O PRAZER DE VIAJAR


Viajar faz parte da minha vida e tenho certeza de que da vida de muitos de vocês também. Viajo desde criança quando flanar pelo mundo nem era assim tão fácil como hoje. Não havia a internet para auxiliar, não havia telefone celular, nem o bendito GPS. Hoje tudo está mais fácil. Que maravilha! Afinal, para quem tem espírito aventureiro e alma cigana, viajar é preciso! Pode ser uma viagem a trabalho, para conhecer um novo destino, para descansar, para curtir a família, para namorar, para comemorar uma data importante, para repensar a vida. Não importa o motivo. Toda viagem diverte, nos enriquece e renova a energia.


Khiva, Uzbequistão. 

Numa viagem andar na chuva é divertido, comer batata frita não dá culpa e experimentar um espetinho de escorpião faz parte do programa. Numa viagem dá para caminhar sem rumo, passear de camelo, dirigir em mão inglesa, andar de balão e, até acordar por livre e espontânea vontade, sem o barulho do despertador. Pois, viajar é sentir a vida pulsando por outros prismas. Sem pudores. Com novas tintas. Viajar nos transforma, nos desafia.

Capadócia, Turquia.

Quando nos misturamos à multidão sentimos que somos apenas uma gota no oceano. As perspectivas se ampliam. Há uma renovação. E a distância que se percorre não é o que importa. Pode ser uma viagem à Finlândia, Salvador, Pequim ou àquela cidade pertinho da sua casa. O que importa é que ninguém volta igual.

Agra, Índia.

Viajar não é simplesmente ir de um lugar para outro. Significa muito mais do que isso. É olhar a vida por outros ângulos. É experimentar o novo, o inusitado, o diferente. É sair da rotina. Quebrar paradigmas, derrubar preconceitos, mergulhar em novos conceitos. É viver em outros horários, ouvir idiomas indecifráveis, sentir outros cheiros.

Lapônia, Finlândia.

E, é incrível como cada um faz a “sua” viagem! Mesmo que duas pessoas tenham ido juntas, trilhado as mesmas calçadas, cada uma vive aquele momento de acordo com a sua história de vida. Com as suas percepções. Com seus olhares. Cada viagem é única. Singular.

Yosemite, Estados Unidos.

Mas, para isso é preciso de desprendimento. Ter um modo flexível de ser faz parte da vida de quem está com a mala sempre pronta. Estar preparado para ver nas entrelinhas, sair da observação banal e, assim, aprender com o mundo.


Machu Picchu, Peru.

Para conseguir trazer boas lembranças na mala é preciso saber gerir sua experiência de tal modo que ela garanta bons frutos. Entregue-se sem preguiça, com leveza nas expectativas e sem tabus quanto às barreiras culturais que inevitavelmente aparecerão. A recompensa será enorme. A bagagem virá carregada de boas histórias.

Tahaa, Polinésia Francesa. 

Saiba que a paixão que uma viagem desperta depende muito mais da sua disposição mental do que do destino em si. Então, abra-se. Deixe o novo bater à sua porta. Solte suas amarras e se jogue num mundo de possibilidades infinitas.

Innsbruck, Áustria. 

Leve a alma para passear. Permita-se descobrir novos mares, antigas civilizações, povos exóticos, culturas misteriosas, lugares remotos. Pois, viajar pode se traduzir num grande prazer!

Siem Reap, Camboja.

Deixo com vocês uma frase de autor desconhecido com a qual tenho certeza de que vocês vão se identificar:

Se algo de bom acontecer viaje para comemorar!
Se algo de ruim acontecer viaje para esquecer!
Se nada acontecer viaje para que algo aconteça!

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Sensacional... fotos maravilhosas. Parabens pela alma de viajante que tanto nos inspira a viajar mais e mais. Abraços de sua seguidora, Ju Assreuy

    ResponderExcluir
  2. Texto lindo.Perfeito. Sou tua seguidora. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aldema querida.

      E eu sou sua seguidora. Compartilhamos da mesma paixão pelo mundo.

      Beijos

      Excluir
  3. Olá!
    Vou dar uma "vasculhada" na página para ver dicas para viajantes iniciantes. rsrs
    Parabéns, você deve ter muita história para contar! Muito bacana.
    Um abraço
    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz,

      Espero que você encontre inspiração nessas páginas.

      Ótimas viagens.

      Excluir
  4. Adoro ler as suas palavras, a essência e pureza no modo que transmite as suas vivências. A Cláudia é uma inspiração! Parabéns pelo seu trabalho e pela bela filosofia de vida! ! Um beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      Que gentileza. Você deixou meu dia mais feliz.

      Um beijo e ótimas viagens.

      Claudia

      Excluir
  5. Adorei esse texto! Sem dúvida que viajar é das melhores coisas que podemos fazer na vida, cura tudo e apenas acrescenta mais a nossa "bagagem" pessoal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!
      Viajar faz bem para a alma.
      Obrigada pelo comentário.
      Volte sempre.
      Beijo

      Excluir

Deixe seu comentário. Obrigada!