OS MELHORES HOTÉIS DA ROTA CEARÁ - PIAUÍ - MARANHÃO

Pouco mais de novecentos quilômetros conectam Ceará, Piauí e Maranhão. Três estados do nordeste do Brasil recheados de tesouros. Essa rota que inicia em Fortaleza, passa pela ensolarada Jericoacoara, pelo Delta do Parnaíba e atravessa os inacreditáveis Lençóis Maranhenses é tão especial que ganhou o carinhoso apelido de Rota das Emoções. E quer saber o melhor? Além do trajeto ser lindo de ponta a ponta e dos ventos perfeitos para kitesurfe, tem hotéis e pousadas de cair o queixo, totalmente conectados com o meio ambiente e com as comunidades locais.


Lençóis Maranhenses.

Quem inspirou essa matéria foi a querida Marcela Camargo, diretora dos hotéis Kempinski, que passou um bom tempo percorrendo o nordeste e deu dicas quentíssimas. Compartilho com vocês as novidades e o que tem de melhor pelo caminho, de Fortaleza a São Luís do Maranhão.

COMECE PELO CEARÁ

Ao desembarcar no aeroporto de Fortaleza tome o rumo da Praia de Taíba, onde está a estrela do momento. Com um design que surpreende e ambiente intimista, o Carmel Taíba Exclusive Resort nasceu recentemente a 75 quilômetros de Fortaleza, num vilarejo de pescadores onde o sossego impera. São 36 acomodações sobre uma falésia à beira-mar. O design de interiores é incrível e assinado por João Armentano. A gastronomia é requintada e as celebridades têm dado pinta por lá. O hotel tem o selo Circuito Elegante, que por si só já atesta o padrão de qualidade.

Carmel Taíba.

Depois de uns dias de “dolce far niente” coloque o pé na estrada, de preferência com um motorista local, em carro 4x4 e num dia cheio de aventuras pela praia, cubra os 250 quilômetros que conectam Taíba a Preá.

Preá é um dos grandes paraísos brasileiros para a prática de Kitesurfe, com destaque para a Escola de Kite do Felipe, e ainda é um vilarejo sossegado, como era Jericoacoara uns anos atrás.

Casana.

Vale destacar três pousadas na praia do Preá. A mais sofisticada e mais nova delas é a Casana. Abriu as portas no final de 2019, com espírito de casa de praia. Tem apenas oito bangalôs luxuosos, sustentáveis e com vista para o mar, plantados entre as dunas. A gastronomia é caprichada e valoriza os produtos fornecidos pela comunidade. O hotel oferece toda a estrutura para a prática de kitesurfe. Um lugar que tem tudo para agradar quem não dispensa o conforto, mas tem espírito aventureiro descolado. Também tem o selo Circuito Elegante. 

Rancho Do Peixe.

Ainda na Praia do Preá ficam outras duas pousadas mais rústicas: a Pousada Rancho do Peixe (linda, também Circuito Elegante, mas não tem piscina frente mar) e a Vila Bela Vista (com piscina de frente pro mar e onde fica a Escola de Kite do Felipe). Rústicas, pé na areia, de astral descontraído, com a aposta de que a simplicidade garante experiências incríveis.

De Preá a Jeri são apenas 14 quilômetros. Jeri é um destino mais festivo e badalado. Em Jeri considere a Vila Kalango (também Circuito Elegante). Tem estilo rústico-chique, cultua o astral da comunidade e oferece muito conforto. Sua localização é espetacular, ao lado da Duna do Pôr do Sol. As acomodações são lindas, em palafitas onde sopra uma brisa constante do mar. Afinal, é pé na areia.  

Vila Kalango.

Ainda de Jericoacoara, outra opção elegante, requintada e conectada com a cultura do vilarejo é a La Villa Jeri. Um oásis de paz fora da agitação do centrinho. É formada por um grupo de sete pousadas voltadas para o bem-estar. 

O trecho a seguir de Jeri até Camocim é de 90 quilômetros pela praia e pode levar de 2 a 5 horas dependendo das paradas (que são maravilhosas!). Um trajeto que passa voando e sem cansar tal a beleza da paisagem. 

No caminho dois lugares que merecem seu olhar atento são os povoados de Guriú (onde fica o hotel Casa Uca super charmoso, com um delicioso Beach Club, bons ventos para Kitesurfe e em total sintonia com o vilarejo de pescadores) e Tatajuba (um ponto incrível para kitesurfe). 

Casa Uca.

Em Camocim, o Casa de São José Hotel Boutique ocupa um casarão colonial no centro histórico da cidade. É novo e muito charmoso, do proprietário Mario e de sua mãe, a decoradora Dona Milu. Tem 4 suítes e 6 chalés cercados de pés de sapoti, seriguela e bananeiras. Para relaxar uma boa piscininha e as tradicionais redes do Ceará.  

Casa São José.

RUMO AO PIAUÍ

Siga os 100 quilômetros em direção a Barra Grande, no Piauí, um vilarejo que ainda mantém o astral de outrora. Dê uma parada na Baía das Caraúbas (onde está o hotel em estilo glamping Baía das Caraúbas, um refúgio ecológico super isolado também do Mario). 

Baía das Caraúbas Glamping.

Logo adiante, ao chegar em Barrinha, a Casa Rio oferece apenas 4 acomodações, a 300 metros da praia, em frente a Lagoa Santana. Tem um bom restaurante. Bem próximo, fica o Quinta da Barrinha, com 5 suítes e bom serviço. Se quiser alugar uma casa bem exclusiva considere a Ponta do Sardin, do Dani, proprietário da Pousada BGK, em Barra Grande. 

Quinta da Barrinha.

Em Barra Grande há várias opções de hospedagem. A Manati tem 29 acomodações de astral pé na areia, no litoral do Piauí, oferecendo muito sossego. A Pousada BGK também é charmosa, descontraída e com bons ventos para kitesurfe. Outra que vale dar uma olhada é a Pousada Ventos Nativos. Todas em estilo rústico-descomplicado, em Barra Grande. Simplicidade é a tônica dessas pousadas, não espere muito luxo. 

De Barra Grande do Piauí até Parnaíba são 70 quilômetros, que podem ser feitos em uma hora. Em Parnaíba, uma hospedagem muito elegante e sofisticada é o Hotel Boutique Casa de Santo Antonio. Ocupa um casarão tombado no início do século passado, com 22 suítes decoradas com extremo bom gosto (também do Mario e da D. Milu). Todas diferentes. Um porto seguro para se conhecer essa região belíssima do Delta do Parnaíba com praias desertas, dunas, igarapés, mangues e a imperdível revoada dos Guarás.

Casa de Santo Antonio.

Não tenha pressa. Se puder ficar uma semana terá muitas aventuras no Delta do Parnaíba, no Piauí, antes de seguir em direção ao Maranhão. 

Delta do Parnaíba.

ENFIM MARANHÃO

Cento e dez quilômetros conectam Parnaíba a Atins, no Maranhão. São 5 horas de carro por uma paisagem deslumbrante. Atins é um vilarejo de praia, a 30 minutos dos Lençóis Maranhenses. As melhores opções de pousadas em Atins são a charmosinha Vila Aty Lodge que dista 250 metros da praia, a Pousada Vila Guará outra propriedade com selo Circuito Elegantede frente para o mar (não tem ar condicionado mas como venta bastante, não chega a ficar muito quente de noite e é legal para kitesurfe); a Pousada Muita Paz também rústica a beira mar, Atins Charme Chalés e a La Ferme de Georges, que tem como grande estrela a chef Flavia. Essa última, fica um pouco mais distante do mar. Difícil ir andando da pousada até a praia, pois a areia é muito quente e fofa. Outro ponto negativo é que não tem ar condicionado e como não venta muito onde ela está localizada, o ar faz falta. 

Vila Aty Lodge.

ÚLTIMAS DICAS

Para ir aos Lençóis Maranhenses a partir de Atins é preciso contratar um serviço com guia. As dunas são espetaculares. Esse é o único deserto molhado do mundo. Julho dizem ser a melhor época para ver as lagoas com bastante água. 

Em Atins vale incluir a Cachoeira do Bonzinho no seu roteiro, as quedas d’água ficam entre o mar e as lagoas. Bem interessante.

Se quiser andar a cavalo em Atins entre em contato com a Sempre Atins Cavalgadas Instagram @sempre.atins. 

Para organizar passeios ou pique-nique dê uma olhada no Instagram @naturebespoke_atins (dica da querida Camila Coutinho).

Para ir de Atins a Barreirinhas leva-se uma hora de barco, numa lancha voadora. 

Se optar por ficar em Santo Amaro do Maranhão dê uma olhada na Pousada Rancho das Dunas e na Casa Lençóis (no Instagram @casalencois) também dica da Camila Coutinho.

Lençóis Maranhenses.

Agora é colocar seus sonhos em prática pois as dicas estão todas na mesa.

LEIA TAMBÉM 




Booking.com

Compartilhe:

COMENTÁRIOS

  1. Encantada com a beleza desses hoteizinhos e pousadas. Não imaginava tanta coisa linda nessa região brasileira.
    Obrigada pelo tanto de inspiração.
    Abs
    Tuneca

    ResponderExcluir
  2. Cecília Carvalho 🙏🙏🙏👏🏼👏🏼👏🏼Adorei o circuito com uma excelente explicação e muitas dicas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso Brasil é lindo e precisa ser descoberto pelos brasileiros.:)
      Beijo Cecília

      Excluir

Deixe seu comentário. Obrigada!