10 DICAS PARA VIAJAR LEVE!


É hora de fazer a mala? Está com dificuldade? Calma. A vida ensina. E a gente vai aprendendo. A ordem é viajar apenas com uma mala de mão não importa o destino nem o tempo que dure a viagem. Isso não é mágica. É desapego. É evolução. É aprendizado.

Meu desapego começou há mais de dez anos numa ida à China. Era uma viagem de trabalho. Vários compromissos agendados e cadê a mala? Socorro! Simplesmente não chegou. Sem outra alternativa saí para fazer algumas compras ultra básicas e sobrevivi maravilhosamente por doze dias, com muito menos do que imaginava. Sou boa aluna. Aprendi com a vida. A partir de então, a regra mudou. Apenas uma mala de mão e não se fala mais no assunto.

Quanto mais viajo, menos roupas preciso. Isso é fato! E tudo fica mais fácil. Vai por mim. Você não precisa despachar a bagagem. Não corre o risco de chegar num lugar e ficar sem ter o que vestir. Não carrega peso desnecessário. Pode fazer voos low-cost sem preocupação com excesso de bagagem. Vai andar com facilidade pelas plataformas das estações de trem pelo mundo. Pode ficar num hotel sem elevador. Na saída dos aeroportos tem a possibilidade de usar outras alternativas de transporte que não o taxi. Não vai ter aborrecimentos ao fazer a alfândega. Só vantagens. 

Quer saber o pulo do gato? Então, vamos aos 10 passos básicos. 

1. DE OLHO NA PREVISÃO DO TEMPO. Uma semana antes da viagem inclua os locais por onde vai passar no ícone "tempo" do seu telefone celular e comece a observar as temperaturas que vai pegar. Calor? Frio? Neve? Período chuvoso? 

 Bota de chuva dobrável na mala para uma semana "molhada" em Paris

2. PESQUISE SOBRE OS HÁBITOS DO LOCAL. É bem diferente arrumar uma mala para ir para um país árabe ou para ir à Paris. Alguns lugares pedem roupas discretas. Outros, roupas mais elegantes. Outros, despojadas. Tem que fazer a mala certa! Esse é o grande segredo. 

Nos países islâmicos é preciso usar roupas mais fechadas.
Não tem como contestar. É cultural e devemos respeitar.

3. BUSQUE INSPIRAÇÃO EM UMA PEÇA OU COR PARA MONTAR A MALA. Uma dica legal, que sempre faço e funciona bem, é partir de uma fonte de inspiração para que todos os looks entrem em sintonia. Já montei uma mala inteira a partir de um colar, por exemplo. Também já optei por fazer a mala toda combinar com um casaco de couro. Assim evito carregar um monte de coisas desnecessárias. Aquelas, do tipo "e se eu precisar". Isso está fora da mala. Afinal, se eu precisar mesmo, eu compro. Então, fica combinado assim. Não carregue o armário nas costas. Também não vale ir pro shopping antes da viagem fazer compras para montar a mala. Amadorismo! 

Colar,  fonte de inspiração para montar uma mala

4. ORGANIZE ROUPAS PARA CINCO DIAS. Não importa o tempo que dure a viagem, programe roupas para cinco dias e todas elas devem combinar entre si. Assim, você acaba levando poucas peças, mas parece que tem muitas, pois tudo casa com tudo. Você deve escolher blusas que combinem com todas as calças ou saias que levar. Então, de "cinco modelitos" você pode fazer muito mais de dez. Montar a mala é como um quebra-cabeça. Opte por leggings. Evite peças volumosas. Tenha sempre um blazer e um pretinho básico.

5. CAPRICHE NOS ACESSÓRIOS. Bons acessórios valorizam qualquer roupa. Adoro lenços coloridos. Eles ocupam pouco espaço e podem ser usados no pescoço, como cinto, pendurados na bolsa ou no cabelo. Além disso, use um bom relógio, um bom anel, um bom brinco, uma bolsa bacana. Você vai se sentir bem para frequentar qualquer ambiente. Esteja sempre com as unhas arrumadas para se sentir elegante.

 Lenços sempre. Muitos.

6. LEVE SOMENTE ROUPAS QUE NÃO AMASSEM. Descomplique. Roupas que amassam fazem você parecer mal arrumada. Perder tempo passando roupa em hotel é roubada. 

7. LEVE UMA SACOLA QUE DOBRE BEM, SE FOR ÀS COMPRAS. Alguns destinos implicam em voltar com mais "tralha" do que se foi. Compras. Especialmente, nos Estados Unidos e em alguns países da Europa elas são praticamente inevitáveis. Então, leve uma sacola bem dobradinha no fundo na mala. Ela será a salvação na volta. 

8. SE SUJAR, LAVE. Qualquer hotel pode lavar suas roupas de um dia para outro. Então, não fique carregando um monte de roupas sujas. Você pode mandar lavar e usá-las novamente. Afinal. uma viagem não é um desfile de moda. Ninguém vai reparar se você repetir a roupa ou os sapatos. 

9. O NECESSAIRE. Apenas o essencial e sempre que possível opte por embalagens em miniatura. Você não precisa carregar tudo que usa em casa. Faça escolhas inteligentes.

10. ORGANIZANDO A BOLSA. Não levo carteira em viagens. Apenas dinheiro, documentos e cartões de crédito no bolsinho interno da bolsa. Ocupa menos espaço. Opto por colocar na bolsa telefone celular, carregadores, adaptador de tomada, óculos, um mini hidratante para o avião e batom.

Por incrível que pareça, dá para colocar tudo que é necessário na mala e ainda sobra espaço. Também levo o computador na mala e a câmera fotográfica, pois preciso descarregar as fotos e escrever meus textos e anotações.

Parece impossível viajar só com uma mala de mão. Mas, garanto que aos poucos você vai aprendendo o que funciona e o que não funciona em uma viagem. É realmente uma questão de prática e vontade de viajar leve. Tenta. Aposto que você vai conseguir. E vai adorar!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Arrasou, Claudia! Adorei o Post... Já viajo com mala de mão também, desde que tive mala extraviada 3 anos atrás. Mas ainda assim,vou aproveitar algumas dicas,bjs!

    ResponderExcluir
  2. Raquel,

    A gente vai aprendendo. E é muito bom quando funciona. A gente precisa de tão pouco para ser feliz!!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. concordo plenamente consigo, mt obrigo pelas "tip's".

    ResponderExcluir
  4. José,

    E, viva o desapego. Vamos viajar com o mínimo possível.

    ResponderExcluir
  5. Também sou adepta das viagens leves. Só levo a bagagem de mão, não importa o clima, o destino ou a duração. Não sei o que começou primeiro, mas esse minimalismo hoje me acompanha nas férias e no dia a dia. A gente descobre que o essencial é muito pouco. =)

    ResponderExcluir
  6. Camila,

    É muito mais fácil ser assim. Tudo fica mais leve. :)

    Bj

    ResponderExcluir
  7. Faltou a foto da tua mala de mão e bolsa

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo post. Apenas no ultimo ano, tive 3 malas extraviadas em viagens diferentes, inclusive uma ao Japão, onde só recebi a mala extraviada 5 dias depois. A mala de mão foi a minha salvação e também a minha comprovação que é possível sim, viajar apenas com a bagagem de mão. Ainda não estou viajando totalmente com a mala de mão, mas estou chegando lá.... Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. Soraya,

    Isso acontece a toda hora. Como viajo muito já tive esse problema várias vezes. Algumas delas nunca mais vi a mala. Noutras vezes me entregaram no final da viagem ou devolveram na minha casa após meu retorno. Muito chato. Por isso, vai tudo comigo. Rs.

    Mais fácil. Prático. Leve. Sem susto.

    Bj

    Claudia

    ResponderExcluir
  10. Sou exatamente assim! Se viajo sozinha, vou de mala de mão com tudo, incluindo look pra sair à noite. Se viajo com meus filhos, vamos de mala média pra nós 3. O mais engraçado é que sou considerada uma ET.... Agora sei que sou totalmente normal!! Kkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Claudia, tudo bem? Post maravilhoso meu projeto nº 01. Quando viajei para o RJ fui só com uma que não precisei despachar, adorei. Quero ver para a próxima for do BR consigo fazer assim, também. Claro gostaria de ver a foto da tua mala. Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Sônia,

    Minha mala é pequena, colorida, com 4 rodas, dura. Não tenho foto. Vou tirar uma e acrescentar no post.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Oi Claudia. Faço exatamente isso quando viajo. Já viajei muito somente com bagagem de mão, mas viajando com filhos, sempre despacho. Sou uma pessoa de sorte, nunca tive uma mala extraviada. Bj

    ResponderExcluir
  14. No aguardo da foto da tua mala.
    Já estou procurando uma de bordo dentro daquelas medidas.
    As rodinhas da tua mala são 360º?
    bj

    ResponderExcluir
  15. Sônia,

    Procurei muito uma foto minha com a mala para colocar na matéria, mas não achei. Minha mala é uma super colorida Heys com design by Romero Brito. Tem 4 rodinhas giratórias 360 graus, tem fechadura com segredo de 3 dígitos e mede 55 x 35 centímetros.

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Zudi,

    Com filhos pequenos é mais complicado. Os meus já cresceram e também levam pouca bagagem.

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Claudia, eu fiz um mochilão e sobraram 3 camisetas e 1 calça sem usar. A partir disso eu tinha certeza de que só viajaria pra sempre com mala de mão, mas acabei vendo em alguns lugares que para levar bagagem de mão, a mesma precisa ter até 5kg. Isso é verdade? Me explica, por favor? Acabei comprando uma mala semi rígida, tamanho médio, por falta de outras informações e receio de passar apuros com a mala pequena ter que ser despachada.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana,

      Verdade. Depende muito do astral do atendente no check in. Costumo viajar de business. Isso facilita tudo. Mesmo assim algumas pessoas implicam e fazem despachar a mala.

      Mas, isso acontece em menos de 10% dos voos. Para driblar esses chatos de plantão faço o check in previamente pela internet e nao tenho problema nenhum.

      Bj

      Claudia

      Excluir
  18. Claudia!muito util suas dicas!gosto muito de viajar mas sempre levo muita coisa e acaba voltando muitas pecas sem uso!O problema eh que nao sei combinar as pecas e acabo levando o guarda roupa inteiro!e sempre eh a mesma coisa prometendo que na proxima viagem levo menos mas acabo levando muito!!vou viajar em marco novamento e tentar levar o necessario!!como faco p/ saber as combinacoes? Eh Salvador clima quente 10 dias . Me ajude por favor

    ResponderExcluir
  19. Oi Claudia,adorei suas dicas de como arreumar uma mala de viagem..Viajo muito e percebi que carregava muita roupa,hoje tenho diminuido bastante o volume mas acho dificil pq viajo sempre para lugares frio.Minha viagem é de aproximadamente de 15 à 22 dias,vc pode me orientar quantas peças devo levar? Grata
    Mary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mary,

      Acabei de voltar de uma viagem de 18 dias pela Europa. Peguei temperaturas entre 0 e 15 graus e só levei uma mala de mão.

      Costumo escolher uma cor básica que combinar com tudo. Dessa vez levei um casaco preto.

      No frio, se você vai andar muito pela rua precisa levar camisetas coladas ao corpo. Se for para neve, leve camisetas térmicas. Costumo levar sempre duas pois lavo essas peças pequenas todos os dias. Assim, consigo ter uma mala enxuta. Meia-calça também é importante. Calças tipo legging não ocupam espaço e são quentes. Com uma meia-calça por baixo ficam perfeitas. Além disso, levo algumas camisas coloridas (3 ou 4) de tecidos que não amassem, duas blusas mais quentes para usar por cima e pronto. Sapatos levo apenas dois. Um no pé e outro na mala.

      Para enfeitar, lenços coloridos.

      Super fácil.

      Beijo e boa viagem.

      Excluir
  20. Vc poderia dizer a marca daquela bota de chuva dobrável? Eu super preciso de uma!! Obrigada

    ResponderExcluir
  21. Oi Claudia!
    Nossa, estou morrendo de orgulho aqui, porque vi que estou no caminho certo! :)
    O nível "só mala de mão" tem aparecido nas minhas viagens mais recentemente, mas faz muito tempo que uma peça do nível "se eu precisar" não entra. Tem que preencher muitos requisitos para fazer parte da mala de viagem, hehe..
    É realmente muito bom! E o marido adora, hahaha!
    Também adoro acessórios para acender o look e aproveito para comprá-los nos destinos onde vou, aí eles já cumprem o papel de lembrança de viagem também. :)
    Beijos!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!