LOCOROTONDO E CISTERNINO, OS BORGOS MAIS BONITOS DA PUGLIA


O que essas duas cidades têm em comum são as muralhas, as ruas estreitas, os sobrados pintados de branco, muitas flores, bons vinhos, o azeite, a serenidade, a influência grega e a localização. Elas ficam na Puglia, no salto da bota, no mapa da Itália, pertinho de ALBEROBELLO

Locorotondo fica a 9 quilômetros de Alberobello e Cisternino a 18 quilômetros. Muito próximas. Fácil para fazer um bate-e-volta se você estiver hospedado na espetacular cidade de Alberobello, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Para saber os detalhes do meu roteiro de uma semana em Roma e sul da Itália clique AQUI. 

Locorotondo

O centro histórico de LOCOROTONDO fica no topo de uma colina e tem fama de ser um dos mais bonitos da Itália. Seu nome dá pistas da configuração da cidade. Loco = lugar + rotondo = redondo. Então, dá para imaginar o charme desse "Lugar Redondo" todo cercado por muralhas. No interior se esconde uma cidade repleta de casas brancas, com balcões floridos e ruas estreitas pavimentadas com pedras, por onde circulam apenas pedestres.

O branco domina as vielas de Locorotondo

Há indícios de que a cidade tenha essa formação desde 1086. Mas, além de suas muralhas, Locorotondo se espalha por 140 distritos que produzem bons vinhos brancos. Mas, mantém os ares de outrora. É pacata. Tem apenas 13 mil habitantes.

Uma boa ideia é almoçar em Locorotondo em algum restaurante da Via Nardelli tendo o visual do Vale da Itria à sua frente e provar o vinho local.

Há muitos restaurantes em Locorotondo para você experimentar os vinhos da região.

Enquanto isso, vale curtir o visual que cerca o borgo medieval.

Depois, perca-se pelas vielas esparramadas ao redor da Piazza Rodio, visite as tantas igrejas escondidinhas por ali. A Igreja Madre e a Anunciação são geminadas, também procure a San Nicola, a Dell"Addolorata, a Madonna del Socccorso, além da Torre do Relógio e do Palácio Morelli, uma belíssima construção barroca. Saindo pela Porta Nova tem outras duas igrejas: a Madonna della Greca e a de San Rocco. Também há outra porta de entrada que se chama Porta Napoli. A cidade é muito pequena e pode ser percorrida em menos de uma hora. 

Torre do Relógio.

Igreja Madre, uma das tantas de Locorotondo.

Palácio Morelli.

Vista aérea de Locrotondo. Foto masseriaprile.it

CISTERNINO também fica no Vale da Itria e é considerado um dos borgos medievais mais bonitos da Itália. É ainda menor do que Locorotondo e charme não falta.

Cisternino.

A cidade é murada, florida e com vielas muito estreitas. Tem menos de 12 mil habitantes. Na entrada passe pela Torre Grande ou Normanno Sveva. Ela era a principal porta de entrada da cidade. Tem 17 metros de altura e no topo uma estátua de São Nicolau de Bari. A seguir você encontrará muitos prédios históricos como o Palácio do Governador, Palácio do Bispo, Palácio Amati, Palácio Lagravinese e a Torre Capece, além da igreja de São Nicolau construída para os monges e da Madonna de Bernis fora do centro histórico.

 Pelas vielas de Cisternino.

Torre do Relógio, na Piazza Emanuele

 Casas brancas e ruas muito estreitas, em Cisternino.

Pôr do sol na estrada de retorno para Alberobello.

A cidade é pequena. Em uma hora é possível percorrer suas ruas. Lembre-se que no inverno as 16 horas está escurecendo. Os dias são curtos. E, como essas duas cidades - Locorotondo e Cisternino - têm ruas muito estreitas, depois das 15 horas, as vielas se tornam escuras.

O ideal é visitar essa região entre abril e junho, e de setembro a novembro na baixa temporada e fora do período de inverno.

Outras cidades legais para visitar nos arredores são: Martina Franca, Fasano, Ostuni, Polignano a Mare, Monopoli, Massafra, Taranto, Lecce e se ainda estiver com tempo, no verão vá até Otranto.

Compartilhe:

Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada!