STRATFORD UPON AVON - TERRA DE SHAKESPEARE


Stratford é um daqueles lugares que não podem faltar numa visita ao Reino Unido, especialmente para os amantes da dramaturgia (como eu). Afinal, foi o berço de ninguém menos do que William Shakespeare. Ele nasceu no dia 23 de abril de 1564, por coincidência "dia de São Jorge", e faleceu em 1616, mas continua vivo na memória literária e na vida bucólica do vilarejo.

O nome do hotel: Mercure & Shakespeare. Stratford vive em função do filho pródigo.

ANTES DE WILLIAM

A princípio, de 690 a 714 d. C., Stratford era um feudo do bispado de Worcester. Rapidamente  prosperou por ficar em uma rota romana e se tornou um ponto comercial importante da região. A população vivia sob a guarda da Guilda da Santa Cruz que tomava conta dos enfermos, administrava a escola, ditava as regras religiosas, indicava os governantes e dava suporte social aos moradores. Assim viveu feliz até o século XIII quando uma reforma fechou a igreja e confiscou suas propriedades. Então, os governantes conseguiram com que Stratford fosse incorporada ao burgo real para manter a força do comércio local. Mas, em 1553, a rainha Maria Tudor restituiu o catolicismo à nação e Stratford foi o centro de muitas controvérsis religiosas passando a constar no Livro dos Mártires, de John Foxe, como o centro da fogueira de mártires. A confusão continuou até 1558 com a ascenção da rainha Elizabeth I ao trono. Então, novos líderes subiram ao poder e o pai de Shakespeare - John Shakespeare - assumiu o cargo de conselheiro das finanças de Stratford. A paz voltou a reinar e não demorou muito para que o grande gênio da dramaturgia começasse a escrever ali, naquelas ruas, a sua história.

Fachada de um dos pubs mais antigos de Stratford.

DEPOIS DE WILLIAM

Hoje, a pequena cidade de Stratford-upon-Avon, no condado de Warwickshire é o santuário do poeta e dramaturgo, William Shakespeare. Respira sua vida e sua obra por todos os cantos.

Para começar compre um ingresso para seguir as trilhas percorridas por Shakespeare. O valor é 21.5 pounds para adultos e dá direito a visitar os cinco principais pontos de interesse da cidade, para entender a vida naquela época:

  • Shakespeare's Birthplace
  • Nash's House & New Place
  • Hall's Croft
  • Anne Hathaway's Cottage
  • Mary Arden's Farm

A casa onde ele nasceu e viveu até seu casamento - Shakespeare's Birthplace - na Henley Street, é um bom ponto de partida para se explorar essa charmosa cidade-mercado da Era Tudor. Ela foi inteiramente reconstruída no final do século XIX, mas mantém à risca o estilo arquitetônico da época de sua construção que aliás salta aos olhos de qualquer desavisado, com paredes em tons claros e vigas de madeira aparente. Um charme.

Na primeira sala, um video conta um pouco sobre sua vida e obra. A seguir, um tour pela casa leva ao centro de seu universo. A casa é um museu, com mobiliário que reproduz cenas da época de Shakespeare. Algumas encenações são feitas nos aposentos. Bastante interessante.

Casa onde Shakespeare nasceu.

 Quarto de Shakespeare.

Sala de jantar da família Shakespeare.

A seguir andando mais dois quarteirões está o local onde Shakespeare passou seus últimos dias, ao lado da casa onde viveu sua neta - Nash's House & New Place. O nome da residência - Nash - foi dado em homenagem ao primeiro marido da neta de Shakespeare que ali morou. A casa não é tão grande como a anterior, mas seu jardim é o ponto alto. O interior não pode ser fotografado. Contígua à ela, fica a área onde o dramaturgo faleceu, mas a casa não existe mais, são apenas escavações a caminho de se tornar alguma coisa que não sei o que é.

Das três casas de Shakespeare que ficam no centro da cidade, essa é seguramente a menos interessante (até porque a casa em si não existe mais, apenas os alicerces).

Nash's House & New Place.

Mais duas quadras e se chega a Hall's Croft, casa da filha de Shakespeare, Suzana. Ela casou com o médico John Hall de onde vem o nome da residência, que é muito charmosa. Seu jardim é encantador, repleto de ervas medicinais e em uma das salas há uma exibição com os instrumentos médicos dos séculos XVI e XVII.

Hall's Croft.

Bem mais distante, em torno de dois quilômetros fica a casa onde morava a mulher de Shakespeare Anne Hathaway, quando ainda era sua noiva. A propriedade sofreu um incêndio em 1969, mas foi restaurada e conserva a ambientação típica do século XVI.

O quinto ponto a ser visitado é a Fazenda de Mary Arden, uma propriedade rural em funcionamento com atividades que remetem à Era Tudor. Ela fica distante uns 3 quilômetros do centro histórico. Para chegar lá caminhe, vá de taxi ou de ônibus turístico.

O ônibus turístico pode ser uma boa opção para circular pelos locais mais distantes do centro.

Outro local que não dá para deixar passar em branco é o Royal Shakespeare Company - um grupo teatral que encena principalmente as peças de Shakespeare, mas também outras tragédias gregas, comédias e obras contemporâneas. O prédio é todo feito em tijolos e praticamente não tem janelas. Foi feito em 1986 reproduzindo um teatro elizabetano.

 Muitas peças estreiam em Stratford, no Royal Shakespeare Theater, 
antes mesmo de serem levadas aos teatros de Londres.

A localização do teatro não poderia ser melhor. Às margens do rio Avon, de frente para um gramado lindo, Bancroft Gardens. No verão é enorme a quantidade de pessoas caminhando por ali, fazendo pic nic, andando de barco ou pedalinho no lago. Uma delícia. Verão na Europa tem um ótimo astral.

O Canal de Stratford , em frente ao Royal Shakespeare Theater, tem uma represa do século XV.


Às margens do rio Avon, Bancroft Gardens convida ao "dolce far niente".

Ao fundo, a torre da Holy Trinity Church igreja onde Shakespeare está enterrado.

ALÉM DE WILLIAM

Na verdade, eu diria que tudo na cidade remete de alguma forma à Shakespeare. Mas, nada como circular sem pressa pelas ruelas de Stratford, sentar para tomar um café, ver a vida passar e se deleitar com a arquitetura em estilo Tudor. Os turistas que chegam de manhã em excursões vindas de Londres tipo "Day Trip" vão embora às 17:00 horas e então a cidade fica bem mais tranquila. Hora perfeita para ter a cidade a seus pés sem briga...

Ande pela rua Henley cheia de lojinhas e cafés instalados em casas antigas e tão bem preservadas. 

Lojas e casas da Henley Street, Stratford.

Depois, explore com calma a High Street, Chapel Street, Church Street e observe as fachadas maravilhosas das casas; a Town Hall - prefeitura construída em 1767; o pub mais antigo da cidade; Nash House; Capela da Guilda e a escola onde acredita-se que Shakespeare tenha estudado - Edward VI Grammar School.

Prefeitura de Stratford, na Chapel Street.


 Casas em estilo Tudor nas ruas High, Chapel e Church, em Stratford.

Edward VI Grammar School. 


Ao fundo a Capela da Guilda e ao lado a escola Edward VI Grammar.

Então, vá pela Old Town que tem uma avenida de limoeiros até o rio Avon e sente sem pressa nos jardins de Bancroft. E, se for dormir na cidade, vá ao teatro!!!

COMO CHEGAR

De carro, a partir de Londres são duas horas e meia. Também dá para ir de trem (que para bem pertinho do centro) ou em uma "day trip" a partir de Londres que geralmente é  conjugada com o Warwick Castle ou com uma parada em Oxford.  Não importa o modo de chegar lá só não deixe de ir. A cidade é uma graça!!!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Eu adorei rever Stratford-upon-Avon, através das suas imagens e descrições.

    Fez-me recordar, num misto de emoções muito agradáveis, quando visitei esta cidadezinha acompanhada pelos meus pais, num dia também bastante ensolarado de Verão.

    Muito obrigada também por isso, por avivar as minhas recordações.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Turista,

    Essa cidade é muito charmosa. Foi a segunda vez que estive lá e no verão achei seu humor melhor! rs

    As fotos com céu azul são incomparáveis. A vida da cidade com tanta gente circulando é fantástica, apesar da multidão que se esbarra.

    Estive lá com meu filho e vou guardar essa viagem na memória, assim como você com seus pais.

    Um beijo


    ResponderExcluir
  3. Era uma das cidades que queria ter visitado quando estive no ano passado na Grã-Bretanha, mas não tempo para visitar tudo né?
    Mas adorei seu post e as fotos estão lindas!

    Meu blog (se puder deia uma espreitadela):
    www.viajarso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Marta,

    É sempre bom deixar alguma coisa para volta. hehehe.
    Mas, considera conhecer a cidade que é linda!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Claudia,

    Parece uma cidade de bonecas!!!

    Fotos espetaculares, como de costume.

    Bjs,

    Andressa

    ResponderExcluir
  6. Andressa,

    É quase uma cidade cenográfica. rs

    Linda mesmo!!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Uau ameeei, com certeza na minha proxima ida a Londres incluirei no roteiro ;) e como sempre belas fotos ... bjsss

    ResponderExcluir
  8. Gabi,

    Cidade fofíssima. E, fui muito bem acompanahada. Imagino que eles tenham contado sobre nossas andanças pelo Reino Unido.rs.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. aldema ( www.correndomundo.blogspot.com )29 de agosto de 2012 12:38

    Como sempre , perfeito e...lindo!Comovente.Beijos

    ResponderExcluir
  10. Aldema,

    A viagem foi perfeita. O melhor de tudo foram minhas companhias. Eles aproveitaram muito e me deixaram feliz demais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Querida Cláudia:
    Teus posts sobre a Inglaterra estão fantásticos .Adorei ,em especial, este sobre Stratford upon Avon que visitei há uns 30 anos ! Está na hora de voltar lá !
    Bjs
    MT

    ResponderExcluir
  12. MT,
    Essa ė a segunda vez que vou a Stratford e se puder voltarei, pois gosto muito. A cidade tem uma arquitetura que enche os olhos. Linda mesmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Claudia, que lugar lindo e fotos idem!!!!!Eu tenho vontade de conhecer essa cidade desde a época em que fazia faculdade de Letras (Inglês e Literaturas Inglesa e Americana). Nossa, adoro cidades assim com passado medieval!!!! Menina, que céu azul lindo!!!! Nossa, me transportei pra lá! Uma viagem que eu e o Marcelo queremos muito fazer é passar vinte e poucos dias na Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales. Deve ser interessantíssimo! Viajar é bom demais, né? E seus relatos de viagem são super estimulantes! Um beijão!

    ResponderExcluir
  14. Katia,
    Fiquei um mês em Londres e de lá consegui circular por alguns dos lugares que tive vontade. Apenas alguns, pois tem muita coisa linda nessa região e eu sempre tinha que voltar para Londres, pois era onde estava hospedada.
    Cotswolds é a parte rural da Inglaterra. Maravilhosa. Cada cidade mais encantadora do que a outra!!!! Também consegui ir ao País de Gales, mas Irlanda fiquei devendo. Da próxima vez quem sabe?
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. olá Claudia!

    Apenas para a informar que coloquei ontem (03.09.12) um desafio de Natal no meu blog.

    Caso tenha disponibilidade, oportunidade e interesse, passe pelo meu blog para descobrir do que se trata.

    Talvez queira participar também...

    Beijinho

    ResponderExcluir
  16. Claudia

    Voltei dos Estados Unidos...foi uma viagem incrível,vamos ver quando vou ter tempo para contar tudo lá no Blog...acho que vou levar um ano...hehe

    Fiquei 2 dias em Stratford-upon-Avon quando visitei Cotswolds...é linda!! Adorei relembrar a cidade vendo as suas fotos fantásticas...

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Turista,

    Vou lá com certeza. Estou sem tempo nenhum... Ai...
    Mas, quero participar sim!!!!
    Vou te visitar ainda hoje.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Margarida!

    Voltou das férias. Que bom. Imagino que tenha sido perfeito!!!!
    Estou indo para lá amanhã. hehe
    Por pouco não te encontro.
    Espero para ler os relatos todos. Tem algumas cidades que ainda não conheço do seu roteiro. Estou ansiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Adorei a dica que vc me deu!! Já mudei no blog!!

    ResponderExcluir
  20. Adriana,
    Vai ficar mais fácil para fazer buscas por países. Voce tem relatos muito legais.
    Parabéns pelo blog.
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Adriana,
    Vai ficar mais fácil para fazer buscas por países. Voce tem relatos muito legais.
    Parabéns pelo blog.
    Bj

    ResponderExcluir
  22. Lindas fotos, como sempre!! Como você disse, realmente o sol faz toda a diferença!!! Bjs

    ResponderExcluir
  23. Claudia, adorei o seu blog! Vou passar 1 mês em Londres ano que vem, e comecei agora a fazer o roteiro da minha viagem, seu blog serviu como ótima base! Esses passeios de excursão onde podemos visitar várias cidades em um mesmo dia, você tem alguma dica, alguma empresa que faça este serviço para indicar? Bjs!!

    ResponderExcluir
  24. Mariane,

    Basta entrar em qualquer hotel de bom padrão e pedir um folder com as "Day Trips".

    São muitas opções e se preferir dá para ir a muitos lugares de trem.

    O Reino Unido é fantástico!!!! Adoro!!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Oi Claudia, eu aqui de novo!! Como notou mudamos nossos planos...a Escandinávia vai ficar para depois, pois os amigos que iriam com a gente não poderão mais viajar e pediram para adiarmos a viagem então...como queremos viajar estamos pensando em levar os meninos para conhecerem a Inglaterra, Escócia e País de Gales. Lógico que vim correndo aqui para ver seus posts maravilhosos!!! E te "explorar" um pouquinho!! rsrs Considerando que estarei com 2 crianças (9 e 5 anos)o que vc acha deste roteiro? Alguns dias em Londres, ainda não decidimos quantos, pois nós já conhecemos bem mas os meninos ainda não conhecem ! Depois os bate e voltas:
    Londres - Dover - Leeds Castle - Canterbury - Rye ( no mesmo dia ou vale separar em dois por causa das crianças?)
    Bath e Bradford-on avon ( 1 dia)
    Stratford-on-avon e Oxford (1 dia)
    Stonehegen - Salisbury (1 dia)
    País de Gales - Cardiff (1 dia de trem) Vc reparou que "copiei" seu roteiro, né?? rsrs
    Depois queremos conhecer a Escócia, mas não sei o que será mais interessante para as crianças, vc pode me ajudar?? Desde já te agradeço!! E peço desculpas pela "exploração"!! rsrs Bjks Bia

    ResponderExcluir
  26. Bia,

    Mudanças de planos são uma constante na vida dos viajantes. rs

    Londres para crianças é muito legal. Tem muitas coisas para se fazer com os pequenos. Meus filhos adoram.

    Bem, quanto ao trecho Londres - Dover - Leeds Castle - Canterbury - Rye acho bem puxado com crianças. Eu fiz isso tudo num dia com motorista e apenas com meu marido e voltamos exaustos.
    Dover para eles não tem muito encanto. Leeds Castle é legal e talvez conjugando com Canterbury seja de bom tamanho. Rye também é pequenina, interessantíssima sob o ponto de vista histórico, mas não sei se para os pequenos...

    Bath e Bradford dá para fazer em um dia, também puxado. O ideal é ir até lá, passar o dia, dormir e na volta conhecer outras coisas por perto. Pois, Stratford é bem próxima e Oxford é caminho. Não vale a pena num segundo dia trilhar toda essa estrada outra vez. Eu estava com tempo de sobra. Fiquei 40 dias na Inglaterra com base em Londres.
    Em outra vez que fiz essas cidade dormi por lá e foi mais legal.
    Stonehenge e Salisbury é perfeito para um bate e volta.
    País de Gales também.
    Já, Escócia precisa de pelo menos dois dias dormindo lá. É belíssima. As crianças vão gostar do astral.

    Espero ter ajudado.

    Beijo

    ResponderExcluir
  27. Oi Claudia, voce realmente é muito gentil!! E eu sou uma chata, né?? Já estou te incomodando de novo!! rsrs É que apesar de conhecer bem Londres nunca viajei pelos arredores e estou um pouco perdida!! Não tenho muita noção das distâncias! Achei que poderia ficar baseada em Londres e fazer os bate e voltas, mas vi que será puxado para os meninos, né? Se bem que a família gosta de uma estrada! Em junho andamos 2.500km de carro em Portugal ( com só 2 bases: Porto e Lisboa, a viagem foi ótima!!) Bom...o que vc acha de ficarmos alguns dias (quantos?) na região de Costwolds? O que valeria a pena conhecer nos arredores? Pensei em ficar em Chipping Campden que li que é uma graça. Tem indicação de hotel? Para conhecer Bath é melhor ir de Londres? Em Edimburgo vamos ficar alguns dias agora não sei é melhor ir lá primeiro, depois Costwolds e deixar Londres para o final ou o inverso!! O que vc acha melhor? Desculpe a "exploração" estou até envergonhada mas é que gostei muito dos seus relatos e acho que temos o mesmo gosto para viagens( que pretensão a minha, né?? rsrs) Por último...estou te seguindo no instagram, vc foi mordida por uma capivara em pleno RJ?????? Fiquei horrorizada!! Moro em Itaipava e aqui em Petrópolis tb tem muitas capivaras mas elas são boazinhas, não mordem ninguém!!rsrs Mais uma vez, um milhão de obrigadas!! Bjks Bia Botelho

    ResponderExcluir
  28. Bia,

    Teoricamente, tudo é perto. As distâncias em quilômetros são pequenas. Mas, só a saída de Londres já consome uma hora. Depois começa a contar a estrada. Por isso, fica cansativo.

    As cidades de Stratford, Bath e Oxford fazem um anel ao redor de Cotswolds. Qualquer cidade por ali é ótima para ficar. Bath tem bom hotéis. Nas outras cidades eles são bem mais simples.

    O ideal é começar por Londres, pois é onde desce o avião. Fazer um bate e volta para o leste e depois ficar por três ou quatro dias do lado oeste (Cotswolds). Dali, dá para ir à Edinburg de trem. Que não é muito longe. Lá, carro não faz muita falta. Aliás, em Londres também não. O metrô é um dos melhores do mundo. Mas, para circular pelo interior é bom ter um carro. Vale lembrar que a mão é inglesa e muita gente se sente insegura para dirigir. Nesse caso, um carro alugado com motorista pode ajudar, pois para fazer o interior sem carro... só com excursão (que eu, particularmente, não gosto).

    É um prazer poder te ajudar.

    Beijos

    Claudia

    ResponderExcluir
  29. Oi Claudia, já estou até sem graça de fazer comentário no seu blog!! Primeiro quero te agradecer pela imensa paciência e gentileza que está tendo comigo! Vc é um encanto!! Acho que estou conseguindo montar o roteiro mas queria a sua opinião, se possível, é lógico! Meu filho mais velho quer conhecer Paris então vamos antes a Paris (por isto cortamos País de Gales), depois pegamos um trem para Londres (eles vão adorar esta parte!) onde ficaríamos alguns dias ( sem carro lógico!) e como estou encantada com a região de Costwolds queríamos alugar um carro e partir para aquela região, talvez ficando em Stow ou Chipping Campdem, Bourton-on-the-water (qual vc sugere?), ainda não decidimos...uns 3 dias por lá e depois pegar um trem de Birmingham (onde deixaríamos o carro, pois vi pelo viamichelin que é relativamente perto de Stow)para Edimgurgo, onde tb com carro alugado ficaríamos uns 3 ou 4 dias, vc acha pouco? Dá para se virar bem de carro lá? O que vc achou do roteiro? Te agradeço muitíssimo!! Beijos, Bia

    ResponderExcluir
  30. Bia,

    Todas essas cidades são fofíssimas e perto uma da outra. Stow é mínima, não tem hotéis muito legais. Bourton-on-the-water é a maior, talvez tenha hotéis mais interessantes.

    Dormi em Stow, mas só parei para dormir e segui. Então, mesmo não sendo um super hotel foi interessante. Escolhe onde ficar pelo hotel, pois é tudo muito pertinho. Bath tem um ótimo que é Relais & Chateaux, o Royal Crescent. Não sei se é o que vc quer com crianças.

    Beijo.

    Claudia

    ResponderExcluir
  31. Claudia, você é realmente um encanto!! Thanks a lot!!! Bom carnaval!! Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  32. Olá.
    Descobrir seu site , navegando na Internet .
    Gostaria de tirar algumas dúvidas.
    Estarei em Londres, em Setembro, ficaremos em Russel Square.
    Eu e minha amiga , gostariamos de fazer alguns Day Trip. Pensamos em 1- Stratford -Upon- Avon -
    De onde estamos,Metro Russel Square, Como ir de Trem, em qual estação pegamos o trem ? Quanto tempo de viagem ? Idéia do preço da passagem?
    2- Windsor - as mesmas perguntas para Windsor
    Muito obrigada . Parabéns pelo site . Aguardo sua resposta em breve .
    Norma

    ResponderExcluir
  33. Norma,

    Os hotéis sempre indicam Day-Trips. Dá para ir de trem por conta própria. Cada cidade tem a conexão do trem com um local diferente, por isso tem que se informar sabendo exatamente para onde vc vai e o dia. Basta procurar na internet. Mas, é mais fácil sair diretamente do hotel em passeios de um dia, de van ou micro-ônibus. Mais prático e talvez até mais barato. Esses pacotes são baratos.

    Boa viagem.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Obrigada!