

              Tava pensando se ia pra Buzios logo que passar essa maluquice de ano novo e teu post me animou muito!! Completasso!!
              Parabéns

              beijo

              ResponderExcluir
            11. Tiago.
              Búzios é sempre uma boa pedida. Nessa época fica bem cheia de gente, por isso é super alto astral!
              Boa viagem!

              ResponderExcluir
            12. Amo esse lugar, gosto tanto que vou duas vezes por mês. Tenho um pequeno bangalô próximo a Geribá. Foi amor a primeira vista.

              Parabéns pela matéria.

              ResponderExcluir
            13. Cacau, Búzios tem alguma coisa que enfeitiça de cara. É difícil não se apaixonar. Sempre que dá passo um fim de semana lá.
              Bj
              Obrigada pela visita e seja sempre muito bem-vinda!

              ResponderExcluir
            14. GENTE, VCS PODEM ME AJUDAR??? ESTOU QUERENDO IR DE FÉRIAS NO INÍCIO DE MAIO, SERÁ QUE CHOVE???}?

              ResponderExcluir
            15. Bem, Pauli, nessa época não costuma chover muito. Mas, é melhor você dar uma olhada em um site de previsão do tempo. Búzios é uma delícia sempre. Até com chuva.
              Beijo
              Divirta-se!

              ResponderExcluir
            16. OLá Claúdia,

              Essas dicas serão super úteis! Estou indo dia 08 para Rio de Janeiro, e de 09 a 12 irei para Búzios! Ebaaaa...

              Você vai está nesse período? Quem sabe não poderemos marcar um café?

              Ah, postei sobre os Cânions do Xingó, dá uma passadinha la..

              Beijosss

              Erika

              ResponderExcluir
            17. Oi Erika,
              Búzios sempre merece uma visita. Adoro!!!
              Em outubro, pena que não estarei no Rio. Viajo dia 7 e retorno em novembro. Voce chega antes dessa data? Se chegar será um prazer encontrar com voce!
              Vou ver seu post agora mesmo.
              Beijos
              Claudia

              ResponderExcluir
            18. Ah, Cláudia... Eu chego somente dia 08, mas não faltará oportunidades!!!!

              A gente se encontra nesse mundão! E lembre-se, quando estiver no Ceará me avisa!

              Beijos e boa viagem!

              Érika

              ResponderExcluir

            Deixe seu comentário. Obrigada!